Túlio Borges no Sexta Sonora


Túlio Borges faz show inédito no Sexta Sonora. Cantor e compositor apresenta em primeira mão músicas que fazem parte do novo disco a ser gravado ainda neste ano.  A apresentação é na sexta-feira, 19, às 19h30

“Proponho aos ouvidos atentos prestarem bastante atenção ao trabalho de Túlio Borges. Depois a gente conversa”. A frase é do musicólogo e crítico de música Zuza Homem de Mello sobre a produção musical do poeta, cantor e compositor brasiliense. Cancionista maduro, Túlio Borges tem na bagagem reconhecimento nacional – seu último disco “Batente de pau de casarão”, de 2015, rendeu o segundo lugar entre todos os lançamentos brasileiros no mesmo ano, pelo site Melhores da Música Brasileira. Em 2010, foi agraciado como melhor cantor independente do ano pela Rádio Cultura de São Paulo. No mesmo ano, seu CD “Eu venho vagando no ar” foi escolhido como um dos 50 melhores discos do ano e nominado para o Prêmio da Música Brasileira.

Agora, Túlio se apresenta no palco do Sexta Sonora, na sexta-feira (19), no C’est la Vie Bistrô & Creperia, na 408 Sul. O show é um dos mais esperados da programação de aniversário do projeto que tem como objetivo ser um espaço voltado exclusivamente para que músicos locais possam mostrar suas produções.

Conhecido pela profundidade, delicadeza e pela poesia calorosa de suas músicas, Túlio é um incansável. Com dois álbuns totalmente autorais prontos para lançar, o show no Sexta Sonora será um teste de repertório para um novo trabalho que o cantor vai gravar ainda neste semestre. “Vamos ver o que dá certo e o que não funciona”, diz. Ao lado de Túlio estará o bandolinista Victor Angeleas, que faz parte da formação mais enxuta com baixo, voz e bandolim, pensada pelo o cantor para o novo CD.

Para Túlio Borges, na atual conjuntura, o Sexta Sonora é uma ilha de resistência da música de Brasília. “Hoje a música autoral não se traduz necessariamente em público ou sucesso. Estamos a mercê de uma cultura que escolhe aquilo que se vai ouvir. Não há escolha individual. O trabalho no Sexta Sonora traz, além de qualidade, um outro lado da cultura local que muitos não conhecem”, analisa.

Na próxima sexta-feira, 26, fechando a programação de aniversário de um ano do Sexta Sonora, sobe ao palco Clodo Ferreira.

Sobre o músico

Túlio Borges é cantor e compositor festejado pela crítica nacional por sua profundidade, delicadeza e poesia calorosa. Seu repertório é formado por canções autorais que são carregadas de lirismo e uma assinatura inconfundível, que tem no tratamento do conteúdo poético das letras e na naturalidade das melodias a sua força maior.

Seu mais recente trabalho, o álbum “Batente de Pau de Casarão”, foi eleito o 2° melhor disco brasileiro de 2015, pelo site Melhores da Música Brasileira, dentre os 1250 lançamentos nacionais do ano. No disco, que homenageia a poesia popular nordestina, o artista alia a singular musicalidade brasiliense às suas raízes para perfazer caminho da capital até a cidade pernambucana de São José do Egito, terra dos grandes vates da cantoria de improviso. O repertório, que foi cuidadosamente feito em parcerias com poetas como o paraibano Jessier Quirino e o piauiense Climério Ferreira (PI), delineia um novo perfil sonoro para a poética do sertão e pôde ser ouvido nos lançamentos em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

No disco de estreia “Eu venho vagando no ar”, o crítico musical, Tárik de Souza, classificou o álbum como um manifesto de um artista singular, em razão do perfeito domínio de textos, ideias e da cuidadosa feitura. No mesmo ano, a Rádio Cultura de São Paulo concedeu a Túlio Borges o prêmio de melhor cantor independente de 2010.

Túlio Borges também ficou em primeiro lugar com melhor música no Festival de Música do SESC, em 2008 e em 2015. Em 2012, venceu o Festival de Música Nacional FM também com melhor música.

Serviço

Show de Túlio Borges no Sexta Sonora
Data: sexta-feira, 19 de agosto
Horário: 19h30
Local: C’est la Vie Bistrô e Creperia
Endereço: CLS 408, Bloco A, loja 05, Asa Sul. Fone: 3244-6353
Horário: 19h30 às 22h
Couvert: R$ 10
CI: Livre

Anterior Luciano Granja Grupo lança single
Próximo Arte urbana de Brasília