Faixa pertence ao álbum de estréia do artista, que será lançado essa sexta-feira

Nesta sexta-feira (14 de agosto), o artista do sul de Londres, Oscar Jerome, lançará seu tão aguardado álbum de estreia, Breathe Deep, e em antecipação ele compartilha “Timeless”, um dueto com Lianne La Havas que também inclui instrumentação de amigos do Ezra Collective, Sons of Kemet e a outra banda de Oscar, Kokoroko. “Timeless” é a última faixa a ser tirada de Breathe Deep, lançado pela Caroline International. Você pode ouvir “Timeless” aqui: https://oscarjerome.lnk.to/TimelessWE

Oscar também anunciou um show ao vivo virtual com a banda completa em 18 de agosto para comemorar o lançamento de Breathe Deep. Filmado no espaço comunitário The Room do sul de Londres (criado pelos colaboradores frequentes Wu-Lu e Kwake Bass) e apresentando convidados especiais, perguntas e respostas e rifas de prêmios, o evento é oferecido em apoio à Fairbeats, uma instituição de caridade musical que trabalha com jovens refugiados e requerentes de asilo, migrantes recém-chegados e suas famílias. Aqueles que fizerem uma doação entrarão em um sorteio de caridade para ganhar merch exclusivo, incluindo cópias assinadas, bem como alguns prêmios raros do arquivo de Oscar Jerome. Mais informações e ingressos podem ser encontrados aqui: https://shops.ticketmasterpartners.com/oscar-jerome

“Timeless” apresenta a guitarra de toque suave de Oscar e vocais indo e voltando com as harmonias sublimes de Lianne La Havas. À medida que a música cresce, camadas de instrumentação exuberante com influências de jazz são introduzidas peça por peça. Seja a seção de metais cortesia de Dylan Jones do Ezra Collective e Richie Seivwright de Kokoroko, ou a magia de percussão entregue por Tom Skinner de Crispin Spry e Sons of Kemet. Oscar comenta a faixa: “Eu escrevi essa música para meu pai. É sobre ver alguém que você ama como uma constante por toda a sua vida, não apenas quem eles são agora. Tive o privilégio de ter a lendária Lianne La Havas cantar nessa música. Ela fez tudo que eu esperava e muito mais. Ela tem sido muito boa para mim nos últimos anos e eu a aprecio muito.”

Falando sobre o seu tão aguardado álbum de estréia, Oscar diz: “Breathe Deep é uma apresentação bastante ampla de quem eu sou musicalmente e minha jornada para chegar a esse ponto. No nível pessoal, é um reflexo do esforço realizado durante esse caminho de auto-aperfeiçoamento, tanto emocionalmente quanto na vida de maneira mais ampla. É sobre se preparar para o fracasso e crescer a partir disso. Dedique um momento para dar um passo atrás e ver para onde as coisas estão indo e onde estivermos. Ele também aborda a resiliência das pessoas, o que se reflete nos momentos mais políticos do álbum. O mundo é um lugar bagunçado, mas as pessoas ainda encontram maneiras de se preparar para isso.”

OSCAR JEROME LINKS
Facebook

Anterior VOLTA AO MUNDO EM 212 FILMES DE 46 PAÍSES
Próximo Ficção existencial: a busca pelo significado