O espetáculo Jung Laing, da Cia Cara de Palco, aborda transtornos mentais e circula por Goiás em junho e julho de 2024, com oficinas formativas

Em junho e julho de 2024, Goiás será o palco do espetáculo Jung Laing, da Cia Cara de Palco, que vai circular por 5 cidades do interior do estado, levando temas das profundidades da mente humana. Em Jung Laing o protagonista é um Espectro do Transtorno de Personalidade Multipla, nascido da violência doméstica, que foi concebido a partir de um aborto e sua mãe passou a cria-lo dentro de sua mente, alimentando-o com ódio e, algumas vezes, “incorporando-o”, permitindo que ele “realizasse” os seus desejos, como o de, matar. O espetáculo vai circular nos meses de junho e julho, passando por Olhos d´Água, Abadiânia, Valparaíso, Santo Antônio do Descoberto e Corumbá de Goiás.

Além dos espetáculos, o projeto também vai circular com oficinas formativas de Palhaçaria por Olhos d’Água, Santo Antônio do Descoberto e Corumbá de Goiás.

Jung Laing

O texto, de Marcio Rodrigues, surgiu a partir de um episódio ocorrido na casa de amigos, onde a mãe, que tem um filho com o Transtorno do Espectro Autista – TEA e um quadro evolutivo para a esquizofrenia, ao deitar-se, tem o cuidado de recolher todos os talheres, facas, garfos, tudo que pudesse se transformar em uma arma letal. A partir desse real episódio, foi criado um lugar fictício chamado Povoado, onde a tradição masculina é levada ao pé da letra, onde a mulher, para fazer qualquer coisa que seja, tem que ter a permissão do marido, inclusive para engravidar.

A montagem oferece várias discussões, como: O machismo presunçoso e mau-caráter, que vem a séculos assassinando mulheres. Até mesmo hoje, com múltiplas entidades sociais de combate ao feminicídio e com as recentes leis aprovadas, como a Lei Maria da Penha, ainda não se consegue inibir a selvageria conduzida pelo machismo. Até onde a saúde mental da mulher suporta ser maltratada? E se ela não recebe apoio nem do núcleo familiar, o que fazer? E os filhos? As perguntas são muitas e as respostas são poucas. É preciso que a sociedade intervenha ainda mais, é necessário que o Estado intervenha e faça valer a lei para que não tenhamos tantos filhos órfãos de mães.

O espetáculo é um flash backer, tendo como cenário um quarto infantil, e ela narra a história de Yung Laing, na infância e adolescência. A personagem ouve vozes e são essas vozes que a levam a relativa consciência de que ela e o filho são as mesmas pessoas.

PROGRAMAÇÃO

01/06/24 – 20h -: NACO – Nucleo de Arte de Cultura de Goiás – Olhos d’Água
15/06/24 – 20h – A diretora de cultura tá decidindo o local – Abadiânia
22/06/24 – 20h -Cine Teatro Esmeralda – Corumbá de Goiás
06/07/24 Р20h -Centro Cultural РSanto Ant̫nio do Descobert
13/07/24 – 20h – Valparaíso

SERVIÇO

Espetáculo Jung Lang
Quando: 01/06 a 17/07 de 2024
Onde: Olhos d´Água, Abadiânia, Valparaíso, Santo Antônio do Descoberto e Corumbá de Goiás
Quanto: Gratuito