O cantor Tame Impala (Kevin Parker) lançou seu quarto álbum de estúdio, The Slow Rush. O disco foi gravado entre Los Angeles e o estúdio de Parker em sua cidade natal, Fremantle, na Austrália. As doze faixas foram gravadas, produzidas e mixadas por Parker.

O álbum também foi lançado em quatro formatos de vinil com disco duplo – preto padrão, verde floresta, vermelho/azul e splatter.

The Slow Rush é o mergulho profundo de Parker nos oceanos do tempo, evocando a sensação de uma vida inteira em um raio, dos principais marcos passando enquanto você olha para o telefone, é um par para a criação e destruição e o ciclo interminável da vida. Parker disse ao New York Times: “Muitas músicas carregam essa ideia de tempo passando, de ver sua vida brilhar diante de seus olhos, sendo capaz de ver claramente sua vida a partir de agora. Estou sendo varrido por essa noção de tempo passando. Há algo realmente intoxicante nisso.” A capa do álbum foi criada em colaboração com o fotógrafo Neil Krug e apresenta um símbolo da humanidade que é engolida pelo ambiente ao redor, como num piscar de olhos.

Nos últimos meses, o Tame Impala se apresentou em vários grandes festivais, incluindo o Splendour in the Grass, Coachella, Primavera, Lollapalooza, ACL e mais. Ele se apresentou no Saturday Night Live e esgotou arenas em todo o mundo, incluindo duas noites no Madison Square Garden, em Nova York.

Tame Impala é Kevin Parker. Seu último álbum, Currents (Interscope), foi lançado em 2015, dando a ele uma segunda indicação ao Grammy, certificação RIAA Gold e aclamação da crítica em todo o mundo.

Ouça The Slow Rush aqui

Tame Impala nas redes
tameimpala.com
www.facebook.com/tameimpala
www.twitter.com/tameimpala
www.instagram.com/tameimpala

Anterior O INCENTIVO A NOVOS BLOCOS DE CARNAVAL
Próximo Artistas vão mediar visita às instalações da mostra Curare