A chef Otávia Cabral é a indicada para a competição realizada em Março em Teresina, Piauí, chamado de Prêmio Nacional Dólmã. Ela representa o Distrito Federal após ter conquistado, em dezembro de 2019 o Enchefs (evento realizado em diversas cidades do País para valorizar as respectivas gastronomias locais).

O concurso realizado em Brasília, premiou os melhores criadores de pratos na categoria Profissionais. “É um momento único poder mostrar minha vocação no segmento da gastronomia, ainda mais representando o Distrito Federal com mais dois colegas super competentes”, destaca.

Ela conta que sua relação com a gastronomia iniciou desde a infância, através da sua avó cozinhando na fazenda no fogão de lenha. “Aprendi a confecção de queijos, linguiças, cura e o cultivo de muitas hortaliças na horta, além do cultivo de milho, mandioca, banana, laranja, pequi, tudo que um goiano gosta!”, lembra.

A Chef diz que é apaixonada pela cozinha quente, ou seja, fazer pratos bem elaborados e saborosos (entrada, almoço e jantar). Ela tem as produções que esbaldam elogios. “Todos dos tipos de carne, me esbaldo nos acompanhamentos. Modéstia parte minhas comidas são bem elogiadas”.

Bastante experiente em participar de competições de gastronomia, Otávia Cabral revela que fez um prato campeão em duas competições, é a famosa banana marmelo recheada com carne de porco. “Um prato com ingredientes do campo com um sabor incrível, uma explosão de sabores”, completa.

Anterior Ela volta a Brasília com Fernanda Gentil Sem Cerimônia
Próximo Bla’s traz regionalidade para o Menu Estilo do Restaurant Week