Luan Santana mostra novos hits e homenagens a outros cantores como Zezé Di Camargo e Luciano e Fagner

O DVD mais comentado dos últimos tempos, “VIVA” de Luan Santana ganhará os palcos do Brasil inteiro. Após levar seu espetáculo para Braga e Lisboa, em Portugal, no início de setembro, o cantor apresenta a agenda de shows pelo País.

“Gravamos o DVD na Bahia, na terra onde tudo começou, para assim passar o conceito deste projeto. Há pouco mais de 500 anos, navegar era o verbo da vez. Navegar é preciso. Viver é preciso, já dizia o poeta. Que saibamos usufruir da tecnologia sem ser escravos e usar os meios de navegação para nos conectar com o mundo, dando valor ao abraço que não se digita”, define o cantor.

VIVA – a turnê conceito

A turnê VIVA, nome que batiza o novo DVD do cantor, gravado na Bahia em maio. “O show será baseado no DVD e traz, entre outros elementos do cenário original, a reprodução de uma cúpula”, conta o produtor executivo Ton Santana.

Segundo o cantor, o propósito é transmitir que estamos dentro desta cúpula, esse mundo tecnológico que abriga seres humanos, mas que o pulsar vem de quem tem carne e osso, quem tem sentimentos, quem gera a máquina e é comandado por um ser superior.

“Com este DVD e a turnê agora pelo Brasil, quero que a música contribua para esta proximidade real, e não fictícia”, diz Luan, que continua: “Que todos possam viver os momentos. O que mais temos visto em variados ambientes são as pessoas com celulares nas mãos e não sabendo explorar o bem que a tecnologia nos traz. Vamos fazer uma analogia à época da navegação: eles usaram as suas ferramentas para conquistar o mundo e contribuir para a convivência de todos os povos. Queremos este alerta: naveguem, convivam e, depois, compartilhem para contagiar a todos”.

Assim como faz em cada trabalho desses 11 anos de estrada, Luan seleciona um foco temático que serve de referência do repertório ao cenário. Assim foi em O nosso tempo é hoje (2013), Acústico e 1977. Dessa vez, a proposta vai de encontro e bebe da fonte ao que se convencionou chamar de “CyberPunk”, expressão nascida nos anos 1970, que trata de um futuro obscuro em que a alta tecnologia ofusca a essência humana. Filmes como “Blade Runner”, “Minority Report” e a série “Altered Carbon” são exemplos da estética CyberPunk, que serve de inspiração para o conceito do projeto VIVA.

Recordes 

De acordo com dados da Crowley Broadcast Analysis, empresa especializada em monitoração eletrônica de rádios, a primeira faixa do DVD VIVA, “Quando a Bad Bater”, canção 100% autoral, bateu todos os recordes da história. Com letra e canção assinadas por Luan Santana, o hit alcançou a liderança das rádios e plataformas digitais de todo o país em questão de poucos dias, atingindo mais que o dobro do saldo acumulado por outros lançamentos na mesma temporada. Mais: permanece há dois meses em primeiro lugar de execução e visualização.

Na agenda:

  • 21/9 São José do Rio Preto (SP)
  • 04/10 Aracaju (SE)
  • 26/10 São Paulo (SP)
  • 11/10 Florianópolis (SC)
  • 12/10 Curitiba (PR)
  • 6/12 BH
  • 14/12 DF
  • 29/12 Salvador no pré Réveillon
Anterior Thermas Water Park apresenta Parque da Baleia
Próximo Galpão Kids promove festa beneficente para crianças