100 anos de fotografia familiar são a base da obra Unforgettable de Maria Cecilia de São Thiago, em mostra no Estúdio 41

Em Unforgettable, a artista utiliza quase um século de fotografias para reconstruir as memórias de família, transformando imagens em diários visuais poéticos.

O Estúdio 41 recebe, a partir da terça-feira, 08 de março, a exposição Unforgettable, com obras da fotógrafa Maria Cecilia de São Thiago. “Fotografar e manipular imagens é pensar na profundidade das relações humanas”, define Cecília. Foi com esse pensamento que, em 2015, a artista iniciou o restauro e a edição de negativos estereográficos em chapa de vidro feitos por seu pai entre 1929 e 1944, com a intenção de provocar uma viagem no tempo e na memória dos seus irmãos mais velhos, que hoje têm por volta de 90 anos.

Visto que o acesso ao passado por meio de fotografias depende não apenas da memória, mas, também, de uma construção narrativa, Maria Cecilia sempre traz consigo uma dimensão incorporadora de ficção e surrealismo. A artista criou um universo a partir de registros de família e das histórias que lhe foram contadas ao longo de sua infância, protagonizadas por seu pai e seus 4 irmãos mais velhos, mais de duas décadas antes de seu nascimento. São quase 100 anos de fotografia que retratam as memórias de seus familiares e criam um laço de ancestralidade e pertencimento.

Fazendo o uso das ferramentas e dos dispositivos atuais, a artista transforma essas imagens captadas há quase um século em diários visuais poéticos de uma vivência que gostaria de ter tido, propiciando assim uma auto-cura pela fotografia e diminuindo a saudade que sempre teve de coisas que não conheceu.

As obras refletem a visão que a artista tinha dos irmãos pequenos. Como Em busca do tempo perdido, de Marcel Proust, tenta tornar presente o ausente, na busca de materializar a saudade de uma época não vivida. As imagens conseguem exemplificar de maneira muito precisa a ideia de que a arte fotográfica também é construção do passado, sem a necessidade do elemento discursivo.

O trabalho remete a um ideário popular, pois os álbuns de família são elementos muito presentes em nossa cultura, construindo história e memória. “Eu retomo os negativos em vidro de fotografias estereoscópicas dos meus irmãos, feitas por meu pai entre 1929 e 1944, e faço uma releitura dessas imagens, criando um vai e vem entre tempos e espaços, com o intuito de criar uma possibilidade de materialização da saudade que sinto, de um tempo que não vivi”, comenta a artista Maria Cecilia de São Thiago, sobre Unforgettable, também registrada em fotolivro.

Para Diógenes Moura, curador da exposição, “Maria Cecília trabalha com a memória, com uma fotografia que conta uma história muito pessoal, sendo, ao mesmo tempo, um valioso registro histórico. Em um insistente processo de criação e pós-produção, ela inventa uma outra história: junta o passado e o presente como um filme de sua própria vida”.

O primeiro estudo para esta série, batizado de “Eu Sei, Sim, Onde Ela Mora”, em referência a uma música composta pelo seu pai, recebeu o primeiro lugar para Fotolivros na convocatória Px3 e foi exposto em Paris em julho de 2021. Nesta exposição no Estúdio 41, os exemplares do fotolivro Unforgettable estão disponíveis para venda.

Sobre Maria Cecilia de São Thiago

Nascida em São Paulo, Maria Cecilia de São Thiago é designer gráfica, designer de jóias e fotógrafa. Ela viveu 6 anos em Munique na Alemanha e seu trabalho tem uma forte influência de artistas de língua alemã. Seus trabalhos foram exibidos ultimamente em Paris, Caen, Florença, Roma e Budapest, onde recebeu prêmios em destaque. É co-editora na coluna do site TheAppWhisperer﹒com e seus trabalhos estão à venda na Galeria Online de Londres.

Unforgettable
Unforgettable | Foto: Maria Cecilia de São Thiago

Estúdio 41

Um espaço voltado à reflexão e discussão sobre o fazer artístico da fotografia. Esse é o mote do Estúdio 41, projeto que ocupa o conjunto 41 do prédio 1254 da Rua Pedroso Alvarenga, no Itaim Bibi, zona sul de São Paulo. Com direção artística do curador e escritor Diógenes Moura e comandado pelas sócias Dani Tranchesi e Paula Rocha, o espaço cultural apresenta projetos de fotógrafos emergentes e consagrados em uma programação de exposições, exibição de filmes, lançamento de livros e conversas sobre a linguagem fotográfica.

Serviço:

Exposição Unforgettable, de Maria Cecilia de São Thiago
Abertura: terça-feira, 8 de março de 2022
Período expositivo: De 08 de março a 16 de abril de 2022
Funcionamento: Segunda a sexta das 11h às 19h, sábado das 10h às 13h
Local: Estúdio 41
Endereço: Rua Pedroso Alvarenga, 1254, cj 41, Itaim Bibi
Agendamento pelo WhatsApp do Est̼dio Р11 99452-3308
Entrada Livre
Instagram/ 41_estudio

página de apoio