O BIFF – Festival Internacional de Cinema de Brasília (Brasília International Film Festival), comemora uma década com programação especial

O evento de 2022 acontece presencialmente e on_line entre os dias 23 a 30 de setembro – BIFF foi o festival pioneiro no formato on_line em abril de 2020. Nesta edição em formato híbrido, o BIFF chega com muitas novidades.

Para a diretora geral do BIFF 2022 Anna Karina de Carvalho, o maior desafio desta edição foi costurar uma programação potente que refletisse o mundo pandêmico de 2020 em diante. “Para minha surpresa foram inscritos nas plataformas mais de 3 mil filmes em vários formatos, onde a comissão de seleção assistiu a mais de 800 longas que cumpriram os critérios curatoriais das inscrições. Mostrando que o mundo mesmo diante de uma situação atípica conseguiu produzir essa quantidade de filmes”.

Esse ano comemoramos Brasília como a terceira maior cidade brasileira, isso, porque, ela é muito além da ideia de que Brasília se concentra somente na esplanada dos ministérios e congresso. O BIFF 2022, em parceria com o SESC e Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF amplia seus canais de exibição por toda Brasília.

A curadoria da competitiva internacional foi comandada pelo crítico Miguel Barbieri e sua equipe de seleção que contou com profissionais especializados em cinema:

Faremos um passeio virtual por três continentes (América, Ásia e Europa). Quatro dos dez filmes são dirigidos por mulheres e há quatro documentários na competição. Teremos dois híbridos: o desenho animado documental mexicano ‘Home Is Somewhere Else’ e a mistura de animação e live-action no americano ‘Quantum Cowboys’. Há desde registros reais sobre a rotina de uma advogada para livrar um ativista da cadeia no russo ‘The Case’ até as campanhas de candidatos LGBTQIA+ a vereador(a) na eleição de 2020 no brasileiro ‘CorPolítico’, uma produção do ator Marco Pigossi. O amor explode no espanhol ‘Ramona’ e a realidade da pandemia é retratada no filipino ‘Broken Blooms’. O tom dramático está presente na difícil convivência de um adolescente com seu pai no grego ‘.dog’ e na decisão de um senhor em decretar o dia de sua morte no holandês ‘Pink Moon’. E o Japão comparece em dois longas-metragens: no francês ‘Umami’, o personagem de Gérard Depardieu vai ao Oriente descobrir os prazeres da gastronomia local; no japonês ‘Yamabuki’, um operário sul-coreano vê sua vida se desintegrar após se apossar de uma fortuna em dinheiro.

O BIFF 2022 apresenta presencialmente a iniciativa inovadora e competitiva do BIFF JR, oferece aos estudantes e público em geral uma programação internacional potente e diversa para um público geralmente esquecido das grandes produções cinematográficas.

Outro destaque deste ano vai para a Mosaico Brasil – O Novo Cinema Brasileiro – pela primeira vez o BIFF aposta na vitrine e janela de produções nacionais que dialogam com novas tendências, conteúdos e olhares.

Agnès Varda, a diretora belgo-francesa falecida em 2019, uma das principais referências da Nouvelle Vague e ícone do cinema feito por mulheres, é a homenageada desta oitava edição. A diretora ainda é de vanguarda e a seleção de seus filmes que serão exibidos durante o BIFF 2022 , vão mostrar a potência e sensibilidade da cineasta.

Estão na programação do festival o Cinema Latino – uma seleção com mulheres cineastas latinas, Panorama Africa – novas produções e Arco Íris Sueco, curtas LGBTQIA+.

Complementam a programação, Oficinas, Debates e Fóruns, realizados em parceria com a Associação Brasiliense de Cinema e Vídeo – ABCV, dentre elas, Dublagem, princípios e desafios com profissionais da AllDub acessibilidade.

Academia de TikTokers, pela primeira vez o BIFF faz um mergulho nas novas ferramentas de conteúdo e realiza o Workshop presencial com o objetivo de capacitar o público a criar conteúdos audiovisuais na plataforma do entretenimento e rede social que mais cresce no mundo: o TIK TOK.

