“Vozes da Alma”, exposição em cartaz no Museu da República, disponibiliza catálogo para acessar online e baixar gratuitamente

Em 28 páginas, o catálogo apresenta a exposição por meio de tocantes depoimentos dos artistas, textos acerca dos trabalhos desenvolvidos para a realização da mostra e de acessibilidade, para pessoas surdas, além de 17 fotos impressas, em alta resolução. Visitantes da mostra recebem, gratuitamente, uma cópia impressa do catálogo para levar pra casa.

Sob coordenação geral de Nísia Sacco e curadoria do fotógrafo sem fronteiras Olivier Boëls, Vozes da Alma promove uma experiência inédita aos brasilienses. Com visitas orientadas pelos seis fotógrafos, participantes da mostra, acompanhados de intérpretes em Libras, é dada, aos visitantes, a oportunidade de compreender a vivência e universo de pessoas surdas, a partir dos trabalhos expostos e de depoimentos dos próprios artistas.

As 60 fotos, de autoria de Celyse Sasse, Elise Milani, Flávia Pompeu, Jacson Vale, Johnnatan Albert e Nubia Laismann, mostram o olhar e entendimento que estes fotógrafos têm do mundo, bem como as experiências de vida que consideraram relevante compartilhar. O projeto tem financiamento do FAC, Fundo de Apoio à Cultura do DF, conta com as parcerias do Surdofoto, Oca do Sol, Ashram Photo, Maleta Cultural e Fenae e gera 20 empregos diretos.

Barreiras sociais, linguísticas e comportamentais podem ser superadas com a interação e respeito entre surdos e ouvintes, “por meio da fotografia, que é pura visualidade e comunicação, é possível compreender as concepções do mundo no olhar das pessoas surdas”, acredita Olivier Boëls. O visitante encontrará na exposição depoimentos de vida, que contam o que sentem, “são relatos pessoais de quem cresce e vive em um mundo que, por vezes, os desconsidera”, comenta Nísia Sacco.

Como atividade formativa, a mostra realiza, dias 15 e 16 de maio, duas rodas de conversa abertas a gestores e produtores culturais, bem como a toda a comunidade, quando serão debatidas formais mais efetivas de promover acessibilidade para pessoas surdas em todos os âmbitos. Ambas acontecem a partir das 19h, com entrada franca, e contarão com as presenças dos artistas da exposição e interpretes de Libras, com experiência em projetos culturais.

Ainda mais inclusivo

Hoana Gonçalves, aluna de Artes Visuais pela UnB, se juntou à mostra onde apresenta seu premiado trabalho de fotografia para cegos, afim de que este público tenha acesso. Deste modo, a mostra exibe versões táteis de trabalhos dos artistas surdos. Monitores capacitados conduzirão a visitação de cegos e cegos-surdos pela exposição.

Catálogo da exposição

Para consultar online: issuu.com/olivierboels/docs/catalogo_vozes_da_alma
Para baixar: bit.ly/CatalogoVozesdaAlma

Serviço

Exposição: Vozes da Alma
Local: Museu Nacional da República (Lote 02 Setor Cultural Sul próximo à Rodoviária do Plano Piloto)
Fotógrafos: Celyse Sasse, Elise Milani, Flávia Pompeu, Jacson Vale, Johnnatan Albert e Nubia Laismann
Visitação: até 2 de junho, de terça a domingo, das 9h às 18h30.
Entrada franca e livre para todos os públicos
Grupos interessados em visitar a exposição, podem agendar através do e-mail museunacional@cultura.df.gov.br

Anterior Cancelado o espetáculo Falar de Amor Sem Dizer Eu Te Amo
Próximo Suvaco de João, Festa Junina do Suvaco da Asa na Aruc