Em agosto, novos pratos, como picanha, chuleta e costelinha suína passam a fazer parte do menu do Serra Gaúcha Costelaria, ao lado da consagrada costela gaúcha, carro-chefe da casa. As novidades animam as celebrações dos pais

O churrasco é, sem dúvidas, uma das refeições mais tradicionais nas comemorações de Dia dos Pais. E de tradicional a Costelaria Serra Gaúcha entende bem, afinal, a casa oferece um dos pratos mais típicos do Rio Grande do Sul: o costelão gaúcho. Após conquistar o público da capital com a costela fogo de chão, a casa aproveita o Mês dos Pais para apresentar as novas opções do cardápio, que passa a incluir Picanha, Fraldinha, Chuleta, Linguiça Artesanal, Costelinha Suína e Matambre Recheado.

Dentre as novidades, versões individuais e para duas pessoas, como a Chuleta e a Costelinha Suína, por R$ 44,90 (individual) e R$ 89,90 (para duas pessoas); a Picanha, por R$ 54,99 (individual) e R$ 99,90 (para duas pessoas); e a Fraldinha, apenas na versão para duas pessoas, por R$ 89,90. Essas opções acompanham dois acompanhamentos à escolha do cliente. A Linguiça Artesanal vem nas versões mista e suína, por R$ 30. Já, o Matambre Recheado, com 900g, está disponível apenas para encomendas, por R$ 79,90.

Na Costelaria Serra Gaúcha, o costelão é feito à moda antiga, rodeado por lenha, que queima por 12 horas, aproximadamente. “As costelas são assadas devagar e por inteiro, para preservar sabor, suculência e maciez à carne”, conta um dos proprietários, Dionizio Maffini. O prato custa R$ 74,90 (porção inteira) e R$ 37,45 (meia porção), para retirada no balcão. A porção inteira serve quatro pessoas e, a meia porção, duas pessoas. Entre os acompanhamentos da casa estão: arroz branco, arroz com costela, farofa de ovos, feijão tropeiro, maionese, farofa de carne, vinagrete e salada, que variam de R$ 4,95 a R$ 16,90.

Costelaria Serra Gaúcha

Com forte presença sulista na gastronomia, tão apreciada pelos brasilienses, nasceu, em abril, a Costelaria Serra Gaúcha, dirigida pelos irmãos gaúchos, Denilson e Dionizio Maffini. A casa fica às margens da EPTG, em Vicente Pires, na altura da residência oficial do governador e funciona para pedidos pelo delivery e retirados no balcão. O restaurante funciona aos sábados, domingos e feriados, das 11 às 16h.

Serviço:

Costelaria Serra Gaúcha
Endereço: CAS – Chácara 35, lote 01A (próximo à EPTG, na altura da residência oficial do governador)
Funcionamento: sábados, domingos e feriados, das 11 às 16h
Pedidos: (61) 9314-2997

💬
ACESSE E DIVULGUE NOSSA PÁGINA DE FINANCIAMENTO COLETIVO DA REVISTA E SITE AQUI TEM DIVERSÃO 👇
BOTÃO DE APOIO 👇

Anterior O Concorrente 🍹 tem dose dupla de soda limonada
Próximo Pança, 🎭 espetáculo com temporada online no Youtube