O BIFF 2022 conta com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal – FAC – DF

Serviço:

8º BIFF – FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE BRASÍLIA

www.biffestival.com

Gratuito

Locais: Cine Brasília, Sesc 504 Sul, Sesc Taguatinga, Sesc Ceilândia, Sesc Gama e Complexo Cultural de Planaltina.

1 – INTERNACIONAL COMPETITIVA

.Dog

(Chipre/Grécia, 2021, 95 min, Drama, Dir.: Yianna Americanou)

O jovem Dimitris, à beira da idade adulta, mas ainda muito criança, romantizou seu pai preso em proporções míticas. Quando ele é libertado depois de dez anos, Dimitris não pode esperar para finalmente conhecê-lo e compensar o tempo perdido. Mas quando seu pai revela sua verdadeira natureza, Dimitris deve enfrentar um grande dilema: sua necessidade de pertencimento prevalecerá sobre seu senso de justiça?

Elenco: Andreas Konstantinou, Dimitris KitsosNikos, Nikos Zeginoglou, Antonia Charalampous

 

Broken Blossoms

(Filipinas, 2022, 104 min, Drama, Dir.: Luisito Agdameu Ignacio)

Um jovem que lida com os desafios de um casamento e sua atitude despreocupada em relação à moralidade e amizade, que é testada até o limite, no momento em que o mundo se encolhe nas garras de uma pandemia global.

Elenco: Jaclyn Jose, Jeric Gonzales, Teresa Malvar, Norman Boobay Balbuena, Royce Cabrera, Lou Veloso, Mimi Juareza.

Trailer: https://vimeo.com/679826471/f0ec024b1a

CorPolítica

(Brasil, 2022, 102 min, Documentário, Dir.: Pedro Henrique França)

O documentário investiga o vazio de representatividade LGBTQIA+ no cenário político do Brasil, país que mais mata pessoas LGBTQIA+ no mundo. Diante de um recorde de candidaturas LGBTQIA+ nas eleições brasileiras de 2020, em um momento histórico no país e no mundo, candidatos e políticos relatam suas experiências e as violências vividas dentro de seus processos de afirmação e na luta por direitos.

Trailer: https://vimeo.com/745017757

Home Is Somewhere Else

(Estados Unidos/México, 2022, 87 min, Documentário/Animação, Dir.: Carlos Hagerman e Jorge Villalobos)

Home Is Somewhere Else é um documentário de animação que oferece uma janela para os corações e mentes dos jovens imigrantes e suas famílias indocumentadas.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=uYW0i_mQQsk

Ramona

(Espanha, 2022, 80 min, Drama, Dir.: Andrea Bagney)

Ramona conheceu seu namorado enquanto ela estava em um encontro casual. Logo ela descobre que ele é o diretor de um filme no qual ela está disputando o papel principal. Isso fez Ramona questionar a si mesma e sua vida aconchegante com o namorado.

Elenco: Lourdes Hernández, Bruno Lastra, Francesco Carril

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=NiifrlcjIG4

Pink Moon

(Países Baixos/Eslovénia, 2022, 94 min, Drama, Dir.: Floor Van Der Meulen)

Quando uma jovem recebe do pai a notícia absurda de que ele está farto e quer que sua vida termine, ela é forçada a procurar uma maneira de lidar com seu último desejo.

Elenco: Julia Akkermans, Johan Leysen, Eelco Smits, Anniek Pheifer, Sinem Kavus

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=9yr1K5CWRf0

Quantum Cowboys

(Estados Unidos, 2022, 99 min, Western/Ficção Científica, Dir.: Geoff Marslett)

Dois andarilhos infelizes, Frank e Bruno, se unem à Linde para recuperar suas terras e viajar pelo sul do Arizona de 1870 para encontrar um músico de fronteira arredio. A complexa teoria do tempo quântico é misturada com reflexões filosóficas sobre a arte como a forma como entendemos nossa história e memórias; com tiroteios, cavalos, salões de dança, cactos e salões!

Elenco: Kiowa Gordon, Lily Gladstone, John Way, David Arquette, John Doe, Neko Case e Alex Cox

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=LIYF_a6UOrA

The Case

(Rússia, 2022, 105 min, Documentário, Dir.: Nina Guseva)

A advogada Maria Eismont trabalha para libertar o ativista condenado injustamente Konstantiv Kotov. Todas as suas aparições na mídia não dão em nada, e cada apelo é rejeitado – até que Putin de repente aparece em cena.

