Vai um cafézinho? No mês em que se comemora o Dia Nacional do Café (24 de maio), descubra um pouco mais sobre a bebida queridinha dos brasileiros

Seja o pingado, coado, espresso, forte, com ou sem açúcar; o café é, indiscutivelmente, uma das principais paixões brasileiras. Somente no ano de 2018, o consumo da bebida por aqui aumentou mais de 3%, o que equivale a 1,1 milhão de toneladas do produto, de acordo com levantamento feito ano passado pelo Euromonitor International.

O valor representa cerca de 16% do consumo global, o que fez com que o Brasil tomasse o lugar dos Estados Unidos, assumindo o posto de maior consumidor de café de todo o mundo.

Originado na Etiópia no século VII, o grão apareceu no País Tropical no século XVIII, por volta de 1727. Crescendo aos poucos pelo país e com o plantio favorecido pelo clima, o café foi o principal produto de exportação da economia brasileira entre os séculos XIX e XX, o que garantiu capital suficiente para urbanizar cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. Hoje em dia, a média anual de consumo entre os brasileiros é de 839 xícaras por ano.

Produção

Desde a chegada dos grãos até o empacotamento final, o processo dura cerca de 24h. O café percorre várias etapas até chegar à xícara. Primeiro acontece a fermentação, que consiste em remover a camada de mucilagem que vem junto ao grão, e logo após eles vão para a secagem. Depois de secos e ainda verdes, eles passam pela prova, em que profissionais analisam a qualidade dos grãos, e, só então, vão para a torra. Após serem torrados, vão para a moagem e, finalmente, para as prateleiras.

Fabricar um café de qualidade não é uma tarefa fácil, pois o público brasileiro é exigente. De acordo com o diretor de marketing e vendas da tradicional marca brasiliense Café do Sítio, Ricardo Barbosa, o interesse pelos sabores, texturas e processos envolvidos na produção têm crescido entre os consumidores.

Você sabia?

Além do atual posto de maior consumidor de café do mundo, o Brasil também é o maior produtor da iguaria. Só em 2018, o país exportou mais de 35 milhões de sacas;

O café é a segunda bebida mais consumida em todo o mundo, ficando atrás apenas da água;

Além de uma delícia, o café pode ser um grande aliado da saúde. Além de aumentar performance física por conta da cafeína, ele é riquíssimo em antioxidantes, e faz com que desacelere o envelhecimento e ajuda na prevenção de algumas doenças;

O café também dá um upna beleza! Misturado com água em uma espécie de “pastinha”, pode ser usado para esfoliar a pele, como máscara facial e até para diminuir olheiras. Isso é possível graças à cafeína, que ativa a microcirculação e atua como firmadora e hidratante.

Anterior Nova edição do Grand Tasting com mais de 100 rótulos
Próximo Restaurante Oliver participa do Festival Brasil Sabor 2019