O aguardado “Dark Matter”, o novo álbum do Pearl Jam, chega às plataformas. Com 11 faixas enérgicas, é aclamado como o melhor trabalho da banda em décadas

O Pearl Jam orgulhosamente apresenta seu aguardadíssimo décimo segundo trabalho de estúdio, já aclamado como melhor álbum da banda em décadas: “Dark Matter”, disponível agora via Monkeywrench Records/Republic Records. Ouça AQUI. O álbum também já está disponível para pré-venda na UMusic Store. Confira aqui: https://www.umusicstore.com/pearl-jam .

Dark Matter

Da abertura agitada de “Scared of Fear” até a expiração otimista do encerramento do álbum, “Setting Sun”, as onze faixas mostram os músicos trabalhando a todo vapor. Uma onda de energia perpassa esse corpo de trabalho amplificado por ritmo trovejante, solos de guitarra estratosféricos e vocais cheios de vitalidade. Produzido pelo produtor e vencedor do prêmio GRAMMY® Andrew Watt, “Dark Matter” marca o primeiro lançamento da banda desde o aclamado “Gigaton” (2020).

O Pearl Jam preparou o terreno para “Dark Matter” com a faixa-título, lançada como single principal. Ela alcançou o primeiro lugar na parada Mainstream Rock Airplay da Billboard, onde permaneceu por três semanas, conquistando a primeiro #1 da banda nessa parada desde 1998. Também alcançou o primeiro lugar na Billboard Rock & Alternative Airplay Chart.

“Eu recomendo que ouçam alto, tipo muito alto mesmo.” – Eddie Vedder, sobre como escutar “Dark Matter”. (Via Alt 98.7)

“Estamos orgulhosos do nosso décimo segundo bebê em 33 anos. Sente, relaxe, feche os olhos para a primeira audição, mergulhe nos sons e nas letras, e faça sua própria interpretação.” – Jeff Ament, conselho sobre como ouvir pela primeira vez “Dark Matter”.

“Neste disco, estamos todos na mesma sala ao mesmo tempo com o Andrew, olhando uns para o outros, tocando juntos.” – Mike McCready, sobre o processo de gravação de “Dark Matter”. (Via Goldmine).

“Ainda é fazer arte com os amigos. Isso sempre me deixa entusiasmado. Trabalhar junto assim é um lugar divertido para tocar, você não está no controle mas sabe que tem um papel nisso. E ainda é divertido tocar, feito garotos.” – Stone Gossard, sobre trabalhar como banda. (Via “Seattle Times”)

“Andrew entende de verdade a importância da performance no estúdio, que é como eu funciono. Por isso tivemos uma ótima relação de trabalho desde o primeiro dia.” – Matt Cameron, sobre trabalhar com Andrew Watt em “Dark Matter”. (Via New & Approved)

A banda continuou firme no apoio aos varejistas independentes, oferecendo diversas variantes de “Dark Matter”, em cores galácticas e edições limitadas, exclusivamente em lojas de varejo independentes selecionadas (oito cores diferentes nos EUA e duas adicionais em outros países). Mais informações AQUI.

Em comemoração ao Record Store Day (Dia da Loja de Disco), o Pearl Jam realizou 180 festas de audição em 150 estabelecimentos dos EUA e 30 de outros países. Eddie Vedder e Jeff Ament, da banda, fizeram uma aparição surpresa especial na Easy Street Records, em Seattle, para o evento. Veja as fotos AQUI. A banda também está celebrando as lojas de discos independentes com o lançamento de uma edição especial de “Dark Matter” disponível apenas nas lojas participantes do Record Store Day. Obtenha mais informações e saiba quais lojas estão envolvidas no evento em www.recordstoreday.com.

Na terça-feira, 16 de abril, o Pearl Jam colaborou com a Abramorama para criar uma estreia global única de “Dark Matter” em mais de 45 países e 900 cinemas. Pearl Jam — Dark Matter — Global Theatrical Experience — One Night Only foi um imenso sucesso, com muitas salas de exibição lotadas e oferecendo sessões extras.

A embalagem do álbum “Dark Matter” traz um capa em pintura de luz (“light painting”) de Alexandr Gnezdilov. “Light painting” é uma forma artística de fotografia em que as imagens são criadas ajustando a exposição da câmera por um período prolongado e usando uma fonte de luz, como uma lanterna, para “pintar” no escuro. A arte da capa do álbum foi criada usando um grande caleidoscópio feito pelo próprio Gnezdilov. Cada letra visível na capa foi capturada individualmente e escrita à mão no ar com uma lanterna especialmente projetada para criar o efeito perolado. Veja abaixo mais informações sobre Alexandr Gnezdilov.

