Faixa pertence ao EP Begin Again que será lançado dia 10 de julho

Nick Mulvey tem o prazer de compartilhar uma nova versão de seu mais recente single “Begin Again” remixado por Little Dragon, antes do lançamento de seu EP Begin Again em 10 de julho pela Fiction Records. Ouça aqui.

O remix dá nova vida à faixa profundamente comovente e reflexiva, com a produção energética do trio dinâmico sueco, pronta para o verão, complementando perfeitamente os vocais emotivos de Nick.

Diante do nosso futuro incerto e urgente, “Begin Again” serve como um lembrete dos ricos pastos de sabedoria que podem ser encontrados através da reconexão com nossas famílias. É vagamente inspirado na jornada de Nick descobrir mais sobre sua avó, Mary, que morreu antes de ele nascer. Ele procurou aprender mais sobre ela e foi capaz de estabelecer uma conexão profunda com ela através de relatos de seus ensinamentos, profundamente enraizados na compaixão e no respeito mútuo. A faixa procura envolver o ouvinte em sua mensagem edificante e sincera da importância da interconexão.

“Eu vejo o caos, mas também vejo a oportunidade para um mundo novo e mais bonito”, diz Nick. “Estamos vivendo uma mudança incrível. Os velhos costumes estão morrendo, diante de nossos olhos. De certa forma, minhas músicas são músicas dos novos caminhos que virão.” A análise humilde e empática de Nick de nosso potencial como seres humanos oferece uma perspectiva pungente sobre a questão; quando o Coronavírus tiver passado, como começaremos novamente?

“Begin Again” é o primeiro lançamento de Nick desde 2019 com “In The Anthropocene”, um single que foi colocado no inovador “Ocean Vinyl”, o primeiro disco sendo feito inteiramente de plástico oceânico reciclado lavado e recuperado de praias do Reino Unido. O lançamento também gerou fundos para o Surfers Against Sewage para ajudar no trabalho deles e é um exemplo pertinente da ambição de Nick de inovar e usar sua música para inspirar mudanças positivas.

O aclamado álbum de estréia de Nick, First Mind, um corpo atraente de trabalho, intrincado e solto, e merecidamente nomeado para o Mercury Music Prize de 2014. Foi seguido por um segundo álbum, Wake Up Now, em 2017, que cimentou ainda mais a posição de Nick como um músico britânico singular, cuja música fica sozinha, sem gênero.

Facebook Twitter Instagram Official Website

Anterior National Geographic apresenta as belezas da Costa Brasileira
Próximo Confira a programação do Cine Drive-In de 9 a 15/7