O Koni é uma das atrações gastronômicas do “Na Praia”, que acontece até o dia 9 de setembro, em Brasília. A rede de culinária japa levou para o complexo de entretenimento às margens do Lago Paranoá, opções dos seus cardápios de inverno e de verão que fazem sucesso nos 21 endereços espalhados na cidade.

São muitas as opções leves. Konis (Salmão Simples, Salmão Completo, Filadélfia, Hot Filadélfia e Camarão), Roll em três sabores (Filadélfia, Hot Filadélfia e Haru Steel), Kombinado e dois tipos de refrescantes Poke: Filadelfia e Poke Fresh Croc.

Para os dias mais frios, Yakisobas: de Legumes e de Carne. De sobremesa, Koni Brownie. Uma collab com a brasiliense Mr. Brownie resultou numa casquinha de biscoito recheada com doce de leite e muito brownie

Sobre o Koni Store

O Koni é a maior rede de culinária japa do Brasil com mais de 100 restaurantes nos principais pontos do país. Com o propósito de democratizar a boa culinária japonesa, o Koni proporciona qualidade, sabor e preço justo com produtos frescos e criações exclusivas da marca, como o Poke Fresh Croc, Koni Krips, Roll Tartar Spicy, entre outros.

O Koni nasceu no Rio de Janeiro, mas logo sua essência carioca aliada a alta qualidade fez com que o Koni voasse para novos horizontes e aterrissasse em terras brasilienses. Em Brasília, o primeiro restaurante foi inaugurado em 2007 e hoje é uma das maiores praças da marca. Um dos principais pilares do Koni é o prazer em cuidar do cliente, onde cada detalhe faz a diferença e contribui para o sucesso do negócio. A marca, que desde 2006 é a preferida dos viciados em japa, faz parte do Grupo Trigo, detentor das redes Spoleto e Domino’s Pizza.

Koni – Brasília
www.koni.com.br

109 Norte, 201 Norte, 206 Sul, 209 Sul, Lago Sul (QI 11), Guará (QE 20), Park Shopping, Posto Altana, Águas Claras, Brasília Shopping, Taguatinga Shopping, Taguatinga Pistão Sul, Aeroporto JK (Píer Sul e Píer Norte), Disbrave Guará, Píer 21, Jardim Botânico (QI 23), Sudoeste (101), Shopping Que (Gama), Boulevard Shopping e 308 Norte (Gokoni).

Anterior A vida de povos indígenas pelas lentes de Ricardo Stuckert
Próximo Pratos especiais para celebrar Independência do Peru