O cantor e compositor Oswaldo Montenegro acaba de lançar em seu canal do YouTube (youtube.com/oswaldomontenegro) sua música inédita: “Balada Para um Ex-Amor”

(“Você sabe que me preparou pra paixão que virá”). A canção, composta pelo próprio artista, retrata o reencontro de duas pessoas que viveram uma grande paixão e que por desgastes e desacertos não têm como continuar. A questão é que ainda carregam uma ardência do sentimento que não acabou (“Quero ver nosso passo trocado bailar nossa dança”).

Uma visão ao mesmo tempo poética e árida sobre o momento em que um ex-casal se reencontra e comemora seus ganhos e lamenta junto suas perdas (“e tudo o que nos sobrou é o espaço onde a gente não cabe / e a memória não alcança mais”).

O videoclipe, que está disponível exclusivamente no canal do YouTube do artista, tem direção de fotografia do renomado André Horta, além da direção de arte de Raique Macau. Nele, instrumentos antigos compõem o ambiente dando um ar renascentista, como o cravo tocado por Oswaldo. Participam também Sergio Chiavazzoli, no bandolim, Madalena Salles, na flauta, e um grupo de músicos de Música Antiga, com instrumentos da Renascença.

A obra é título da próxima turnê de Oswaldo Montenegro.

Letra

Fala da sua dor, que eu conto o que passei
O tempo passou por nós como o vento
Quebrando o telhado que abriga a esperança
Ri desse nosso amor meio bandido e rei
Fala com a minha voz
Quero ver nosso passo trocado bailar nossa dança
E você sabe que me preparou pra paixão que virá
Pode ser que machuque o coração não poder mais voltar
E serenos de tanta dor, esgotados de tanta paz
Nos veremos de longe
E a cor do passado não existe mais
E tudo o que não durou era pra não durar
Leva o que te restou
Que comigo eu levo o que cabe e não pesa e nem cansa
E tudo o que não falou era pra não falar
E tudo o que nos sobrou é o espaço onde a gente não cabe
E a memória não alcança mais

E serenos de tanta dor, esgotados de tanta paz
Nos veremos de longe
E a cor do passado não existe mais
E tudo o que não falou era pra não falar
E tudo o que nos sobrou é o espaço onde a gente não cabe
E a memória não alcança mais

FICHA TÉCNICA

Direção de Fotografia: André Horta
Direção de Arte: Raique Macau
Edição: André Índio
Colorização: Fabrício Batista
Arranjo: Oswaldo Montenegro
Mixagem: Alexandre Meu Rei
Operador de Câmera: Marco Moreira

Músicos

Oswaldo Montenegro – cravo, piano e teclado
Madalena Salles – flauta
Sergio Chiavazzoli – bandolim
Alexandre Meu Rei – baixo
Marcio Paes Selles – violino
Mario Orlando – viola da gamba tenor
Lenora Mendes – viola da gamba baixo

CONT. FICHA TÉCNICA

Produção Executiva: Madalena Salles
Produção: Kamila Pistori
Assistência de Câmera e Loggagem: Sergio Lox
Assistência de Direção: Lucas Assunção
Auxiliar de Figurino: Elisa Brasil
Som Direto: Paulo Gustavo Moreira
Elétrica: Márcio Manhães (“Xixi”)
Assistência de elétrica: Mach Torres
Contra-regragem: Sergio Batista
Filmado em 5K – Câmera Red Epic

Anterior Erick Jacquin conta suas piores histórias na cozinha em canal
Próximo Meirelles e Zukerman em Brasília com Totalmente Devaneio