Elenco: Maria Eismont, Konstantiv Kotov

Trailer: https://vimeo.com/662252517

Umami

(França/Japão, 2022, 92 min, Drama/Comédia, Dir.: Slony Sow)

O principal chef da França se transporta em uma missão que busca o sabor que confundiu sua vida desde que foi derrotado por uma tigela de macarrão de um chef japonês quando era jovem.

Elenco: Gérard Depardieu, Kyozo Nagatsuka, Sandrine Bonnaire, Pierre Richard, Rod Paradot

Yamabuki

(Japão / França, 2022, 97 min, Drama, Dir.: Juichiro Yamasaki)

Yamabuki, uma colegial que perdeu a mãe e mora com o pai policial, começa a protestar em silêncio em uma encruzilhada, pensando em questões além do oceano.

Elenco: Kang Yoon-soo, Kilala Inori, Yohta Kawase, Misa Wada, Masaki Miura, Hisao Kurozumi, Mayumi Sakura, Riho Shamura, Maki Nishiyama, Tomomi Chida, Eiri Okura, Yuya Matsuura and Munetaka Aoki

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=H9frKqTmXVA

2 – BIFF JR.

A Second Life

(Tunísia, 2022, 93 min, Ficção, Dir.: Anis Lassoued)

Na ausência do pai, a vida torna-se desprovida de sabor e cor, e o destino de “Gadeha”, de 12 anos, torna-se dependente de uma coincidência fatídica que lhe dá a chance de uma segunda vida mais brilhante, mas, ele tem que pagar por aquela vida.

Elenco: Yassine Tormsi, Ahmad Zakaria Chiboub, Jamel Laroui, Chema Ben Chaabene, Dorsaf Ouertatani, Anissa Lotfi, Lilia Zaidi, Mohamed Marga, Ahmed Amri

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Za917Bw5tfc

Desconectados

(Brasil, 2022, 75 min, Documentário, Dir.: Pedro Ladeira, Paulo Saldaña e Ana Graziela Aguiar)

Em um dos países em que as escolas ficaram fechadas por mais tempo durante a pandemia de coronavírus, estudantes e professores lidam com os desafios da distância da escola, do retorno às aulas presenciais e refletem sobre os efeitos da crise da educação no Brasil.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=jivm9PjQ2R0

Miúda e o guarda-chuva

(Brasil, 2019, 74 min, Animação/Família, Dir.: Amadeu Alban)

Miúda cuida de sua planta carnívora com muito amor e formigas fresquinhas. Ela deseja apenas que a planta lhe chame pelo seu nome, mas a planta exige cada vez mais formigas. Estas bolam um plano que envolve poesia, guarda-chuvas e uma máquina do tempo. A menina aprende que crescer é fazer escolhas.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=sTbPzV21CdE&ab_channel=EliteFilmes

Meu tio José

(Brasil, 2021, 89 min, Animação, Dir.: Ducca Rios)

Meu Tio José é uma animação que conta a história de José Sebastião Rio de Moura, membro do movimento de esquerda “Dissidência da Guanabara”. Ele participou do sequestro do embaixador estadunidense Charles Elbrick, em 1969, e ficou exilado no exterior por 10 anos.

Elenco: Wagner Moura, Tonico Pereira, Lorena Comparato

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=G3B4Ia5KUtA&ab_channel=HistoriadoCinemaBrasileiro

O Tesouro do pequeno Nicolau

(França, 2021, 103 min, Comédia, Dir.: Julien Rappeneau)

Nicolau vive um mundo perfeito. Ele tem um grupo de amigos inseparáveis, que são conhecidos como “Os Invencíveis”. Esse mundo está em risco, porque seu pai é promovido e terão que mudar para o sul da França. Para evitar que ele fique longe de seus amigos, “Os Invencíveis” bolam uma caça ao tesouro.

