SANDY E JUNIOR NOVAMENTE EM LP


Houve quem dissesse que o país começou a desandar desde que Sandy e Junior anunciaram o fim da dupla em 2007. Agora, em 2019, com a turnê comemorativa da dupla, empresas investem pesado na elaboração de novos produtos fonográficos para venda, coleção e deleite de muita gente.

Sandy e Junior

Eu nunca fui fã de Sandy e Junior. Confesso que Xuxa, Jaspion e Os Cavaleiros do Zodíaco já me tomavam bastante tempo na infância. Achava legal, simpatizava com as músicas e até conhecia a letra de muitas, mas nunca cheguei a comprar uma fita K7, um vinil ou um CD deles, por exemplo. Deixava isso pros parentes, pois, de um jeito ou de outro, alguém da família colocaria a música deles pra tocar no som.

Sandy e Junior lançaram muitos álbuns entre 1989 e 2007. O último álbum da dupla lançado em formato LP foi “Os Grandes Sucessos de Sandy e Junior”, de 1996, que custa uma verdadeira fortuna no Mercado Livre. Existem lances de R$1.000,00 por um exemplar, tido como raro entre os colecionadores.

Sandy e Junior

Aproveitando a moda da volta dos discos (tema que já comentamos aqui em outro texto da coluna “Produção Cultural”), a Universal Music, detentora dos direitos de alguns álbuns da dupla, resolveu lançar pela primeira vez em vinil três CD’s dos anos 2000 – Algo parecido com o que Os Tribalistas fizeram ano passado.

Eu, que nunca fui fã, resolvi ir ao show “Nossa História” em Brasília e fiquei impressionado com a quantidade de pessoas e a qualidade musical e visual do espetáculo. É impossível não se render ao encanto que o show proporciona ao público. Fui pra ver de perto o movimento e saí rouco depois de cantar os versos “Eu acho que pirei, meus pés saíram do chão…”. Um show para produção internacional nenhuma colocar defeito.

Sandy e Junior

Vi então pela internet o anúncio no site da Universal e fiquei bem surpreso pela ousadia. Os três discos de vinil lançados pela gravadora foram “As Quatro Estações” (um dos CD’s mais mais vendidos, de 1999), Sandy & Junior (CD de 2001) e Acústico (o último dos irmãos, de 2007, lançado pela MTV). Como sou colecionador de vinis, acessei o site com o intuito de comprar um dos três. Me assustei com o preço e refleti se valia a pena ou não a experiência. Como me prometi comprar apenas um, fui ler na descrição quais músicas continham nos álbuns pra ver algum que eu mais lembrasse ou que mais me remetesse à experiência do show. Claro que antes chequei o limite do cartão para saber se suportaria à pancada…

…até que comprei! Comprei o LP “Sandy e Junior – As quatro estações” por conter as músicas mais cativas. Minha irmã teve esse CD e lembro que mesmo não sendo fã deles eram músicas que povoaram minha casa e minha adolescência. O preço? R$189,90 + R$57,55 de frete para Samambaia Sul/DF. Confesso que esses cinquenta e sete reais e cinquenta e cinco centavos ainda me engasgam um pouco a garganta, mas quem gosta de disco sabe que isso faz parte, até porque tem que chegar seguro e sem nenhuma avaria. Ainda restam alguns dias pra chegar, mas é certo que também fui contagiado pela comoção nacional que essa turnê dos 30 anos do início da dupla gerou.

Para os menos saudosistas dos Lp’s, a universal lançou em CD toda a coletânea de Sandy e Junior em CD, num box também comemorativo vendido no período do show. O box é simpático, mas não me seduziu porque certamente vai ocupar muito espaço na estante.

Sandy e Junior

Por enquanto, prevejo que será legal receber uma visita e, de repente, colocar o disco num fim de noite, depois de uns goles de vinho, pra cantar à meia-luz alguns sucessos do bolachão dos anos 2000. Passarão invernos, chegarão verões e eu sei que nunca vou me esquecer dessa aquisição de R$ 247,45, dividida em 4x sem juros no cartão.

Anterior Espetáculo Cidade Sem Palavras da Trupe Trabalhe Essa Ideia
Próximo Evento gratuito para aprimoramento profissional no Conjunto