Espetáculo é baseado na história de Vinicius de Moraes, cuja trajetória se entrelaça com a saga do criador da bossa nova morto no início de julho

Realizado desde 2014 em Brasília, o espetáculo “Vinicius” tem sessões em julho nos dias 26 e 27 com um elemento a mais na saudade que conduz a produção. Dessa vez, além de homenagear Vinicius de Moraes, o musical presta tributo também ao pai da bossa nova, João Gilberto, morto no último dia 7. “Causos envolvendo os dois mestres da MPB [Vinicius e João) se cruzam, e isso já fazia parte do nosso roteiro desde sempre.

Agora, munidos da saudade pela perda de João Gilberto, queremos saudá-lo com histórias dele e também com um grande brinde que faremos entre elenco e público”, explica Abaetê Queiroz, um dos diretores do espetáculo. Com sessões sempre às 21 horas, a atração fica em cartaz no Teatro Mapati, com ingressos a R$ 50, à venda pelo site ou aplicativo Sympla.

O brinde que propõe o diretor vem de um dos elementos marcantes da montagem: durante a apresentação, público e elenco costumam tomar doses de uísque (servidas à vontade), a bebida preferida do “Poetinha”. O espetáculo que quebra a quarta parede do teatro, acontece com plateia, atores e músicos transitando pelos cômodos da casa que sedia o Teatro Mapati, preparados para a experiência que remete aos saraus que Vinicius de Moraes costumava promover em sua casa.

Com essa atmosfera, personagens que passaram pela vida do “Poetinha” contam causos vividos junto a ele, ao longo de 80 minutos de espetáculo. A força da música aparece com a trilha executada ao vivo pelo elenco do musical.

O time artístico de “Vinicius” é composto por Abaetê Queiroz, Amanda Coelho, Bárbara Franco, Cris Mendes, Eric Naves, Juliana Drummond, Luciana Lobato, Maíra Kirovsky e Tathyana Lopes. A trilha sonora fica por conta dos músicos Edu Moraes – responsável pela direção musical – e Diogo Cerrado. A direção é de Abaetê Queiroz e Juliana Drummond. No roteiro, músicas memoráveis da bossa nova, como “Chega de Saudade”, “Canto de Ossanha”, e “A Tonga da Mironga do Kabuletê”.

Ao longo dos últimos cinco anos, a montagem tem mais de 100 apresentações realizadas e já foi assistida por um público de cerca de 3.600 espectadores. Para reforçar o clima intimista, a plateia é sempre restrita a, no máximo, 40 pessoas.

Serviço

Espetáculo “Vinicius”
sexta-feira (26 de julho) e sábado (27), sempre às 21h
No Teatro Mapati. SHCGN 707, Bloco K, Casa 5 – Brasília
Ingressos: R$ 80, individual
Vendas: sympla.com.br ou (61) 99604-6754 (Tathyana)
Classificação etária: 18 anos
Informações: (61) 99606-5615

Anterior Nãnan Canta África no Teatro da CAIXA Cultural Brasília
Próximo Circuito Brasileiro de skate chega a Brasília no LayBack Park