Elenco: Ilan Debrabant, Audrey Lamy, Jean-Paul Rouve, Pierre Arditi, Grégory Gadebois

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=R0xs-0Sfrr4&ab_channel=californiafilmes

Souvenir, Souvenir

(França, 2020, 16 min, Animação, Dir.: Bastien Dubois)

Por dez anos, fingi fazer um filme com as lembranças de guerra da Argélia do meu avô. Hoje, não tenho certeza se quero ouvir o que ele tem a dizer.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=lVIg4o7bxEk&ab_channel=PsarokokaloInternationalShortFilmFestival

Todo mundo já foi para Marte

(Brasil, 2022, 75 min, Animação, Dir.: Telmo Carvalho)

Uma viagem por texturas, técnicas e diferentes abordagens de 37 cineastas animadores durante uma pandemia.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=B50grKvqrLY&ab_channel=olhardecinema

3 – PRÉ ESTREIAS :

Carmen

(Malta/Canadá, 2022, 87 min, Drama, Dir.: Valerie Buhagiar)

Em uma pequena vila mediterrânea, Carmen cuidou de seu irmão, o padre local, por toda a vida. Quando a Igreja abandona Carmen, ela é confundida com o novo padre. Carmen começa a ver o mundo e a si mesma sob uma nova luz.

Elenco: Natascha McElhone, Michaela Farrugia, Steven Love

Trailer:https://www.youtube.com/watch?v=Y_dfIkKCQLA

Esperando Bojangles

(França, Bélgica, 2021, 124 min, Drama, Dir.: Régis Roinsard)

Camille e Georges dançam todas as noites ao som de sua música favorita, Mr. Bojangles. Em sua casa, só há espaço para diversão, fantasia e amigos. Até que um dia Camille, uma mulher hipnotizante e imprevisível, desce mais fundo em sua própria mente e Georges e seu filho Gary precisam mantê-la segura.

Elenco: Virginie Efira, Romain Duris, Gregory Gadebois

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=g4qGYB1esQo&ab_channel=californiafilmes

Kompromat РO Dossi̻ Russo

(França, 2022, 127 min, Suspense, Dir.: Jérôme Salle)

A espetacular fuga de um diretor da Aliança Francesa da Sibéria. Vítima de uma trama orquestrada pelo FSB (Serviço Federal de Segurança da Rússia), esse intelectual terá que se transformar em homem de ação para escapar de seu destino.

Elenco: Gilles Lellouche, Joanna Kulig, Michael Kor, Sasha Piltsin, Mikhail Safronov

Trailer:https://www.youtube.com/watch?v=jp0zwjCZ-hk&ab_channel=avids%7Cnetwork

4 – HOMENAGEM AGNÈS VARDA

Cléo das 5 às 7

(França/Itália, 1962, 90 min, Drama, Dir.: Agnès Varda)

Cléo, uma cantora hipocondríaca, está cada vez mais preocupada com o fato de ter câncer enquanto aguarda os resultados dos exames médicos.

Trailer:https://www.youtube.com/watch?v=TnzD-XRXiHk&ab_channel=cinetamaris

Elsa la Rose

(França, 1966, 21 min, Documentário, Dir.: Agnès Varda)

Imagens e poemas do célebre casal Louis Aragon e Elsa Triolet. A juventude de Elsa é lembrada por Aragon, com comentários de Elsa.

Trailer: https://mubi.com/films/elsa-la-rose?preview_clip=607

Ô saisons, ô châteaux

(França, 1957, 22 min, Documentário, Dir.: Agnès Varda)

Um passeio pelos castelos do Loire mostrados em ordem cronológica de construção, com comentários incluindo poemas do século XVI e reflexões de jardineiros.

Visages Villages

(França, 2017, 93 min, Documentário, Dir.: JR e Agnès Varda)

A diretora Agnès Varda e o fotógrafo e muralista J.R. viajam pela França rural e formam uma improvável amizade.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=oaq9IMouPIs&ab_channel=Ingresso.com

5 – MOSAICO, O NOVO CINEMA BRASILEIRO

Abdzé wede’o, o vírus tem cura?

(Brasil, 2021, 55 min, Documentário, Dir.: Divino Tserewahú)

Ao documentar os rituais de reverência aos mortos e o luto pela partida de dezenas de anciãos e líderes da aldeia Sangradouro durante a pandemia, Divino Tserewahu contrapõe em seu filme ABDZÉ WEDE’Ö um rico imaginário de beleza, saberes e força espiritual que caracteriza a cultura Xavante, ecoando sob forma de metáfora, a pergunta que não quer calar: “O vírus tem Cura”?

