Não é sempre que se encontra um treinamento para atores mirins. Responsáveis por selecionar atores e figurantes para campanhas publicitárias e filmes, a Guinada Produções investe agora num curso para jovens com ou sem experiência. Vale a pena!

Se você é ator ou figurante em Brasília, certamente já participou de algum casting realizado pela Guinada Produções. Eu mesmo fiz vários. Em alguns, não passei (e é super estranho ver um outro ator no ar dando a fala que você).

A Guinada Produções está há 15 anos no mercado brasiliense e, além de assinar produções de teatro da capital, é responsável pela seleção de elenco de muitos produtos audiovisuais gravados no DF, como os especiais de fim de ano da Globo: “Fuga de Natal”, “Meio Expediente” e “Amor ao Quadrado”. Atualmente, está sendo exibida pela TV Brasil o seriado “Crias de Dulcina”, com elenco da produtora. No cinema, a Guinada também coloca sua marca em curtas e longas rodados no Centro-Oeste, com destaque para “O último cine drive-in”, que está disponível no catálogo da Netflix.

Produção Cultural 44

Agora, em 2020, a produtora vai direcionar e preparar os atores de 8 a 14 anos de Brasília para o mercado de trabalho. O objetivo do curso é treinar e capacitar atores mirins, com ou sem experiência, para interpretação no cinema e publicidade, esclarecendo algumas especificidades do meio e preparando-os para o trabalho de atuação em testes e sets de filmagem.

Um dos produtos que gravei com a Guinada Produções foi a série 100% Seguro, do SESI. Um programa de 50 episódios que demorou longos 18 meses de gravação. Funcionou assim…

Eu tinha feito um teste para um comercial de coleta seletiva no DF. Não passei. Algumas semanas depois, Guilherme Angelim, um dos sócios da Guinada, me ligou e falou sobre o teste pra um programa longo e perguntou se eu tinha disposição para seis meses de viagens. Topei. No set, vários atores que eu admiro, tanto de Brasília quanto de outros estados do país. Foi um teste complexo, desses que a gente tem que acompanhar a câmera com a máxima naturalidade, como num telejornal. Dias depois me ligou novamente perguntando se eu tinha restrições quanto a trabalhos subterrâneos. Não entendi bem, até que percebi que o programa seria gravado em diversas mineradoras em quatro regiões do Brasil. Aceitei, me agenciei com a Guinada pelo período de gravação e viajei como nunca nessa vida. Sério… acho que foram mais de 50 check in’s e check out’s ao longo do programa. Em cada cidade, cerca de duas semanas de gravação. Quem negociou meu cachê, minhas diárias e benefícios foi a própria Guinada. A minha função era decorar 12 páginas por dia e gravar e gravar e gravar. E como gravei! O programa começou a ser rodado em 2014 e minha última participação na série foi em 2016. Obviamente, com o contrato renovado algumas vezes, não precisei me preocupar com a parte jurídica.

O programa foi lançado em 2017 e juro… é tanto episódio que até hoje não consegui assistir a todos. Um trabalho de primeira linha, desde o casting até o produto exibido no ar. Outros trabalho que fiz pela Guinada foram um espetáculo teatral e uma campanha de um banco grande. Dessa vez, tive mais contato com outra produtora da Guinada: a Nathalie Amaral, que cuidou de tudo pra que eu fosse bem tratado, do teste até o recebimento do cachê.

Produção Cultural 44

Essa é a rotina dos atores. Nós confiamos às agencias e aos agentes o nosso trabalho e eles nos representam perante os clientes e as produtoras de vídeo contratantes. A relação de confiança e a necessidade de parceria fazem toda a diferença num trabalho profissional.

Por que eu disse tudo isso?

Porque passar em teste é muito bom, mas não passar nos testes é ótimo também. Aos poucos, nós, que somos atores, passamos a entender melhor os motivos pelos quais não passamos. É um exercício contínuo. De tanto fazer teste nessa vida, hoje eu consigo saber exatamente quando vou mal na hora da seleção, quando meu perfil, de fato, não é o que o produto busca e quando tenho chances grandes de ser um dos escolhidos. É um know how que a gente vai tendo. E tem uma coisa que também é muito importante… Participar de castings e saber que a agência ou os agentes confiam em nosso trabalho é algo muito gratificante. Uma hora a gente é o selecionado da vez. Sortudos são os que começam a entender isso desde cedo

Desde cedo?

