Quarta Dimensão em março


Projeto leva música autoral e independente para o centro de Brasília, Quarta Dimensão já conta com programação para todo o mês de março, no Teatro Dulcina SDS

O Teatro Dulcina, no Setor de Diversões Sul (SDS), passou a ser espaço para bandas independentes com o projeto Quarta Dimensão – Frequências Autorais. Os shows são realizados com o formato colaborativo Quanto Vale o Show, e com ele o público escolhe o quanto contribuir: R$5, 10, 20 ou 50. A cada edição semanal, músicos brasileiros e estrangeiros sobem ao palco do teatro para se apresentarem em caráter experimental.

A proposta é valorizar artistas que fazem trabalho autoral, do Distrito Federal, de Goiás, além de convidados de outras regiões e países. O projeto faz parte do projeto coletivo de revitalização do Teatro Dulcina, da Faculdade de Artes Dulcina de Moraes e do Setor de Diversões Sul. O objetivo é reforçar a identidade do local como pólo criativo e de circulação cultural. As apresentações começam às 20h e têm previsão de término às 23h.

Veja abaixo a programação completa

Dia 9
Na segunda edição, os brasilienses conferem a fusão de dois projetos musicais da cidade, o Vai Tomar no Cover, formado pelas bandas Movni, Lista de Lily e The EgoRaptors, e o Surf’n Burguer, realizado pela Chezz Records, que vai levar para o Teatro Dulcina a Camarones Orquestra Guitarrística, de Natal (RN), banda de rock instrumental que mistura elementos de surf music, ska e pop.
Formada por Tynkato (guitarra e vocais), Lucas Tufas (baixo e vocais), Danilo Abreu (bateria) e Adolfo (synths e vocais), a Lista de Lily é uma legítima banda brasiliense, que compõe músicas experimentais que revelam uma mistura sólida das influências do folk rock e da psicodelia. Tynkato também é guitarrista do power trio The EgoRaptors, integrado ainda pelo baterista Brenda Lively e pelo baixista Dolfits.

Dia 16
No dia 16, estarão no palco o projeto Joe Silhueta, criado pelo músico de Brasília Guilherme Cobelo. O som mistura folk uma sonoridade da música brasileira dos anos 70, com elementos tropicalistas. A outra atração da noite é o Rios Voadores, que mistura psicodelia, rock e tropicalismo numa sonoridade contemporânea. Na formação, Gaivota Naves (vocal), Marcelo Moura (guitarra), Tarso Cardoso (teclado), Hélio Miranda (bateria) e Beto Ramos (baixo).

Dia 23
O cantor Dillo é uma das atrações no dia 23. Elementos de brasilidade regem o artista. Música brasileira de raiz, como samba e o baião. É conhecido por sua guitarra e já integrou vários projetos na capital. Além dele, quem também estará no palco é o Bilis Negra, formado pelos irmãos Breno Brites (guitarra, voz) e Bruno Prieto (bateria). No combinado sonoro do duo tem rock, blues e punk.

Dia 30
A noite do dia 30 será dedicada ao reggae, sob o comando do músico Felipe Souljah, que é guitarrista, tecladista, cantor e um difusor da cultura rastafari em Brasília. Na última noite de março do Quarta Dimensão, ele convida artistas para dividir o palco.

Serviço

O quê: Quarta Dimensão: Frequências Autorais
Quando: Dias 9, 16, 23 e 30 de março de 2016, às 20h.
Onde: Teatro Dulcina – Conic, Setor de Diversões Sul (SDS)
Quanto: A partir de R$ 5 (Cada um escolhe pagar R$ 5, 10, 20 ou 50)
Mais informações: (61) 8417-6112

Anterior Aprecie delícias árabes em casa
Próximo Clima de cabaré agita Brasília