Em pouco mais de um ano do lançamento do livro, no dia 11 de abril de 2018, no Salão Negro do Ministério da Justiça, a história da pioneira Mercedes Urquiza, que chegou à futura Brasília de Jeep desde Buenos Aires em 1957, será lançada agora em sua terra natal.

Com nova versão em espanhol “El Sendero Del Jaguar – En La Alborada de Brasília” estará na 45º Feira Internacional do Livro de Buenos Aires que acontece até o dia 13 de maio. O livro estará exposto no espaço da Embaixada do Brasil no evento, mas também será comercializado por uma livraria da capital portenha durante a Feira.

O lançamento terá lugar no espaço da Embaixada do Brasil na 5ª feira 2 de maio às 17:00h.

Fotos da coleção particular, imagens únicas da época da construção estão nas duzentas cinquenta páginas do livro dividido em cinco temas apaixonantes. Mas não é de hoje que Mercedes leva a história da epopeia da construção de Brasília pelo mundo afora. Com coleção que obteve na Suécia do premiado fotógrafo sueco Ake Borglund, para quem serviu de intérprete em uma matéria da revista National Geographic nos idos de 1957, Mercedes montou uma série de exposições e as levou para os quatro continentes tornando-se uma Embaixadora, não oficial, de Brasília. .

Além de Brasília, o livro já foi lançado no Rio de Janeiro, Fortaleza, participou da edição de 2018 da Bienal Brasil do Livro e da Leitura, e representou a literatura brasileira na Feira do Livro de Gotemburgo em 2018.E agora marca presença na Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, no Espaço da Sociedad Rural, onde está previsto um público superior a um milhão de pessoas.

Anterior Taguatinga Shopping amplia rede de voluntariado
Próximo Pátio dará viagem para Buenos Aires no Dia das Mães