No repertório, Vitor Adonai Sexteto apresenta sucessos da música brasileira e temas autorais 

No dia 13 de novembro, às 22h, a Cervejaria Criolina recebe o primeiro show de Vitor Adonai Sexteto. Formado por Vitor Adonai (clarinete e piano), Antonio Mello (violão), Rodrigo Zolet (acordeon), Rafael Cruz (baixo), Renato Galvão (bateria) e Mariano Toniatti (percussão), o grupo toca “Das Nuvens” e “Impressions”, de Vitor Adonai; “Salvador”, de Antonio Mello; e “Rio Amazonas”, de Dori Caymmi, entre outros temas, marcados por uma sonoridade moderna e dançante.

Além de assinar a direção musical e os arranjos do show, Vitor é autor de “Santo”, música recém lançada nas plataformas digitais e que também está no repertório da apresentação.

“Minhas composições surgem de ideias que tenho durante o dia. Em um desses dias estava improvisando no piano, quando surgiu esse groove em 12/8…já com harmonia. Depois disso foi só deixar a melodia vir… O nome ‘Santo’ veio como inspiração também. Não é sobre um santo específico e nem está ligado a alguma religião, mas sim ao que o ouvinte sente quando ouve. Cada um com sua interpretação”, explica Vitor.

A música foi gravada em novembro de 2018, no estúdio Casa do Som, captada, mixada e masterizada por Dudu Maia. “O processo de gravação foi bem interessante. Optamos por gravar ao vivo, todos os instrumentos ao mesmo tempo, e fizemos vários takes inteiros. O que ficou foi esse, que estávamos mais juntos. Rolaram climas e conversas maneiras entre os instrumentos”, completa.

Vitor Adonai

Multi-instrumentista, Vitor Adonai iniciou seus estudos de música aos 3 anos de idade, orientado pelo pai, Antonio Mello.

Vitor fez curso fundamental no Conservatório Brasileiro de Música (Rio de Janeiro), e estudou piano erudito Escola de Música de Brasília. Bacharel em clarineta pela Universidade de Brasília, o artista é, atualmente, professor da Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello.

Compositor e intérprete, ele já subiu aos palcos com César Machado, Zé Luís Maia e Alexandre Caldi, entre outros artistas renomados; e participou da gravação de diversos discos, em destaque o álbum “Guaratiba Brasil” de Antonio Mello, ao lado de Carlos Malta, Marcio Bahia, Carlos Victorino, BJ Bentes e Arthur Gouvêa. Em 2017, Vitor representou o Brasil no festival Ethno Sweden, em Rättvik (Suécia).

Serviço

Show Vitor Adonai Sexteto
Dia 13 de novembro, às 22h, na Cervejaria Criolina (SOF Sul, Quadra 1, Conjunto B, Lote 6).
Ingressos: R$ 15 (de 14/10 a 24/10); R$ 20 (de 25/10 a 12/11); e R$ 25 (dia 13/11). À venda no Sympla e na Cervejaria (no dia show). Não recomendado para menores de 18 anos.
Realização: Mariwô Produções

Links nas redes sociais

Facebook: https://www.facebook.com/Vitor-Adonai-160371271351140/
Instagram: https://www.instagram.com/vitor.adonai/
Youtube: https://is.gd/PERmNB

Anterior Kanduras lança primeira parte do álbum Dístico
Próximo Seminário na UnB aborda os encantos dos bonecos