AQUI TEM DIVERSÃO

Os Ímpares, a série segue em junho e julho no canal Curta!

Tulipa Ruiz | Foto: Divulgação

Sucesso na programação do Curta!, a série “Os Ímpares” segue em exibição até o início de julho, relembrando discos e canções que a indústria fonográfica deixou de lado na época em que foram lançadas, por volta da década de 1970.

Com releituras e performance de artistas contemporâneos da música brasileira, destacam-se nomes como Teresa Cristina, BNegão, Tulipa Ruiz e Ava Rocha que dão outra roupagem para canções de artistas como Marku Ribas, Jorge Mautner e Sergio Sampaio. Em cada episódio, um encontro musical diferente e emocionante entre os músicos mais jovens e, por vezes, com os homenageados.

Com direção de Henrique Alqualo e Isis Mello, com direção musical de Berna Ceppas, produção musical de Felipe Pinaud e realização da Lunar Multimídia e da Moa Filmes, a série “Os Ímpares” foi viabilizada pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual. Os episódios vão ao ar na Segunda da Música, às 21h, e em horários alternativos ao longo do restante da semana.

Confira a sinopse dos episódios de junho e julho:

Segunda da Música – 07/06

21h – “Os Ímpares: Marku Ribas – Teresa Cristina e Bnegão”
No episódio a cantora Teresa Cristina relê “Tira Teima” do álbum “Underground” de Marku Ribas. Bnegão reinterpreta Zamba Ben. Cesare Benvenuti, diretor artístico do disco, vai ao estúdio e conta sobre Marku e todo o processo de gravação do trabalho. Diretor: Henrique Alqualo e Isis Mello Duração: 27 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 08 de junho, terça-feira, às 01h e às 15h; 09 de junho, quarta-feira, às 9h; 13 de junho, domingo, às 13h35.

Segunda da Música – 14/06

21h – “Sérgio Sampaio – Tulipa Ruiz e Negro Leo”
Tulipa Ruiz é a convidada do episódio para reler “Não Tenha Medo, Não” do álbum “Eu Quero É Botar Meu Bloco na Rua” de Sérgio Sampaio. Negro Leo faz sua versão para a faixa “Eu Quero É Botar Meu Bloco na Rua”. Renato Piau, grande amigo de Sérgio, visita a gravação e conta um pouco sobre a produção do disco e o contexto histórico da época. Diretor: Henrique Alqualo e Isis Mello Duração: 27 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 15 de junho, terça-feira, às 01h e às 15h; 16 de junho, quarta-feira, às 9h; 20 de junho, domingo, às 13h40.

Segunda da Música – 21/06

21h – “Os Ímpares: Jorge Mautner – Tono e Exército de Bebês”
A banda Exército de Bebês faz sua versão bem humorada da música “Encantador de Serpentes”. A banda Tono também é convidada e relê “Bomba de Estrelas”, faixa que dá nome ao álbum do compositor Jorge Mautner. Mautner relembra as músicas do disco e o estúdio recebe a visita de Robertinho do Recife, compositor de Encantador de Serpentes. Diretor: Henrique Alqualo e Isis Mello Duração: 27 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 22 de junho, terça-feira, às 01h e às 15h; 23 de junho, quarta-feira, às 9h; 27 de junho, domingo, às 13h40.

Segunda da Música – 28/06

21h – “Os Ímpares: Verocai – Letícia Novaes e Paraphernália”
Letícia Novaes é convidada para fazer sua versão de Caboclo. A banda “Paraphernália” regrava a instrumental “Karina”, do clássico álbum de Arthur Verocai. O disco foi redescoberto nos anos 2000 por artistas americanos. Carlos Dafé conta sobre a ida aos Estados Unidos em 2009 para uma regravação do álbum com uma orquestra de 30 músicos. Diretor: Henrique Alqualo e Isis Mello Duração: 27 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 29 de junho, terça-feira, às 01h e às 15h; 30 de junho, quarta-feira, às 9h; 4 de julho, domingo, às 13h40.

Segunda da Música – 05/07

21h – “Os Ímpares: As Bahias e A Cozinha Mineira e Ava Rocha”
As Bahias e A Cozinha Mineira criam uma nova versão para “Partir do Alto”, faixa do álbum “Revolver” de Walter Franco. Ava Rocha relê Revolver, canção que dá título ao disco. Walter fala sobre a produção do trabalho e as influências de sua obra. Diretor: Henrique Alqualo e Isis Mello Duração: 27 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 06 de julho, terça-feira, às 01h e às 15h; 07 de julho, quarta-feira, às 9h; 11 de julho, domingo, às 13h35.

Sobre o Grupo Curta!

O Grupo Curta! tem como missão a difusão de conteúdos audiovisuais relevantes nas áreas de artes e humanidades, sejam brasileiros ou estrangeiros, através da TV linear (canal CURTA!), de plataformas de streaming de operadoras de telecom e da internet. A curadoria de conteúdos é, portanto, o motor central do grupo e foi uma das que mais aprovaram projetos originais para financiamento da produção pelo Fundo Setorial do Audiovisual: já foram mais de 120 longas documentais e 800 episódios de 60 séries que chegam ao público em primeira mão através de suas janelas de exibição:

O canal Curta!, linear, está presente nas residências de mais de 10 milhões de assinantes de TV paga e pode ser visto nos canais 556 da NET / Claro TV, 75 da Oi TV e 664 da Vivo Fibra, além de em operadoras associadas à NeoTV;

O Curta!On, o novo clube de documentários do Curta!, no NOW da Claro/NET, conta com mais de 450 filmes e episódios de séries documentais, organizadas por temas de interesse como Música, Artes, MetaCinema, Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mitologia e Religião, Sociedade e Pensamento. Há também pastas especiais com novidades – que estreiam a cada mês –, conteúdos originais exclusivos, biografias, além de uma degustação para quem ainda não é assinante do serviço.

A Tamanduá TV, plataforma marketplace aberta para qualquer internauta, já reúne mais de quatro mil conteúdos. O usuário pode alugar filmes e séries específicos ou assinar de forma econômica um dos pacotes que contêm conteúdos segmentados por área de interesse: CineBR, CineDocs, CineEuro, CurtaEducação (para professores e estudantes do Ensino Médio e Enem), MetaCinema (para aficcionados e estudantes de Cinema), entre outros. Os pacotes CineBR, CineDocs e CineEuro são disponibilizados desde 2018 como serviço de valor agregado (SVA) para perto de oito milhões de assinantes de banda larga fixa (ISP) da operadora Claro, sem custo adicional.

As atividades do Grupo Curta! também promovem a geração de royalties para produtores audiovisuais independentes, com a exploração de seus direitos audiovisuais nas diferentes janelas de streaming. O pacotes Cines da Tamandua TV e do Curta!ON estão repassando anualmente mais de R$ 1,5 milhão de reais em royalties para os produtores dos conteúdos que difunde.

CLIQUE ABAIXO E ACESSE + CONTEÚDOS SOBRE
  #MÚSICA   #TEATRO&DANÇA   #GASTRONOMIANODF   #RECEITAS  
#ARTESVISUAIS   #FILMES   #SÉRIES   #TVABERTA&ASSINADA
 #LITERATURA   #TURISMO   #EVENTOS

SIGA E CURTA AS NOSSAS REDES SOCIAIS
  FACEBOOK/DIVERSAOAQUITEM   INSTAGRAM/DIVERSAOAQUITEM
TWITTER/DIVERSAOAQUITEM

Sair da versão mobile