As apresentações do NoPorn vão acontecer nos dias 13, 14 e 15 de Fevereiro e antecedem o lançamento do primeiro single do novo álbum da dupla

2021 começou, mas os shows ainda estão longe de voltar como eram antes. Trancados em casa há quase ano, Liana Padilha e Lucas Freire, duo a frente do NoPorn, montaram um projeto de apresentações online que terá início no período que seria o carnaval, oficialmente cancelado devido à pandemia. Com apoio do edital do PROAC LAB (Lei Aldir Blanc), nos dias 13, 14 e 15 de Fevereiro, a partir das 20h os shows vão acontecer com acesso gratuito pelo canal do youtube da dupla.

As apresentações vão transitar pela trajetória do NoPorn, sendo que dia 13 o line up conta com músicas do álbum de estreia intitulado NoPorn (2006), na data seguinte é a vez das canções de BOCA (2016) e, para fechar, dia 15, Liana e Lucas vão trazer faixas extras, entre singles e trilhas para campanhas de moda, como Corpo Palavra, feita para a Cacete Company e Shine Shine para Eduardo Caires.

Na sequência, dia 26, o NoPorn chega com novidades e lança Geléia de Morango, primeiro single do seu terceiro álbum, que será divulgado ainda neste primeiro semestre.

Importante ressaltar que este projeto foi contemplado pelo Edital ProAC Expresso LAB Nº 39/2020 – “PRODUÇÃO E TEMPORADA DE ESPETÁCULO DE MÚSICA COM APRESENTAÇÃO ONLINE” da Secretaria de Cultura e Economia do Estado de São Paulo.

Serviço

NoPorn apresenta temporada de carnaval online
Local: Youtube NoPorn
Datas: 13, 14 e 15 de Fevereiro
Horário: os shows estarão online a partir das 20h

LINKS

Facebook
Instagram
Youtube
Twitch
Spotify
Apple Music
Tidal
Bandcamp

SOBRE O NOPORN

NoPorn é um projeto de poesia eletrônica para dançar. Foi criado na noite de São Paulo no começo dos anos 2000, por Liana Padilha e Luca Lauri, DJs que tocavam juntos por mais de dez anos em vários clubes e festas do Brasil. Luca soltava as músicas e Liana falava textos sobre as bases eletrônicas.

Lançaram dois álbuns: O primeiro (“NoPorn”, 2006), é pontual com o começo do século XXI, fala de moda, clubes noturnos, robôs sexuais, sexo casual, o amor perdido, relações com tecnologia e solidão. Já o segundo (“BOCA”, 2016) é sobre encontros, a descoberta da paixão e o amor; o amor e seus ciclos desde a paixão inicial até a entrega; o deslumbre, a moda como poder de causar espanto e prazer, sexo grupal, amores rasos, amores raros, violência. O disco, lançado depois de 10 anos do primeiro, veio num momento em que uma nova geração descobria os ecos de Baile de Peruas, Xingu e Sonia, faixas icônicas do álbum de estreia.

Em 2018, com a entrada de um novo integrante, Lucas Freire, que passou a acompanhar Liana nos shows, o projeto ocupou novamente a noite de São Paulo e percorreu os festivais de música de norte a sul do país. Dessa nova troca, surgiu o material para um terceiro álbum, que será lançado em 2021.

*“Noporn é pro escuro, estrobo, fumaça. Tem cheiro de sexo e gosto do presente. É spoken word político-romântico pra sussurrar na pista e dançar na cama. Respire fundo. Noporn é para os fortes.”

*trecho do release do álbum BOCA, escrito pelo jornalista Jackson Araújo.

👇
ACESSE + CONTEÚDO SOBRE MÚSICA
👉 https://aquitemdiversao.com.br/category/musica/

Anterior Festaria, encontro virtual de música, poesia e teatro
Próximo Séries curtinhas para assistir na Starzplay no Carnaval