“O novo álbum do Pearl Jam é o melhor disco deles em décadas”
– UPROXX
“Pearl Jam cava fundo e encontra uma nova luz em ‘Dark Matter’”
— “Rolling Stone”
“…um álbum que a cada repetição revela algo para ser amado por todo fã do Pearl Jam”
– “SPIN”
“‘Dark Matter’ é tão bem sucedido”
– “MOJO”

Lista de faixas de “Dark Matter”

1. Scared of Fear
2. React, Respond
3. Wreckage
4. Dark Matter
5. Won’t Tell
6. Upper Hand
7. Waiting for Stevie
8. Running
9. Something Special
10. Got to Give
11. Setting Sun

Turnê mundial Dark Matter 2024

Em apoio a “Dark Matter”, o Pearl Jam sairá em turnê mundial este ano. É a primeira vez em que a banda anuncia um novo álbum e uma turnê simultaneamente. Também é a primeira vez em que o grupo revela todas as datas da turnê mundial de uma só vez. O tour abrange nove países e 25 cidades; começa na Rogers Arena, em Vancouver, no Canadá, e cobre grande parte da América do Norte, incluindo shows no Wrigley Field, Madison Square Garden, Fenway Park e a primeira apresentação em sua cidade natal em seis anos, na Climate Pledge Arena, em Seattle, a primeira arena do mundo a ter certificado zero de emissão de carbono.

A turnê continua até setembro com datas no Reino Unido e na Europa, incluindo a primeira apresentação no novíssimo e moderno Tottenham Hotspur Stadium, em Londres. Em novembro, vem o esperado retorno do grupo à Nova Zelândia e à Austrália.

Convidados especiais Deep Sea Diver (perna 1 da América do Norte), Glen Hansard (perna dois da América do Norte), The Murder Capital (Reino Unido e Europa), Richard Ashcroft (Dublin e London) e Pixies (Austrália e Nova Zelândia) serão atração de abertura nessas datas específicas.

Sobre o Pearl Jam

O Pearl Jam é um grupo de rock alternativo fundado em Seattle (EUA), em 1990. Na formação estão o baixista Jeff Ament, o guitarrista ritmo Stone Gossard, o guitarrista principal Mike McCready, o vocalista e guitarrista Eddie Vedder e o baterista Matt Cameron. Após mais de trinta anos de apresentações ao vivo, doze álbuns de estúdio e centenas de lançamentos oficiais de bootlegs de shows, o Pearl Jam continua sendo aclamado pela crítica e bem-sucedido comercialmente. A banda vendeu mais de 85 milhões de álbuns em todo o mundo e entrou para o Rock and Roll Hall of Fame em 2017.

Desde os primeiros dias, o Pearl Jam tem usado sua exposição para exaltar pessoas e causas que muitas vezes passam despercebidas ou não são atendidas. Grande parte do trabalho filantrópico da banda é realizado por meio da Vitalogy Foundation, que já arrecadou mais de US$ 50 milhões para organizações que apoiam questões como acesso ao aborto, mudanças climáticas e falta de moradia, além de chamar a atenção para a luta contra doenças como colite ulcerativa, doença de Crohn e epidermólise bolhosa (EB). Além do dinheiro que a Vitalogy investe, a banda também doa instrumentos autografados, pôsteres e mercadorias para organizações usarem em suas próprias campanhas de arrecadação de fundos. Para aumentar o impacto da Vitalogy Foundation, a banda apoiou o Montana Pool Service, de Jeff Ament, na construção de parques de skate em Montana e Dakota do Sul. O Pearl Jam também dá voz a causas notáveis, como as dos direitos de voto e de práticas justas de venda de ingressos. Nas últimas três décadas, a banda tem um longo histórico de defender aquilo em que acredita e colocar seus recursos no apoio dessas crenças.

Por meio de seu inovador Ten Club e do envolvimento dos fãs, da construção de comunidades, de cobiçados pôsteres com design original e dos muitos anos dedicados à filantropia e ao ativismo, o Pearl Jam continua a causar impacto duradouro em gerações de amantes da música.

