Minha Casa Minha Dívida


“Há mais contas entre o aluguel e a casa própria do que sonha nossa vã filosofia”

A Cia. de Comédia G7 reestréia seuespetáculo Minha Casa Minha Dívida em curtíssima temporada apenas 2 semanas no Teatro Maristão. O grupo dácontinuidade ao seu repertório de sucessos abordandoum assunto do nosso cotidiano, com uma questão queinevitavelmente enfrentamos ou enfrentaremos: como conquistar o lardoce lar?

O sonho da casa própria está ao alcance de todos…E a dívida também! A capacidade de se endividar é inataa toda humanidade, quem por acaso encontrariadificuldades em gastar dinheiro? O que faz a vidadivertida é conseguir pagar o que devemos e ainda assimpassar momentos felizes. Acompanhe o lado cômico datragédia que é a busca pela moradia, sob o viés artístico eousado do G7, com bastante interatividade com o público,música e estéticas teatrais inventivas e premiadas.

A plateia vai se divertir com a história de um casalque luta para adquirir o seu primeiro imóvel. A odisséiatransita por lançamentos de complexos habitacionais queprometem a vida eterna, corretores de imóveis com crisede consciência, financiamentos, burocracia,planejamento, juros, empréstimos, flatulências e todas asdificuldades enfrentadas para se ter um lugar parachamar de seu. A difícil arte da convivência em umakitinete serve como motivação para sair do aluguel, umabusca que só termina com a entrega das chaves. Oaparente alívio observado de perto pela sombra de umadívida inaudita.

Além dos obstáculos que o casal enfrenta, a trupeincorporou questões metafísicas e filosóficas inspiradasem Shakespeare e Joaquim Manual de Macedo,adicionando um tempero metalinguístico e clássico acomédia do cotidiano. O G7 reaproveita a estéticapremiada em 2004 no maior concurso teatral já realizado,o Criação Teatral Volkswagen, que teve curadoria deAntônio Abujamra. O grupo de Brasília venceu outros 488grupos de todo país, com a inventiva realização de umcoringamento inédito, que promove a “troca de placas” epersonagens diante dos olhos do público. A peça dentroda peça assume essa interpretação premiada que vaisurpreender o público ao ultrapassar os limites do riso ecolocar diante da plateia uma movimentação cênicacomplexa, elogiada por Cássio Scapin, Joana Fomm,Mário Bortolloto, Elias Andreato, Dan Stulbach, BeteCoelho, Bárbara Heliodora e outros jurados quepremiaram o G7 como melhor grupo do Brasil à época.

Ao contrário de imóveis caríssimos e financiamentosde juros exploratórios, Minha Casa Minha Dívida é umacomédia que está dentro da sua capacidade orçamentáriae financeira. A partir de R$ 15,00, qualquer um pode compartilhar a via crúcis deWilliam e Paula e divertir-se com as situaçõesenfrentadas pelo casal para atingir seu tão sonhadoobjetivo.

Não há lugar como o nosso lar, se você estiverdisposto a pagar. Assista a inédita comédia do G7 edeixe-se levar pelo mundo da especulação imobiliáriaassim como uma semente se deixa transformar emárvore. Pois como bem disse o grande autor teatral HenrikIbsen: “O lar é onde o coração do homem cria raízes”. E oda mulher também.

Serviço

Dias: 15,16, 22 e 23 de Outubro de 2016.
Sábados às 19 e 21 hs e Domingoàs 20 hs.
Teatro Marista –615 Sul –Brasília – DF
Informações: 61 –99351-1369 ( Whatsapp )
Classificação: 12 anos.
Duração: 90 minutos.
Ingressos:
Antecipados a partir de R$ 15,00.

Pontos de venda:

Pela internet – g7comedia.com
Up Grade Nutrição Esportiva – 415 Sul (Sem Taxa)
FNAC – Park Shopping
Central de Ingressos – Brasília Shopping
Na bilheteria do teatro no dia do espetáculo a partir das 14h.

*Meia entrada para os casos previstos em lei, doação de 1 kg de alimentos ou 1 livro.
Nos dias do espetáculo a bilheteria abre a partir das 14 horas.
Mais informações no site G7comedia.com

FICHA TÉCNICA

Concepção, Texto, Direção e Elenco:
Benetti Mendes
Felipe Gracindo
Frederico Braga e
Rodolfo Cordón
Direção, produção e realização: Cia de Comédia G7

Equipe técnica:
Administrador e Produtor: Marco Wanderlei
Iluminação: Gilmar Silveira
Sonoplastia: Renato de Paula
Direção de palco: Giovani Santos
Assistente de palco: Jefferson Landim
Assessoria de Imprensa e Administração: Francinete Mariano
Apoio de Produção: Antonio Neto

Anterior Broadway Nights chega à Brasília
Próximo Epidermes da Memória