As feiras apresentam lançamentos e tendências em decoração, presentes, utilidades domésticas, mobiliário, têxtil e artesanato

A empresária Simone Lima, representante da Objeto Casa, pôde presenciar na última semana duas das maiores feiras da América Latina, a 39ª Home & Gift e a 8ª Têxtil & Home. Os eventos são resultado do trabalho da ABUP (Associação Brasileira de empresas de Utilidades e Presentes). Com 187 expositores, as feiras expuseram este ano lançamentos e tendências em decoração, presentes, utilidades domésticas, mobiliário, têxtil e artesanato. “A Abup é uma das maiores feiras do seguimento no Brasil. Aproveitar a união de todos os fornecedores num só lugar é uma forma de trazer os lançamentos e o que há de mais atual para o mercado de Brasília” explica Simone Lima.

A proprietária da loja Objeto Casa destaca o que mais chamou a atenção dela foi a finalista do National Photographic Portrait Prize de 2018 (prêmio australiano de grande renome no mundo), Nicole Wells. A fotógrafa tem uma das mais belas coleções de fotografias expostas na feira. “Em termos de fotografia contemporânea, Wells encanta quem observa suas obras”, destaca. A premiada fotógrafa é assunto por onde passa, parte de seu trabalho tem sido divulgado pelo New York Times, no Head On Festival. O projeto é exibido na Austrália, Nova Zelândia, China e EUA.

Segundo a empresária, as feiras são oportunidades incríveis quanto se trata de encontrar produtos e obras de arte exclusivas. “Peças nacionais assinadas e importadas com um estilo único são a nossa grande aposta”, afirma. Somando ao grupo de artistas prediletos de Simone está também Yana Coelho. A artista tem destaque pelo notável trabalho realizado de maneira sustentável. Seus colares de mesa abrilhantam e trazem brasilidade sem igual ao ambiente.

Outro artista admirado no evento é Alberto Pretel, que evidencia inovação tanto em técnicas, quanto nos materiais que utiliza. O artista ganha o olhar de todos graças ao uso de madeira de reflorestamento e porcelana. Completa o grupo seleto Marcos de Sertânia, célebre por suas esculturas em madeira onde podem ser sentidas aflição, melancolia e dor produzidas pela seca nordestina. Os trabalhos mais conhecidos do artista são, sem dúvidas, as esculturas de cachorros representando “Baleia”, personagem do livro Vidas Secas de Graciliano Ramos.

Depois de tanta inspiração, Simone Lima deixa no ar a curiosidade do que vem por aí. Não há dúvidas de que a Objeto Casa disponibilizará peças de tirar o fôlego de qualquer um que aprecie decoração e arte.

Serviço

Objeto Casa
CLS 302, Bloco B, Loja 34 – Asa Sul, Brasília/DF
(61) 3321-0294

Anterior Feira Panela Candanga, durante quatro dias no casapark
Próximo A força que vem da periferia, em busca do sonho de ser atleta