Mano Brown e Sidarta Ribeiro debatem os mitos e as verdades sobre a maconha em Mano a Mano

Neurocientista convidado reforça a importância da ciência no assunto e explora a relação dos sonhos com uma vida saudável no episódio desta semana.

O rapper Mano Brown mergulha na ciência no episódio inédito do podcast Original Spotify Mano a Mano. Isso porque ele recebe o Mestre em neurobiologia e Doutor em neurociência Sidarta Ribeiro. Na pauta desta conversa, estão estudos sobre o cérebro, os mitos e as verdades sobre o uso da maconha e a importância dos sonhos quando se fala em vida saudável.

Escute grátis, só no Spotify.

Para Sidarta, ter acesso ao conhecimento por meio da ciência é de extrema importância. Um dos exemplos é o uso da maconha quando feito com informação. “O importante é tratar disso com racionalidade. Primeiro legalizar para poder falar sobre o assunto. No ambiente da proibição, ninguém sabe nada e todo mundo está em risco. A pessoa que consome maconha não sabe o que tem ali, a dose, não sabe se na sua genética tem algo que a deixa vulnerável. Precisa da cultura da moderação e não de abstinência”, afirma o neurocientista.

Quando o assunto são sonhos, Mano Brown divide uma experiência recorrente. “Estou sempre fugindo, dentro da casa de alguém. Às vezes, uma casa luxuosa… Estou atrás dos móveis, ouço vozes e não posso ser visto ali. Não estou roubando, só fugindo. Não sei o que pode ser isso”, conta o MC. “Sonho tem a ver com sobrevivência, resolução dos problemas, simulação do que pode acontecer”, comenta Sidarta.

O debate em torno deste tema alerta ainda sobre como a falta da lembrança dos sonhos implica em uma vida não saudável. “Parte do problema da falta de empatia hoje está relacionado ao abandono dos sonhos porque as partes do cérebro usadas pelos sonhos são as mesmas usadas para se colocar no lugar do outro. Ao chegar em casa às 9 da noite depois de pegar um ônibus extremamente demorado e de má qualidade e ter que acordar de novo às 5 da manhã no dia seguinte, perde-se a segunda metade da noite, que é quando a gente sonha mais. Vamos entrando em um modo de sobrevivência, irritado, sem pensar nos outros e nos valores”, afirma Sidarta.

Nesta temporada do Original Spotify Mano a Mano, o MC continua recebendo personalidades de diferentes gerações, expandindo o diálogo com temas até então não explorados e também sempre dá um jeito de revelar o lado mais pessoal do convidado e da sua própria história. O rapper, apresentador e escritor Emicida, a cantora Jojo Todynho, o cantor e ator Seu Jorge e o cineasta Jeferson De, e os humoristas Felipe Kot e Yuri Marçal, são os primeiros convidados da segunda temporada. Com direção criativa de Spotify Studios e Gana e produção de Spotify Studios, MugShot e Boogie Naipe, Mano a Mano é um podcast Original Spotify com episódios inéditos todas às quintas-feiras, grátis, só no Spotify.

Acesse a playlist Lançamentos de Podcasts aqui e acompanhe os programas e episódios que acabaram de sair do forno. Visite a Parada de podcasts atualizada diariamente na nova página da web aqui. Inscreva-se aqui para receber a newsletter sobre os podcasts originais e exclusivos do Spotify a cada quinze dias.

Sobre o Spotify

O Spotify transformou o mundo da música para sempre quando foi lançado em 2008. Nossa missão é liberar o potencial da criatividade humana, dando a um milhão de artistas a oportunidade de viver sua arte e a bilhões de fãs a oportunidade de se divertir e se inspirar nesses artistas.

Descubra, gerencie e compartilhe mais de 82 milhões de músicas, incluindo mais de 3,6 milhões de títulos de podcast, de maneira gratuita, ou inscreva-se no Spotify Premium para acessar recursos exclusivos da música, incluindo modo offline, qualidade de som melhorada, Spotify Connect e músicas sem anúncios.

Hoje, somos o maior serviço global de assinatura de streaming de áudio com uma comunidade de mais de 406 milhões de usuários ativos, incluindo mais de 180 milhões de assinantes do Spotify Premium, em 184 mercados.