Projeto Tardezinha do Samba promove o intercâmbio entre artistas consagrados e novos talentos da cidade, comemorando o Dia da Consciência Negra

Ceilândia é terra de Repentes, Cordéis, Hip Hop e Samba. Sim! Há alguns anos, Ceilândia se configura como terreiro de muitos grupos e rodas que consagraram o samba no calendário artístico da cidade. Para fortalecer os artistas locais e o público cativo, o projeto Tardezinha do Samba vai realizar dois dias de programação na Casa do Cantador.

A primeira etapa está marcada para o dia 18 de novembro, a partir das 15h, celebrando o Dia da Consciência Negra. A entrada é franca e livre, mas o público pode doar um kilo de alimento não perecível.

Idealizado pelo músico Marcelo Café e realizado pela Artecei Produções, o projeto tem a proposta de reunir os principais fazedores de samba e da cultura afrobrasileira do Distrito Federal, sendo o primeiro festival de samba realizado em Ceilândia e com artistas locais.

Esse encontro cria um intercâmbio cultural entre nomes consagrados e novos talentos, oportunizando o lançamento de novos trabalhos e a consolidação das rodas de samba que marcam os fins de semana em Ceilândia, como Samba na Guariba e Samba na Comunidade.

Nove grupos se apresentam em cada edição do Tardezinha do Samba. O primeiro evento, no dia 18 de novembro, impulsiona não somente o samba, mas também as ações coletivas de empoderamento negro, reunindo agentes culturais ativos no DF.

Destaca-se a participação do Trio Majestade (integrantes da Velha Guarda da Portela); da cantora Dhi Ribeiro, ex-participante do The Voice Brasil; Cris Pereira; e Marcelo Café, prata da casa. Se apresentam ainda Dinho Braga, Carol Nogueira, Cláudio Roberto, Fabinho Samba e a consagrada roda local Samba na Comunidade.

A segunda etapa de apresentações do projeto será realizada com novas atrações no dia 2 de dezembro, data em que se comemora o Dia Nacional do Samba.

Cris Pereira
Cris Pereira | Foto: Guto Martins

Programação

15h00: Samba na Comunidade
15h50: Marcelo Café
16h40: Dinho Braga
17h30: Carol Nogueira
18h20: Cláudio Roberto
19h10: Fabinho Samba
20h00: Trio Majestade (Integrantes da Velha Guarda da Portela)
20h50: Cris Pereira
21h40: Dhi Ribeiro

Serviço

Tardezinha do Samba – Casa do Cantador
Quando: 18 de novembro
Hora: 15h às 23h
Onde: Casa do Cantador
Endereço: QNN 32 Área Especial, Ceilândia Sul – DF
Entrada: Franca
Classificação indicativa: Livre
Informações: 61 9.8629.2171

Redes Sociais:
www.facebook.com/ArteceiProducoes
www.instagram.com/tardezinhadosambacei

Anterior Palestra no CasaPark reúne nomes internacionais da arquitetura
Próximo “O milagre da manhã para transformar seu relacionamento”