Cavaquinista e compositora é a atração do pocket show que estreia nesta sexta-feira, 18/9, no site do Bossa Criativa – Arte de Toda Gente. Repertório inclui composições e parcerias suas e peça de Pixinguinha, que serão entremeadas por conversas e histórias. Projeto é parceria da Funarte com a UFRJ e o vídeo permanecerá disponível no site.

Tendo como convidados Ana Rabello (cavaquinho), Celsinho Silva (pandeiro), Julião Pinheiro (violão de 7 cordas), Mauricio Carrilho (violão de 7 cordas) e Miguel Rabello Bastos (violão), a cavaquinista e compositora Luciana Rabello conduz um pocket show com ares de roda de choro no Bossa Criativa – bossacriativa.art.br. Com estreia marcada para a sexta-feira, 18/9, às 18h, o vídeo mostra um pouco da produção musical autoral da artista, como duas de suas parcerias com o marido, o grande letrista Paulo César Pinheiro, e também seu talento como instrumentista. O Bossa Criativa é uma parceria da Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria de sua Escola de Música.

Luciana Rabello é profissional desde os 15 anos de idade, participando do conjunto Os Carioquinhas e, em seguida, da Camerata Carioca. No show, ela fala um pouco de sua trajetória, que inclui participações em discos de medalhões da MPB, como Francis Hime, Chico Buarque, Elton Medeiros, Elizeth Cardoso, Nana Caymmi, Nara Leão, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Paulinho da Viola e João Nogueira, entre muitos outros.

Como compositora de choros, sambas, valsas e canções, Luciana Rabello tem parcerias com Paulo Cesar Pinheiro, Mauricio Carrilho, Raphael Rabello e Cristovão Bastos. Ao longo de sua trajetória profissional, tornou-se reconhecida instrumentista, merecendo até uma peça de Radamés Gnattali – que lhe dedicou Variações Sem Tema – para cavaquinho e piano.

Considerada um dos grandes nomes do choro da atualidade, fez shows em diversos países, como França, Itália, Suíça, Portugal, Colômbia, Dinamarca, Holanda e Japão. Como produtora, criou o Festival Nacional de Choro e lançou mais de 50 cds de música instrumental e samba, parte deles pelo selo Acari Records, gravadora especializada em choro que fundou em 2000. É fundadora e presidente da Casa do Choro – centro cultural dedicado a o gênero e, também em 2000, da Escola Portátil de Música, na Unirio, onde hoje coordena 1.126 alunos e 37 professores.

“Fiquei muito feliz por ter sido convidada a participar desse projeto, tão importante para nós músicos, nesse momento trágico que estamos vivendo”, diz Luciana Rabello. Depois da estreia, como todas as demais apresentações e oficinas do Bossa Criativa, o vídeo permanecerá disponível no site do projeto.

Confira o roteiro do pocket show:

1 – Velhos chorões (Luciana Rabello e Paulo Cesar Pinheiro), 2 – Notívago (Luciana Rabello e Luis Moura), 3 – Sábado à tarde (Mauricio Carrilho), 4 – Sensível (Pixinguinha), 5 – Em toda mágoa existe um samba (Luciana Rabello e Paulo Cesar Pinheiro), 6 – Matutando (Luciana Rabello).

O Projeto

Parceria entre a Fundação Nacional de Artes – Funarte e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – com curadoria de sua Escola de Música –, o Bossa Criativa reúne apresentações e oficinas de diversas linguagens artísticas e formas de economia criativa. O foco é a democratização da cultura, bem como a diversidade e a difusão de todas as artes, de modo inclusivo. As atividades são compostas de pocket shows, performances e vídeos de capacitação, exibidos no site www.bossacriativa.art.br, com participação de artistas de todo o Brasil. A agenda inclui o lançamento de um edital para novas propostas artísticas e culturais; e também um chamamento público para apresentação de trabalhos de mestrado na área das artes. A iniciativa faz parte do Programa Funarte de Toda Gente. Mais informações no site do projeto.

Serviço

Pocket show Com Luciana Rabello e convidados no Projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente
Quando: disponível a partir de 18 de setembro de 2020, às 18h, no site www.bossacriativa.art.br.
Realização: Fundação Nacional de Artes – Funarte e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Curadoria: Escola de Música da UFRJ
Atividades, ações e mais informações disponíveis no site do projeto
Informações sobre editais e outros programas da Funarte www.funarte.gov.br

Anterior Circo Zanni em Rede apresenta o espetáculo Vizinhos
Próximo Leitura de história inédita é o destaque deste final de semana