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=M09wEjFtbmg&t=1s&ab_channel=FestivaldeBras%C3%ADliadoCinemaBrasileiro

Até o fim

(Brasil, 2020, 93 min, Drama, Dir.: Ary Rosa e Glenda Nicácio)

Geralda está trabalhando em seu quiosque à beira de uma praia no Recôncavo da Bahia, quando recebe um telefonema do hospital dizendo que seu pai pode morrer a qualquer momento, e ela avisa suas irmãs Rose, Bel e Vilmar.

Elenco: Maíra Azevedo, Arlete Dias, Wal Diaz e Jenny Muler

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=btv6g9-7bGo&ab_channel=RoszaFilmes

Chico Rei entre nós

(Brasil, 2020, 95 min, Documentário, Dir.: Joyce Prado)

Chico Rei foi um rei congolês escravizado que libertou a si mesmo e aos seus súditos durante o Ciclo de Ouro em Minas Gerais. Sua história é o ponto de partida para explorar os diversos ecos da escravidão brasileira na vida dos negros de hoje, entendendo seu movimento de autoafirmação e liberdade a partir de uma perspectiva coletiva.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=A-dtOxTkZFE&ab_channel=ChicoRei

Entre nós talvez estejam multidões

(Brasil, 2020, 92 min, Documentário, Dir.: Aiano Bemfica e Pedro Maia de Brito)

“Entre nós talvez estejam multidões” propõe uma jornada imersiva junto aos sujeitos e agentes da ocupação Eliana Silva, em Belo Horizonte, durante o período eleitoral que conduz ao poder Jair Bolsonaro. A obra é conduzida por meio dos sonhos, contradições e lembranças dos sujeitos que nela vivem, formulando, assim, o imaginário dessa comunidade num filme que se articula como uma pintura mural.

Trailer: https://vimeo.com/481417300

Rama Pankararu

(Brasil, 2022, 98 min, Ficção, Dir.: Pedro Sodré)

Bia Pankararu, jovem agente da saúde indígena, está arrecadando fundos para a reconstrução da escola em sua aldeia, que foi destruída durante um incêndio criminoso na noite do segundo turno das eleições de 2018. Paula, jornalista carioca, chega à aldeia para fazer uma reportagem sobre os ataques incendiários.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=KsPu9eE1jmc&ab_channel=MarcoZeroConte%C3%BAdo

Sementes, mulheres negras no poder

(Brasil, 2020, 105 min, Documentário, Dir.: Éthel Oliveira e Júlia Mariano)

Em resposta à morte de Marielle Franco, as eleições de 2018 se transformaram no maior levante político conduzido por mulheres negras que o Brasil já viu, com candidaturas em todos os estados. O documentário acompanhou seis mulheres negras, em suas campanhas, mostrando que é possível transformar o luto em luta.

Trailer: https://youtu.be/AgVfKXM84dc

6 – CINEMA LATINO

La Afinadora de Árboles

(Argentina/México, 2019, 101 min, Drama, Dir.: Natalia Smirnoff)

Clara recebe o prêmio global de literatura infantil. Logo depois, para encontrar um pouco de paz, ela se muda com a família para o campo, perto de onde nasceu. Lá ela encontra seu antigo namorado Ariel e seu irmão Carlos, amigos de sua infância. Uma reavaliação de si mesma e de sua vida torna-se inevitável. Nem tudo pode sobreviver.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Jmnak9iJG_E&ab_channel=TareaFina

La Chica Nueva

(Argentina, 2021, 77 min, Drama, Dir.: Micaela Gonzalo)

Jimena viaja para Río Grande, na ilha de Tierra del Fuego, no extremo sul da Argentina, para se juntar a seu meio-irmão Mariano. Ela quase não tem dinheiro para viajar, mas consegue chegar lá na esperança de ter uma vida melhor naquela região fabril. O vento, o frio e a complexa crise econômica formam o pano de fundo sobre o qual Jimena desenvolverá a empatia pelas pessoas à sua volta e um sentimento de pertencimento, mas também um lugar onde aprenderá a conhecer-se melhor.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=7uHWPlKieiE&ab_channel=officialSBIFF

Bajo Un Sol Poderoso

(Cuba, 2022, 127 min, Drama, Dir.: Kiki Alvarez)

Cineasta se tranca em sua casa para enfrentar a solidão e os fantasmas de três casais, protagonistas de três dos filmes que fez ao longo de 31 anos, desde a queda do Muro de Berlim até hoje. Um ensaio sobre a solidão, a ausência, o mal-estar e o peso das circunstâncias sociais sobre os indivíduos. Um filme sobre Havana, vivida e filmada sob um sol escaldante.

