Da fusão de dois ícones do design moderno, nasceu o desenho da poltrona ´Temes´: A cadeira de Joaquim Tenreiro projetada nos anos 40-50 e a ´La Chaise´ de Charles and Ray Eames, feita em 1948. Em um conceito inventado pela Lattoog, chamado de Design-fusão, a série Vira-latas foi criada e várias peças foram desenvolvidas seguindo a mesma ideia.

O próprio nome da poltrona também brinca com o conceito de fusão Tenreiro + Eames = Temes, que é um conceito que vem desde a criação da Lattoog que combina os nossos sobrenomes LATTavo e mOOG.

Em sintonia com a concepção de “antropofagia cultural”, lançado por Oswald de Andrade em 1928 – a ideia de devorar a cultura colonizadora e transformá-la em cultura brasileira e revolucionária -, a poltrona Temes apresenta referências fortes às raízes e cultura brasileiras: Miscigenação, sincretismo e “viralatismo”- trabalho que foi definido pela jornalista carioca Suzete Aché como “Antropofagia Carioca” – .

Além da ideia de fusão, a Temes carrega um diálogo com temporalidades distintas. O exercício de reinterpretações de traços de tempos passados para atingir um resultado formal tipicamente contemporâneo, sempre esteve ativo no processo de criação. Esse “modus operandi” caracteriza uma das linhas de pensamento da Lattoog: o diálogo (ou ligação) entre linguagens formais de épocas distintas.

www.lattoog.com

Anterior Mioto lança "Anjos Não Tem Cópia" para o Dia das Mães
Próximo Roda Viva entrevista presidente do STF, ministro Dias Toffoli