Recluso – Oficinas Verso


Museu Correios de Brasília apresenta mostra panorâmica da obra de um dos artistas visuais mais prolíficos da capital federal. Na programação, oficinas e encontros com críticos e historiadores da arte. A exposição irá gerar um catálogo com as obras do artista

No próximo dia 5 de outubro, às 19h, o Museu Correios de Brasília realiza a mostra individual Recluso – Oficinas Verso, do artista visual Ralph Gehre. Ocupando os Pisos 3 e 4 do edifício, a exposição apresentará ao público um panorama da produção artística de Gehre a partir dos anos 1980, quando o artista começou a expor. Compõem a mostra cerca de 70 trabalhos inéditos e pertencentes a coleções privadas que apresentam as mais variadas facetas do artista nos mais diversos suportes e técnicas – desenho, fotografia, pintura, objetos e livros do artista. Ao longo do período da mostra, serão realizadas oficinas e encontros com críticos e historiadores da arte abertos ao público.

Em cartaz no Museu Correio de Brasília, de 6 de outubro a 27 de novembro, a mostra Recluso – Oficinas Verso tem visitação de terça a sexta, das 10h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 12h às 18h. A entrada é gratuita e livre para todos os públicos. A participação dos encontros com críticos e historiadores da arte e das oficinas também é gratuita e livre. O Museu Correios fica no Setor Comercial Sul, Quadra 4, Bloco A, Edifício Apolo, Asa Sul, Brasília-DF.

Na mostra Recluso, o público poderá ver um panorama dessa vivência, seus desdobramentos e como isso influenciou na produção artística de Ralph Gehre. As obras que participam da exposição serão fotografadas e registradas. Junto com textos críticos produzidos por curadores e historiadores da arte, as obras serão apresentadas em um catálogo a ser lançado ao final da mostra. A exposição das obras ocupará o quarto andar do Museu Correios de Brasília.

Programação paralela

Como parte da mostra, no terceiro andar do Museu, as oficinas Verso acontecerão semanalmente, abordando diversos aspectos das artes visuais como conservação, restauração, iluminação e fotografia, entre outros. Os encontros com críticos e historiadores da arte também acontecem uma vez por semana e abordarão questões referente à obra de Ralph Ghere e de sua inserção no cenário da arte contemporânea. A programação dos eventos paralelos estará disponível no Facebook da mostra, com os conteúdos e os horários de realização. A entrada é gratuita, mas sujeita à limitação de vagas por encontro.

Sobre Ralph Gehre

Artista e curador, Ralph Gehre tem sua trajetória profissional intimamente ligada às artes visuais de Brasília. Nascido no Mato Grosso do Sul e radicado em Brasília desde 1962, Gehre faz parte da geração de artistas que conviveu e aprendeu com nomes como Athos Bulcão e Rubem Valentim que, segundo o artista, lhe deram o privilégio de forma especialmente generosa, permitindo exercer sua curiosidade sobre os processos e o acompanharam em diversos momentos, visitando seu atelier e suas exposições.

Formado em arquitetura pela Universidade de Brasília, iniciou sua carreira de artista plástico em 1980, com individual na Galeria B da Fundação Cultural do DF. Tem por formação Desenho e Plástica e Arquitetura e Urbanismo, ambos cursados na UnB no período entre 1972 e 1980. Utiliza diversas mídias gráficas, além da pintura e da fotografia, mas considera o desenho base de trabalho.

Trata de questões relativas à construção do processo de leitura, situando sua pesquisa na relação entre a imagem e a palavra. Participação do stand da Referência Galeria de Arte na SP-Arte Brasília, teve sua obra adquirida para o acervo do Museu Nacional da República, em 2014. Participou da Coletiva Coleções Museu da República, Brasília; Coletiva itinerante Triangulações, Museu da República-DF, Bahia e Pernambuco; Coletiva OBRANOME, galeria do Mosteiro de Alcobaça, Portugal. Foi membro do júri dos prêmios TRANSBORDA Brasília – Prêmio de Arte Contemporânea 2015 e FUNARTE. “O que eu tento fazer agora é devolver essa dedicação, acompanhando as novas levas, com o mesmo interesse”, afirma Gehre.

Realizada pela Referência Galeria de Arte, a mostra Recluso – Oficinas Verso, de Ralph Gehre tem patrocínio dos Correios, com produção da Mira Produção e Arte.

Serviço

Recluso – Oficinas Verso
De Ralph Gehre
Mostra panorâmica da produção do artista a partir dos anos 1980
Realização: Referência Galeria de Arte
Patrocínio: Correios
Abertura: 5 de outubro, às 19h

Local: Museu Correios
Setor Comercial Sul, Quadra 4, Bloco A
Edifício Apolo, Asa Sul, Brasília (DF)
Telefone: (61) 3213-5076
Em cartaz até: 27 de novembro
Visitação: De terça a sexta, das 10h às 19h
Sábados, domingos e feriados, das 12h às 18h

Anterior Festival Palhaças do Mundo
Próximo Vãos, ensaios para uma utopia mutável