Tulipa Ruiz desembarca em Brasília


Premiada no Grammy Latino, cantora desembarca na capital para quatro shows com o pai e o irmão de 1º a 3 de abril

Em turnê com o disco premiado com o Grammy Latino, Dancê, a cantora e compositora paulista Tulipa Ruiz desembarca em Brasília com projeto intimista entre os dias 1º e 3 de abril. Acompanhada pelo irmão, Gustavo Ruiz, no violão, e pelo pai, Luiz Chagas, na guitarra, a artista abre a programação de abril da CAIXA Cultural Brasília com quatro apresentações – no sábado (2/4) haverá um horário extra, 18h. Os ingressos, a R$ 20 e R$ 10 (meia), começam a ser vendidos neste sábado (26/3).

Seis anos depois de lançar Efêmera, seu disco de estreia, Tulipa Ruiz está ainda mais vigorosa e à vontade para explorar novos caminhos. No palco, apresenta a qualidade artística que já conquistou nomes como de Lulu Santos, que gravou a música Dois cafés, e João Donato, presente em voz e piano em Tafetá, faixa do mais recente álbum, Dancê.

Ao lado do irmão e do pai, guitarrista da vanguardista Isca de Polícia, que acompanhou Itamar Assumpção, a cantora faz um panorama de sua carreira autoral. Na apresentação, ela interpreta um de seus ídolos, Caetano Veloso, em Da maior importância.

Do primeiro álbum, Tulipa Ruiz incluiu no repertório a faixa Efêmera, que chegou a integrar a trilha sonora do Fifa 2011. Também aparecem outros sucessos do álbum de estreia, como Pedrinho e Sushi. Do segundo disco, Tudo tanto, Tulipa lembra, entre outras, É e Like this. Já do trabalho mais recente, o Dancê, aparece com a música Prumo – tema de Visky na novela Verdades secretas – e Físico, entre outras.

De 2010 até agora, a artista acumula prêmios e aprovações da crítica com todos os álbuns lançados. Além de ser eleita sucessivamente entre os melhores do ano pela imprensa especializada, Tulipa já conquistou os prêmios APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), Contigo! MPB FM, Multishow e, mais recentemente, o Grammy Latino, que elegeu Dancê como melhor álbum pop contemporâneo.

Tulipa Ruiz

Nascida em Santos, criada na mineira São Lourenço e formada em Multimeios na PUC-SP, Tulipa Ruiz e o irmão, Gustavo, têm berço musical: o pai, Luiz Chagas, é guitarrista da vanguardista Isca de Polícia. As referências, entretanto, se expandiram para Baby do Brasil, Zezé Motta, grupo Rumo e artistas internacionais e multimídias Meredith Monk e Yoko Ono, além de Joni Mitchell. Ainda garota e já universitária, Tulipa teve experiências musicais por hobby. O “valendo”, porém, veio só em 2009 quando a então redatora e ilustradora se assumiu cantora e compositora.

Serviço

Show Tulipa Ruiz
Local: CAIXA Cultural Brasília (SBS Quadra 4 – lt 3/4)
Dias: de 1º a 3 de abril
Horários: sexta às 20h; sábado, às 18h e 20h; e domingo, às 19h
Ingressos: R$ 20 e 10 (meia) | começam a ser vendidos neste sábado (26/03)
Meia-entrada: estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1kg de alimento não perecível
Bilheteria: de terça a sexta e domingo, das 13h às 21h; e sábado, das 9h às 21h | Informações: 3206-6456
Capacidade: 406 lugares (8 para cadeirantes)
Classificação indicativa: 14 anos.
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Rodrigo Machado | 61 8654-2569 | drigo.machado@gmail.com
Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais

Ficha técnica

Tulipa Ruiz – voz
Gustavo Ruiz – violão
Luiz Chagas – guitarra
Mari de Almeida – produção artística
Vitor Paranhos – técnico de som
Vander Lopes, Letícia Trindade e Glauker Bernardes – produção
Raquel Fonseca – produção local

Anterior O Escaravelho do Diabo
Próximo “Mãos Nós, entre Nós”