Show de lançamento do DVD do Quarteto dia 26, às 18h, no Teatro Carlos Galvão, na Escola de Música de Brasília. Entrada franca

A amizade foi o ponto de partida para a gravação do primeiro DVD do quarteto Espaço ao Tempo, formado por Paulo André Tavares (violão), Oswaldo Amorim (contrabaixo), Daniel Baker (piano) e Paulo Marques (bateria).

O trabalho homônimo é um legítimo e sincero retrato sonoro de 22 anos de história e sintonia desses quatro músicos e amigos pelos anos que trabalharam juntos, dividindo palcos, estúdios e, também, suas vidas.

Para celebrar o lançamento do DVD, o quarteto se apresenta no dia 26 de setembro, às 18h, no Teatro Carlos Galvão da Escola de Música de Brasília, em uma formação um pouco diferente: no lugar de Paulo Marques, quem se apresenta é o baterista Deniel Moraes. O show será livre para os todos os públicos, com entrada franca.

O DVD Espaço ao Tempo foi gravado no CTJ Hall, da Casa Thomas Jefferson, em 2016, e traz um trabalho de alta qualidade musical, reunindo músicos de maior importância na cena musical do Distrito Federal.

As composições nitidamente demonstram uma cumplicidade que vai além da parte musical: entra na vivência das histórias de vida, do carinho de um pelo outro, do querer bem. “Quem ouve é tocado não só pela música, mas pela energia em que foi feito esse trabalho e pela alegria de estarmos tocando juntos, desde o início da década de 90”, define o contrabaixista Oswaldo Amorim.

O álbum traz 12 faixas totalmente autorais, compostas por cada integrante em épocas diferentes, nessas duas décadas. São composições do violonista e guitarrista Paulo André Tavares, do pianista Daniel Baker, e do contrabaixista Oswaldo Amorim, intercaladas.

O DVD transparece as influências de cada um dos músicos do quarteto, resultando numa riqueza de estilos como: baião, bossa nova, samba, pop, rock, jazz, balada e maracatu. “Optamos por contrastar os estilos que vão se complementando no decorrer do disco”, salienta Oswaldo Amorim.

Os arranjos, em sua maioria, são coletivos, onde cada integrante contribuiu com sua bagagem e musicalidade. A gravação do DVD foi feita à moda antiga, todas as músicas tocadas ao vivo, sem overdubs. “Fizemos em média três takes de cada música e escolhemos as melhores. Paulo André gravou as guitarras, Baker o belíssimo piano da Casa Thomas Jefferson (talvez o melhor de Brasília), além dos teclados, Paulo Marques a bateria e instrumentos de percussão e eu no baixo acústico, elétrico e fretless. Ou seja, está muito rico em termo de timbres, apesar de ter somente quatro instrumentistas”, destaca Oswaldo.

A composição que abre o álbum chama-se “Doze de Maio”, um belíssimo baião composto pelo pianista Daniel Baker. Há uma música, entretanto, que simboliza bastante a época em que o quarteto começou a tocar, no início dos anos 1990. A composição chama-se “Kid Tombo”, feita por Paulo André e inspirada no filho, que não parava quieto e vivia se machucando.

A música foi gravada pelo duo no disco “Na Estrada”, em 2008, e, agora, para o DVD, foi regravada pelo quarteto. “É a composição mais antiga de todas “, ressalta Oswaldo Amorim.

Além das músicas, o DVD Espaço ao Tempo conta com trechos de entrevistas com o quarteto relatando como começaram a tocar juntos e como esse trabalho evoluiu através de duas décadas, até chegar à formação atual.

Quarteto Espaço ao Tempo
Quarteto Espaço ao Tempo lança DVD | Foto: Divulgação

Trajetória

O quarteto se conheceu em 1992, na Escola de Música de Brasília. Na época Oswaldo Amorim e Daniel Baker eram alunos e Paulo André Tavares, conhecido como PA, e Paulo Marques, professores. O encontro desses músicos se deu em um show, realizado em 1996, com formação inédita de guitarra baixo elétrico, bateria e teclado – o primeiro daquele tradicional Clube do Choro e o debut do quarteto como solistas fora da Escola de Música.

A sintonia foi tamanha que o trabalho ganhou corpo e resolveram fazer um disco. Gravaram seis músicas, mas “elas se perderam no tempo”, lamenta Oswaldo Amorim.

Quem era aluno tornou-se professor e a vida foi passando para cada integrante. Oswaldo Amorim e PA foram morar em Nova Iorque por quatro anos. Tocaram juntos nos EUA, Rússia, Ucrânia e Equador.

Ao retornarem formaram o duo Na Estrada, onde gravaram um CD homônimo. Em 2010, o quarteto voltou a se apresentar e, em 2012, gravou o primeiro disco, que nunca foi lançado.

Todo esse trabalho represado pelo espaço de tempo entre o primeiro show, passando pelas gravações do primeiro disco, até a conclusão do DVD, inspirou o nome do quarteto: Espaço ao Tempo, a representação de um projeto que iniciou em 1996 e culminou com a gravação do DVD homônimo. “Depois de um disco gravado – e não lançado -, finalmente, a gente fecha o ciclo”, disse Oswaldo Amorim.

Show de lançamento

DVD Espaço ao Tempo
26/09 (quarta-feira), às 18h
Teatro Carlos Galvão da Escola de Música de Brasília
Livre para os todos os públicos
Entrada franca
Mais informações: espacoaotempo.com.br

Anterior Estreia do projeto Jazzing agita a noite brasiliense
Próximo Pier 21 promove mais uma edição do “Desafio do Saque”