Sobre Andrew Watt

Nos últimos anos, o nome Andrew Watt tornou-se sinônimo de arma — não tão secreta — da indústria da música. Desde 2015, o produtor vencedor de vários GRAMMYs e ganhador de discos platina tem sido uma máquina de fazer hits, tendo colaborado com alguns dos artistas mais empolgantes e inovadores da última década, incluindo Justin Bieber, Ozzy Osbourne, Cardi B., Post Malone, Dua Lipa, Metallica, Stevie Wonder, Miley Cyrus, Bruno Mars, Shawn Mendes, Elton John, Lana Del Rey, Mick Jagger, Brandi Carlile, Paul McCartney, Smokey Robinson e Lady Gaga. Em 2021, Watt levou para casa seu primeiro prêmio GRAMMY de Produtor do Ano na 63ª edição anual do GRAMMY Awards por seu trabalho em “Ordinary Man”, de Ozzy Osbourne, “Plastic Hearts”, de Miley Cyrus, ambos com produção executiva, “Future Nostalgia”, de Dua Lipa, que levou para casa o GRAMMY naquele ano de Melhor Álbum Vocal Pop, e “Hollywood’s Bleeding”, de Post Malone, que foi indicado para Álbum do Ano. No ano seguinte, Watt produziu a colaboração entre Elton John e Britney Spears, amplamente divulgada e aclamada pela crítica, “Hold Me Closer”, a totalidade do lançamento solo de Eddie Vedder, “Earthling”, e “Patient Number 9”, de Ozzy Osbourne, vencedor do prêmio GRAMMY, que rendeu a Watt sua segunda vitória no GRAMMY de Melhor Álbum de Metal na 65ª edição do prêmio.

O ano de 2023 também foi estelar para Watt, começando com o lançamento do tão esperado 19º álbum de estúdio de Iggy Pop, “Every Loser”, lançado por meio de uma parceria exclusiva entre a Atlantic Records e a Gold Tooth Records, do próprio Watt. O verão passado (no hemisfério norte) também foi marcado por uma série de lançamentos de alto nível e recordes, nos quais Watt foi creditado como co-escritor e coprodutor, incluindo o single “Forever and Again”, de The Kid LAROI, que foi lançado como parte da trilha sonora do filme “Barbie”, e “Seven”, de Jungkook, que estreou em primeiro lugar na parada Hot 100 da Billboard e acumulou um recorde de 217,1 milhões de transmissões e 269.000 downloads apenas na primeira semana de lançamento. Ele encerrou o ano com o lançamento de “Hackney Diamonds”, o primeiro álbum de música original dos Rolling Stones em 18 anos, que foi totalmente produzido por Watt. O single principal do álbum, “Angry”, rendeu uma indicação ao GRAMMY de Melhor Canção de Rock pelo trabalho de coautoria e produção da faixa.

Sobre Alexandr Gnezdilov

Alexandr Gnezdilov criou a pintura de luz (“light painting”, uma forma artística de fotografia) para as capas do single e do álbum “Dark Matter”, do Pearl Jam, juntamente com as letras em destaque. O trabalho também é utilizado em toda a campanha promocional de “Dark Matter”. O interesse de Gnezdilov por fotografia começou cedo, na Moldávia, onde viveu na infância, antes de se expandir para explorar técnicas de longa exposição e pintura de luz depois de se mudar para a Alemanha em 2001.

Alexandr criou a capa de “Dark Matter” usando um grande caleidoscópio feito por ele mesmo, com cada letra visível na capa capturada individualmente, escrita à mão no ar com uma lanterna especialmente projetada para criar o efeito perolado. Seu trabalho artístico foi apresentado em várias exposições, incluindo colaborações com o Teatro Estatal de Nuremberg, e foi licenciado na última década para artigos, notícias e comerciais.

Gnezdilov vive em Nuremberg, Alemanha, com a esposa e dois filhos. Trabalha principalmente como engenheiro de software. Entre suas paixões, está a música: ele lançou recentemente seu álbum de estreia, “Space Wire”, com sua banda Pulsar Clock.

Sobre Abramorama

A Abramorama é uma empresa inovadora, líder mundial em cinema de eventos, distribuição, exibição, marketing e vendas de filmes de não-ficção e musicais. Há mais de 20 anos, a Abramorama fornece serviços estratégicos para detentores de propriedade intelectual, incluindo cineastas, redes, gravadoras, plataformas e artistas como Beatles, Dolly Parton, Led Zeppelin, Pearl Jam, Metallica, Neil Young, Melanie Martinez, Laurie Anderson, Jimi Hendrix, Green Day, National Geographic, AARP, Apple, Amazon, HBO, Hulu, Universal Music Group, Atlantic Records, Warner Music Group e Sony, entre outros.

A Abramorama é especialista em maximizar o alcance, o envolvimento e o retorno sobre investimento em filmes criados para públicos-alvo. A Abramorama cria planos exclusivos de distribuição e desenvolvimento de público para cada título, envolvendo uma rede global de cinemas, meios de comunicação digital e parceiros de marketing. Para obter mais informações, acesse abramorama.com.