Confira aqui os destaques da semana da TV Cultura de segunda (14) a domingo (20) de outubro

Roda Viva – Tabata Amaral

Na segunda-feira (14/10), o Roda Viva entrevista a deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP). Na linha de frente da renovação política no País, foi uma das candidatas mais votadas para a Câmara Federal, em São Paulo. Com apenas 25 anos, Tabata Amaral, formada em Ciências Políticas e Astrofísica pela Universidade de Harvard, é uma das fundadoras do movimento Mapa Educação, que luta para que todos os brasileiros tenham acesso a uma educação de qualidade.

O Roda Viva conta com uma bancada de entrevistadores formada por Renata Cafardo, repórter especial e colunista de Educação do jornal O Estado de S. Paulo; Silvia Amorim, repórter de Política do jornal O Globo; Joelmir Tavares, repórter do jornal Folha de S. Paulo; Joyce Ribeiro, apresentadora do Jornal da Cultura Primeira Edição; e Pedro Venceslau, repórter de Política do jornal O Estado de S. Paulo. O programa vai ao ar a partir das 22h, com apresentação de Daniela Lima. A entrevista também pode ser acompanhada no site da emissora, Twitter, Facebook, YouTube e no aplicativo Cultura Digital.

Cinematógrafo – Roteiros Cinematográficos

O segundo episódio da série Cinematógrafo, que vai ao ar na segunda-feira (14/10), às 23h30, aborda os roteiros e suas denominações, a diferença entre um roteiro adaptado e um original, e também se aventura pelo universo de filmes do consagrado diretor Steven Spielberg. O Cinematógrafo conta com 13 episódios.

#Provocações – Kim Kataguiri

Nesta terça-feira (15/10), conversa com Marcelo Tas no #Provocações o deputado federal Kim Kataguiri. Fundador e coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL), que desempenhou papel-chave no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, Kataguiri foi o quarto deputado federal mais bem voltado por São Paulo em 2018. E, em 2015, Kim foi eleito um dos 30 jovens mais influentes do mundo pela revista Time. O #Provocações vai ao ar às 22h15, na TV Cultura, no YouTube e no aplicativo Cultura Digital, com reapresentação aos domingos, às 19h30.

Opinião Nacional – Autonomia universitária

Em 2019, a autonomia das universidades estaduais paulistas (USP, Unesp e Unicamp) completa 30 anos. Pensando nisso, o Opinião Nacional desta quarta-feira (16/10) fala sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa, que investiga desde abril deste ano os gastos das instituições no período de 2011 a 2019, além de implicações e direcionamentos ideológicos. Para falar sobre o assunto, o programa recebe os reitores Marcelo Knobel, da Unicamp; Sandro Roberto Valentini, da Unesp; e o pesquisador do Instituto de Estudos Avançados da USP Paulo Muzy, autor do livro Os desafios da autonomia universitária. Com apresentação de Andresa Boni, a atração vai ao ar na TV Cultura, às 23h15.

Documentário – A água que falta

Ainda nesta quarta-feira (16/10), a TV Cultura exibe, às 22h45, o documentário A água que falta. Produzido por Sérgio Lopes, a obra procura apresentar um olhar mais abrangente sobre o tema da conservação da água, buscando provocar reflexão e engajamento no expectador. Para abordar a questão, a produção ouviu nomes como Benedito Braga, Presidente do Conselho Mundial da Água; André Palhano, jornalista e idealizador da Virada Sustentável; e o norte-americano Seth Siegel, palestrante nas universidades de Harvard, Yale e Princeton, que defende soluções diplomáticas para conflitos internacionais relacionados à água.

Crisálida – Último episódio

Vai ao ar nesta quinta-feira (17/10), o quarto e último episódio da série Crisálida. Em Lado B, Gustavo criou um projeto incrível, mas como é surdo, precisa convencer uma renomada empresa a investir na sua ideia. Crisálida apresenta histórias de jovens surdos que enfrentam os desafios de uma sociedade desenhada apenas para ouvintes. Criada por Alessandra da Rosa Pinho e dirigida por Serginho Melo, a produção é uma parceria entre a Arapy Produções, Raça Livre Produções e TVi Televisão e Cinema. Vai ao ar a partir das 19h15, na TV Cultura.

Persona em Foco – Edson Celulari

Na sexta-feira (18/10), o Persona em Foco recebe o ator Edson Celulari. Sua carreira televisiva se iniciou em 1978, com uma participação na novela Salário Mínimo, na extinta Rede Tupi. Ainda nessa emissora, no ano seguinte, atuaria em Gaivotas. Em 1980, transferiu-se para a Rede Globo, onde fez sua estreia na novela Marina. Sete anos depois deixou a emissora, a qual retornou em 1992 e segue até os dias de hoje. No programa, ele é entrevistado pelo professor Paulo Neves, uma testemunha presencial dos primeiros passos do ator no teatro, e pelo ator, diretor e professor de teatro Hélio Cícero. Apresentado por Atílio Bari, o programa vai ao ar às 22h15, na TV Cultura e no aplicativo Cultura Digital.

Cultura Livre – Tuyo e Felipe Cordeiro

Neste sábado (19/10) sobe ao palco do Cultura Livre a Tuyo, que apresenta sua estética que une voz, beat e outros elementos a temas existenciais. Formado por Machado, Lio e Lay Soares, o trio transita entre a organicidade e texturas eletrônicas, passando pelo folk e vai desde o lo-fi hip hop até o synth pop. O estilo contemplativo e introspectivo da Tuyo se evidencia no álbum Pra Curar (2018), mostrando uma proposta vocal audaciosa, letras abstratas e beats mais complexos. Felipe Cordeiro, cantor, compositor e guitarrista paraense participa do quadro Minha Primeira Vez. O Cultura Livre vai ao ar aos sábados, às 18h15, com reapresentação às terças-feiras, às 23h45. E pode ser visto também no YouTube e no aplicativo Cultura Digital.

Prelúdio – Estreia

Estreia neste domingo (20/10), às 11h, na TV Cultura, a nova temporada do reality show Prelúdio, com jovens talentos da música clássica. Neste dia, a TV Cultura leva ao ar um especial sobre o programa, que traz depoimentos de vencedores das edições anteriores e de jurados, além de entrevistas com os classificados deste ano e momentos históricos do reality show. Nas semanas seguintes, aos domingos, irão ao ar quatro eliminatórias. No dia 24 de novembro, diretamente da Sala São Paulo, a transmissão ao vivo da grande final promete vir carregada de emoção, com a participação da plateia, da votação do público pela internet e do virtuosismo de jovens talentos da música clássica. O Prelúdio será exibido às 11h, aos domingos, com reapresentação às quintas-feiras, às 22h45.

Por que Odiamos? – Estreia

Com estreia no Discovery no dia 19 de outubro, às 21h10, poucos dias após a exibição nos Estados Unidos, a série Por que Odiamos? chega à TV Cultura já no dia seguinte, no domingo (20/10), às 19h. Produzida pelos vencedores do Oscar® Alex Gibney e Steven Spielberg, a série, em seis episódios, concentra-se em uma das emoções mais primárias e destrutivas da humanidade, o ódio. Lança a proposta oportuna de que é possível encontrar maneiras de trabalhar contra o ódio, impedindo a sua disseminação a partir do conhecimento sobre o funcionamento de nossas próprias mentes.

Anterior Desconto do dia das crianças ainda tá valendo na MK
Próximo Exposição capta a essência do cotidiano LGBTQIA+