Cantora MC Sara mistura “raça” e gênero entre os dançarinos

Estava MC Sara e MC Euro na estrada de Santos quando, em uma conversa em meio a batidas no volante e no painel do carro, surgiu o som e a letra de “Pancadão”, a nova música da MC que promete estourar no Brasil. “Minha raíz é o gueto… não estou nem aí pro preconceito” são duas das frases na letra da nova música da cantora e compositora.

Dançarina de colocar muita profissional de boca aberta, MC Sara uniu-se a dançarinos de todo tipo, raça e gênero e explica o motivo de ter escolhidos os dançarinos e fala sobre preconceito.

“Tenho muitos amigos gays, lésbicas, travestis, por mais de uma vez, em festas, lugares públicos, tomei suas dores. Um dia quando um amigo beijou o outro na bochecha, nem foi nada demais, após o ato, veio um homem xingar e ofender. Tomo sempre as dores e não fico calada.

Em relação a gordinha, eu era bem gordinha, mais ainda que sou agora. Muita gente disfarçava o preconceito no meio de conselho do tipo: Sara, você não acha que precisa emagrecer? Sara, você é linda, mas não acha que se emagrecer fica mais bonita?

Nunca tive problemas com meu peso, sempre me amei, sempre me achei linda, só na hora de comprar roupa e errava no número que eu ficava meio revoltadinha.

Na pior fase da minha vida, que foi quando eu estava em depressão, que eu duvidava de mim em tudo, nada estava bom, meu cabelo estava horrível, eu estava horrível, nada estava bom.

Uma coisa que odeio é quando querem xingar e dizem: Sua sapatona e tal, o que tem ser sapatona? Por que isso é um xingamento? Essas coisas me revoltam.

Eu precisava de um grupo de dança, eu não poderia fazer isso sozinha, até para eu mesma me soltar. E o grupo tinha que ser da maneira que eu queria, com todos os gêneros e raças, se é que existe raça. Quero tudo junto e misturado.

MC Sara e MC Euro
MC Sara e MC Euro | Foto: Divulgação
Anterior Iberê Thenório vem ao Pátio para lançar livro “Dúvida Cruel”
Próximo UMA LINDA OCUPAÇÃO TEATRAL