Sim… desde cedo! A Guinada produções está abrindo um curso super limitado para crianças e adolescentes de 8 a 14 anos. É que eu não sou pai, mas se eu fosse e se meu filho ou filha tivessem inclinação pra interpretação, eu colocaria no curso sem pensar duas vezes. Pense comigo… Eu passei a ter contato com sets de gravação aos 18 anos. Se eu começasse 10 anos antes, teria aprendido tudo muito mais e isso naturalmente reverberaria em minha carreira. O curso é limitado a poucos participantes para que cada um possa ter mais tempo de trabalho com os ministrantes da Guinada. Aliás… você sabe porque a Guinada se chama Guinada?

Além de propor uma GUINADA na carreira, o nome é uma coincidência do encontro de três sócios artistas-produtores:

GUI-lherme Angelim
NA-thalie Amaral
DA-niela Vasconcelos

Guilherme Angelim é produtor e ator há 16 anos. Bacharel em Artes Cênicas, realizou a coordenação de produção e/ou produção executiva de mais de 25 espetáculos que circularam por Brasília, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, Porto Alegre e Florianópolis. Em cinema, realizou a produção de elenco de 15 longas, dezenas de curtas-metragens, séries, telefilmes e filmes publicitários.

Nathalie Amaral é jornalista, formada pelo Instituto de Educação de Brasília (IESB) e vem atuando na área de produção cultural desde 2005. Sócia administrativa na empresa Guinada Produções, realiza trabalhos culturais e sociais nas áreas de teatro, cinema, shows, produções em geral, assessoria e eventos.

Daniela Vasconcelos é atriz, produtora e preparadora de elenco. Formada em Artes Cênicas pela Faculdade de Artes Dulcina de Moraes e Assistência de direção em Cinema e TV pela Academia Internacional de Cinema, possui uma longa estrada em produções culturais e em audiovisual. Em cinema, realizou a produção de elenco de 15 longas, dezenas de curtas-metragens, séries, telefilmes e filmes publicitários.

Time de primeira, não é? Se você é adolescente ou responsável por uma criança ou um adolescente, segue abaixo um pouco do que vai acontecer no curso da Guinada:

-Abordagem do trabalho do produtor de elenco e do agente.
-Dicas fundamentais para testes de elenco
-A importância do material de divulgação do ator (fotos e vídeos)
-Os diferentes tipo de atuação
-O que vestir, como se maquiar e se portar em um teste/Set
-Simulação de testes de elenco
-Como analisar e entender contratos de imagem.
-Gravação de cena dirigida e comentada
-Avaliação de cada teste
-Seleção e escolha de textos para o trabalho individual
-Mini sessão de fotos
-Consultoria e preparação individual

Os participantes, ainda contarão com a gravação de uma cena de vídeo em formato para internet, três fotos em formato digital e certificado de participação.

CURSO DE INTERPRETAÇÃO DA GUINADA PRODUÇÕES

Período: De 07/03 a 04/04 (sempre aos sábados. Filmagens de cena no domingo-Dia todo)
Horário: 09h às 12h
Local: Lago Norte
Ministrantes: Guilherme Angelim, Nathalie Amaral e Daniela Vasconcelos
Investimento: R$ 400,00
Formas de pagamento: à vista ou uma entrada de R$210 à vista e outra de R$210 no cartão de crédito
As vagas são limitadas e os interessados devem procurar a Guinada Produções em seus canais de comunicação:

e-mail: contato@guinadaproducoes.com.br
Instagram: https://www.instagram.com/guinada_producoes/
Facebook: https://www.facebook.com/producoesguinada/

Inscrições: https://forms.gle/45X721t3WyKfAgL59

Anterior Que tal aprender uma receita de galinhada da Água Doce
Próximo INEZITA, primeira exibição da TV Cultura dia 4 de março