Nation of Language compartilhou seu novo single “Sole Obsession” – uma faixa emocionante que mostra um pouco do que está por vir

A letra de Sole Obsession ilustra o lado alternativo de si mesmo que emerge durante experiências prolongadas de paixão. Com sintetizadores aguçados e cintilantes, e as faixas hipnóticas com baixo e bateria fortes, o cantor Ian Devaney apresenta imenso alcance e melodias irresistíveis, sua voz elevando-se com sentimentos tanto de euforia libertadora quanto de profunda contemplação.

Sobre a faixa, Ian Devaney e Aidan Noell, membros da banda, dizem: “Em termos mais simples, ‘Sole Obsession’ é uma questão de saber quando, ou se, ceder ou desistir. Particularmente, quando desatar os nós em que nos amarramos quando uma paixão se instala. Muitos de nós experimentamos um sentimento viciante que nos constrange cada vez mais até que, esperemos, haja um momento de clareza que nos permita libertar-nos dessa compulsão particular. O título do nosso próximo álbum, Strange Disciple, é parte da letra de ‘Sole Obsession’ que faz referência a um personagem de tal natureza; aquele que se encontra aderente a um assunto que provavelmente não vale a pena a devoção”.

Eles acrescentam: “Escolhemos representar isto com uma figura anônima que vive dentro de todos nós, esperando por nós para vestir a capa e assumir nosso papel, e trabalhamos com John Mackay para dar vida ao Discípulo no videoclipe. Tomando inspiração cinematográfica de Meshes of the Afternoon (1943) de Maya Deren , bem como The Seventh Seal (1958), de Ingmar Bergman, o Discípulo é retratado como um de nós, e nós, por sua vez, somos retratados como o Discípulo”.

O vídeo é dirigido por John MacKay e filmado em 16mm ao redor de Queens e o Fort Tryon Park em Manhattan.

A partir desta primavera (hemisfério norte), a banda estreará a faixa e mais de suas novas músicas ao vivo em seus maiores shows até agora. Depois de fazer sua estréia na TV no The Late Show com Stephen Colbert, tocando em várias cidades do mundo e se apresentando em festivais como Austin City Limits, Desert Daze e Pitchfork Paris – onde foram nomeados um destaque do fim de semana – 2023 está prestes a trazer Nation of Language ao Brooklyn Steel, ao Fonda Theatre de LA, duas noites esgotadas no Crocodile de Seattle, ao KOKOde Londres, Primavera Sound, Best Kept Secret, e muito mais.

Encontre a lista completa de datas abaixo, e mais informações em nationoflanguage.com/events.

Nation Of Language РDatas da turn̻

28/04 – Baltimore, MD – Ottobar
04/05 – Brooklyn, NY – Brooklyn Steel^
17/05 – Los Angeles, CA – The Fonda Theatre*
18/05 – Seattle, WA – The Crocodile*
19/05 – Seattle, WA – The Crocodile*
02/06 – Barcelona, ES – Primavera Sound Barcelona
06/06 – Madrid, ES – Primavera In The City
09/06 – Madrid, ES – Primavera Sound Madrid
11/06 – Hilvarenbeek, NL – Best Kept Secret
14/06 – London, UK – KOKO

Elogios anteriores à Nation Of Language:
“Eles entregaram um verdadeiro clássico dos tempos modernos do gênero synth-pop”. – NME ★★★★★

“A Way Forward é o Nation of Language na sua melhor e mais ousada versão”. – Gigwise 8/10

“A banda de synth-pop combina o canto artificial, o retro-styling e a alta seriedade com um efeito altamente impressionante”. – Financial Times★★★★

“Oferece um lembrete sutil de que estes artistas de escolas de arte do Brooklyn podem ter lembranças igualmente queridas dos artistas indie-dance dos anos 2000, como Cut Copy, Bloc Party e Yeah Yeah Yeah Yeahs, assim como suas referências dos anos 80”. – Pitchfork
“Vamos falar a verdade, é o Álbum do Ano”. -KEXP

Ingressos AQUI

www.nationoflanguage.com
www.twitter.com/notionofanguish
www.instagram.com/nationoflanguage
www.facebook.com/nationoflanguage