Berta soy Yo

(Honduras, 2022, 136 min, Documentário, Dir.: Kátia Lara)

Horas antes de seu assassinato, a líder indígena Berta Cáceres anotou os nomes dos corruptos que pretendiam matá-la. Usando essas pistas, o documentário junta as peças do quebra-cabeça para ajudar Berta a resolver seu próprio assassinato. No país mais perigoso do mundo para os defensores do meio ambiente, Milton Benítez, um tenaz jornalista hondurenho, segue as pistas escritas com Berta na reunião que tiveram um dia antes de seu assassinato.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=NROO8WdAp3E&ab_channel=TercoProducciones

Mis Hermanos Sueñan Despiertos

(Chile, 2021, 85 min, Drama, Dir.: Claudia Huaiquimilla)

Ángel e seu irmão mais novo Franco estão encarcerados em uma prisão juvenil há um ano. Apesar das dificuldades, formaram um sólido grupo de amigos com quem passam seus dias compartilhando sonhos de liberdade. Tudo muda quando a chegada de um jovem rebelde oferece uma possível fuga: a única porta para realizar esses sonhos. Inspirado por muitos eventos reais.

Trailer: https://vimeo.com/637887595

Travessias

(Brasil/Cuba, 2022, 22 min, Documentário, Dir.: Ana Graziela Aguiar)

Uma carta de amor que une Brasil e Cuba. No filme Travessias, a diretora parte em uma longa viagem em busca de entender os sentimentos e transformações passadas por uma pessoa próxima. Neste caminho de dúvidas e inquietações, encontra Justin, um homem trans que vai auxiliá-la nesta travessia. Com um olhar poético e autorreferencial, a diretora nos convida a repensar nossos próprios preconceitos e limites em relação ao outro.

7 – PANORAMA ÁFRICA

Ar-Condicionado

(Angola, 2020, 72 min, Drama, Dir.: Fradique)

Quando os ares-condicionados começam misteriosamente a cair dos apartamentos na cidade de Luanda, Matacedo e Zezinha, um guarda e uma empregada doméstica, têm a missão de recuperar o aparelho do chefe. Uma jornada de mistério e realidade, uma crítica sobre classes sociais e como nós vivemos em conjunto nas esperanças verticais, no coração de uma cidade que é passado-presente-futuro.

Elenco: José Kiteculo, Filomena Manuel, David Caracol

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=rmoiSydI6Xc&ab_channel=MostraEcofalante

Bonny & Clara

(Nigéria, 2019, 71 min, Drama, Dir.: Yemi Jolaoso)

Dois ladrões (Bonny e Clara) se metem em apuros quando roubam uma misteriosa maleta que pertence a um notório líder de gangue. Agora eles devem correr para salvar suas vidas e também encontrar uma maneira de extrair o conteúdo da maleta antes que Ebuka, o legítimo proprietário, os alcance.

Elenco: Shawn Faqua, Omowunmi Dada, Femi Branch

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=73pPreTdHb4&ab_channel=YemiJolaoso

Destin Tracé

(Congo, 2021, 83 min, Drama, Dir.:Carlo Lechea)

Tomi está prestes a recuperar sua liberdade. Ele enfrenta um futuro incerto. Sem emprego, sem casa, sem família. O que fazer? Como um homem frustrado e cheio de raiva será capaz de se encaixar na sociedade? Ele não vai seguir o caminho do crime? Um dia ele conhece um homem e rapidamente aprende que ser gentil com o mundo é a melhor maneira de viver. Então, coisas misteriosas começam a acontecer com ele.

Elenco: Daniel Kifwa, Edouard Matondo, Jonathan Kombe, Elielle Tamba

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Ih87kemOZJM&t=1s&ab_channel=DestinTrac%C3%A9lefilm