Evento se divide entre a Feira da Diversidade LGBT no próximo sábado (23) no Museu da República e na Parada LGBT no domingo (24) com Valesca Popozuda e Gloria Groove

A capital vai ficar agitada com os eventos do Projeto Brasília sem LGBTFobia nos dias 23, com a Feira da Diversidade LGBT, e 24 de junho, com a 6ª Parada LGBT de Santa Maria.

É a primeira vez que Brasília recebe uma feira totalmente voltada ao público LGBT. Serão ao menos trinta expositores com produtos e serviços na Feira da Diversidade LGBT que irão valorizar a economia criativa com peças de arte, artesanato, decoração, design, moda e beleza. A feira irá acontecer no dia 23 de junho (sábado) das 10h às 22h no Museu Nacional da República, na Esplanada dos Ministérios.

Já no dia 24 (domingo) é tempo de celebrar com a 6ª Parada LGBT em Santa Maria que este ano recebe as cantoras Valesca Popozuda, Gloria Groove, além do grupo As Bee, DJ´s nacionais e drag queens de renome no país. A concentração é na Praça Central (atrás da Administração da Santa Maria) a partir das 13h.

A Feira da Diversidade LGBT e a Parada do Orgulho LGBT são um dos principais meios de expressão da cultura LGBT e de luta social por direitos.

Dados do 2º Relatório Sobre Violência Homofóbica no Brasil (2012), divulgados pela Coordenação Geral de Promoção dos Direitos de LGBT- CGLGBTda Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República SDH/PR, apontam que o número de denúncias cresceu 166% em relação ao ano anterior, saltando de 1.159 para 3.084 registros. O levantamento apontou que no ano de 2011 foram realizadas 239 denúncias sobre 411 casos de violência LGBTfóbica. No Distrito Federal os índices sofreram, neste mesmo período, um aumento de 431% em relação a 2011, quando foram registradas 45 denúncias. Para que o DF seja visto como um ambiente seguro à população LGBT, ainda necessita de políticas públicas.

Os números apontam a necessidade de projetos que promovam não somente a efetividade na execução de políticas públicas específicas para a população LGBT, mas também, ações sociais, educativas e culturais no sentido de preparar a sociedade sobre questões da LGBTfobia institucionalizada no país.

O público formado por Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros – LGBT do Distrito Federal, possui uma história de luta para a conquista de direitos ao respeito pela diversidade sexual, como defende as diretrizes e orientações do relatório da III Conferência Distrital LGBT (2015), referendadas pelo Plano de Governo da atual gestão, bem como do Programa Nacional de Direitos Humanos – PNDH3, dentro dos objetivos estratégicos: garantia do respeito à livre orientação sexual e identidade de gênero.

O projeto “Brasília Sem LGBTfobia” de promoção e defesa dos direitos da população LGBT, bem como de incentivo às manifestações culturais do segmento, pretende ser celebrado no Termo de Fomento com a Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Distrito Federal para execução de Emenda Parlamentar da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).

SERVIÇO FEIRA DA DIVERSIDADE LGBT

Data: 23 de junho (sábado)
Hora: Das 10h às 22h
Local: Museu Nacional da República (Esplanada dos Ministérios)
Entrada: Gratuita
Atrações: Mais de 30 expositores com arte, design, decoração moda e beleza

SERVIÇO 6ª PARADA LGBT DE SANTA MARIA

Data: 24 de junho (domingo)
Hora: A partir das 13h
Local: Concentração na Praça Central (atrás da Administração da Santa Maria)
Entrada: Gratuita

Atrações: Shows com Valesca Popozuda, Gloria Groove, As Bee, Gil Pinheiro e Cerrado, Verônica Sras, Lushonda, Lucas Brunno, Nanda Machado, DJ Bonnie Butch e DJ Wanderson Silva

Anterior A loja Cosmos faz sua inauguração e lançamento
Próximo Festa Junina da AABB traz o clima do Nordeste para Brasília