Quer apreciar da gastronomia do Pippo Restaurante em sua casa? O ilustre Pappardelle Alla Dolce Vita elaborado com ingredientes frescos e colhidos diretamente de sua própria horta.

O Pippo Restaurante ocupa uma das esquinas do conjunto de casarões que abriga a Pousada do Sandi, ícone de elegância e hospitalidade, que em 2020 celebra 30 anos de história em Paraty. O ambiente é inspirado nos anos 60 e no cinema da época, em meio às fotografias em preto-e-branco do famoso paparazzo Marcello Geppeto.

Confira a seguir o passo a passo:

Ingredientes:

Massa:

100 gramas de mistura importada de farinha de trigo
1 ovo caipira
4 flores de abobrinha
Uma colher de chá de azeite

Molho:

150 gramas de abobrinha cortada em pedaços pequenos
1 dente de alho cortado em 4 pedacinhos
Uma pitada de sal e pimenta do reino
Azeite
Nós moscada ralada
Pesto de manjericão
20 gramas de granella de pistache
Parmesão

Modo de preparo:

Massa:

Misturar com as mãos durante 15 minutos e deixar descansar por 2 horas na geladeira
Depois, passar na máquina de 5 mm até chegar a 1mm de espessura. Cortar cada pappardella em 20 cm

Molho:

Em uma frigideira antiaderente coloque a abobrinha cortada com o dente de alho.
Acrescente a pimenta do reino, o sal, o azeite e a noz moscada
Quando a abobrinha ficar molinha, juntar uma colher de sopa bem cheia de manjericão e cerca de 20 gramas de granella de pistache
Cozinhar a Pappardella em água abundante e sal
Juntar a massa com o molho, mantecar por 1 minuto
Sirva quente e salpicado com parmesão
Rendimento: Serve 1 pessoa

Sobre a Pousada do Sandi

O casarão do século XVIII que abriga a Pousada do Sandi já foi a Casa da Moeda, durante o ciclo do ouro, e a primeira escola de Paraty. A construção colonial estava abandonada, em meados dos anos 80, quando o empresário Alexandre Adamiu se apaixonou por sua esposa, Sandra Foz, e também pela cidade que ela amava.

Grande empresário do cinema, presidente da Paris Filmes, Alexandre era também um visionário. Conta-se que foi em uma noite alegre, entre amigos, pelos bares da cidade, que ele decidiu arrematar o casarão, que reúne um conjunto de seis casarões, em uma esquina, no coração do Centro Histórico. Depois de uma longa reforma, ele presenteou Sandra com a Pousada do Sandi, perto de 1990. A pousada foi batizada em homenagem ao filho único do casal.

A Pousada do Sandi já nasceu como uma estrela. Alexandre teve ainda a ideia incluir um anúncio da pousada nas fitas VHS distribuídas pela Paris Filmes. Foi um sucesso. A Pousada do Sandi logo se tornou uma referência no imaginário dos brasileiros. Há dez anos, o próprio Sandi e sua mãe, Sandra, assumiram a administração da pousada, conservando a tradição do bem receber e a vontade de inovar e se renovar, sempre.

Anterior Receita fácil de Bolo de Banana caramelizada
Próximo A artista plástica Milena Juliano lança série Borboletas