Iniciativa de As Desempregadas reúne em Pedaços de Maria elementos do teatro, circo e música para falar de sentimentos como medo, frustração, coragem e liberdade. Sessões gratuitas com intérprete de libras

Teatro, circo e música. Estes são os elementos que juntos compõem Pedaços de Maria, novo espetáculo que nasce da iniciativa de “As Desempregadas”, que estreou em março e faz suas últimas apresentações gratuitas nesta semana, nos dias 15 e 17 de abril. Primeiro trabalho solo da multiartista Maria Tavares, Pedaços de Maria propõe uma brincadeira cênica que reúne elementos das diversas linguagens artísticas para tratar, de maneira leve e divertida, de sentimentos inerentes à condição humana: frustração e realização, medo e coragem, vergonha e liberdade, angústia e alento.

Pedaços de Maria está sendo apresentado nas cidades de Itapoã, Varjão, Paranoá, São Sebastião e Jardim Botânico, sendo 2 apresentações em cada, totalizando 10 sessões gratuitas e que contarão com Intérprete de Libras.

Parte do projeto Pedaços de Maria, que promoveu as Oficinas “Expressão Vocal” e “Processos Criativos Femininos” para mulheres moradoras da RA de São Sebastião, o espetáculo se inspira nas experiências compartilhadas por essas mulheres, as tantas “Marias” que lutam, brincam, choram, riem, amam, criam seus filhos, cozinham, trabalham, cantam, confessam dores e amores.

A partir também de um processo criativo que ressignifica suas vivências pessoais aliadas às suas experiências artísticas, Maria Tavares traz à cena a voz do feminino com sutileza, força e magnetismo próprios de “Maria” – aquela que guarda em si diversas mulheres em uma só. “São pedaços de maria, são pedaços meus que são pedaços seus e são pedaços nossos! São mulheres, são histórias, são memórias que se cruzam, nos aproximam e nos humanizam”, explica Maria Tavares.

Identificando, reconhecendo, acolhendo e juntando cada pedaço de si, a artista apresenta uma arte humanizada, onde o riso e o choro aproximam artista e público, quando mulheres e homens se reconhecem e se identificam a partir de situações e sentimentos muito íntimos e ao mesmo tempo tão universais que o espetáculo propõe.

A trilha sonora é composta por músicas de autoria da artista e executada ao vivo, contando também com canções incidentais de domínio público. Dirigido por Anasha Gelli (que ministrou a Oficina Processos Criativos Feminino), Pedaços de Maria conta com a participação de Rudah Vieira, filho de Maria Tavares, como cenotécnico e operador de som. A preparação vocal foi conduzida pela artista Shaira Ribeiro, ministrante da Oficina Expressão Vocal.

Pedaços de Maria é uma iniciativa de “As Desempregadas”, que realiza projetos de arte educação com mulheres de comunidades. O projeto é realizado com o apoio do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal – FAC/DF.

Sobre Maria Tavares e a iniciativa “As Desempregadas”

Maria Tavares é coordenadora e artista educadora da iniciativa “As Desempregadas”, que nasceu do reconhecimento de potências e habilidades para o trilhar da gestão de autonomia.

Em 2015 foram oficialmente batizadas de “As Desempregadas” pelo Mestre de arte de rua e palhaçaria Mandioca Frita, grande amigo de Maria.

Em 2017 nasceu o espetáculo “As Desempregadas”, que traz como temática: o trabalho, emprego/desemprego, o feminino, a amizade.

O espetáculo circulou pelo DF e GO, e emocionou por onde passou sendo indicado para concorrer ao Prêmio Sesc do Teatro Candango na categoria de melhor espetáculo de rua.

De lá pra cá, “As Desempregadas” vem realizando diversos projetos culturais em Arte, Educação e Formação, propondo a partilha de experiências e de vivências pessoais e coletivas entre mulheres diversas. As ações desenvolvidas incentivam a fruição e a criação artística, a independência financeira, o empoderamento, a autogestão e a autonomia sobre o corpo, saberes e potencialidades. Desempregadas são artistas, mães, costureiras, mães de santo, lavadeiras, cozinheiras, faxineiras.

E agora, vivenciamos o projeto de criação e montagem do espetáculo solo “Pedaços de Maria”.

Ficha Técnica:

Coordenação Geral e Atriz-criadora: Maria Tavares
Gestão e Coordenação de Produção: Mariana Baeta
Direção: Anasha Gelli
Cenário: Anasha Gelli, Maria Tavares e Gabriel Eckmam
Cenotécnico e operador de som: Rudah Vieira
Produção executiva: Francisco Pessanha
Fotos e vídeos: Tatiana Reis/Gabriela Pires – Ocreimagem
Artes gráficas: Miguel Haru
Comunicação: Ana Amábile
Preparação vocal e ministrante da Oficina “Expressão Vocal”: Shaira Ribeiro
Ministrante da Oficina “Processos Criativos Femininos”: Anasha Gelli
Assistentes de Produção: Luérgio de Souza e Bruna Luiza
Realização: As Desempregadas
Apoio: IFB – Campus São Sebastião, Ponto de Cultura Palco, Casa Luar, CPS do Jardim Botânico, CEDEP – Centro de Cultura e Desenvolvimento do Paranoá, Colégio Zilda Arns Itapoã, Ateliê Umbigo de Eros, Movimento Marias em Conexão
Projeto realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal

Serviço

Pedaços de Maria
Com Maria Tavares, da iniciativa “As Desempregadas”
Últimas apresentações

15/04 – Espaço Palco Varjão – 16h30 e 19h30 (Sessão aberta ao público)
Palco Comparsaria Primeira de Talentos РVarj̣o
QUADRA 04 CONJUNTO C CHACARA 27
Atrás da Creche Tia Angelina

17/04 – Centro de Ensino Médio 01 do Paranoá (Sessão fechada para escola)Local: CEDEP – Centro de Cultura e Desenvolvimento do Paranoá, Q, Q 9 Conjunto D e, 9 – Paranoá