Luiz Guimarães explica como entender o cenário atual e prever necessidades futuras no livro “Inove ou morra!”

Em “Inove ou morra!”, Luiz Guimarães mostra o caminho dos avanços tecnológicos e as descobertas científicas ao longo dos anos. Para o autor, os períodos de inovações tecnológicas acontecem em “ondas” e estamos no meio da segunda – momento ideal para analisar o cenário e inovar pensando no presente e futuro, para quando chegar ao ápice (realmente se consolidar a terceira onda) o profissional estar preparado e à frente da concorrência.

A partir de uma análise, ele identifica os tipos de inovação e como elas se apresentam no cotidiano empresarial, diferenciando as grandes corporações das startups. Dessa forma, enquanto a primeira apresenta uma estrutura mais rígida, a segunda pode trabalhar com um cenário incerto, buscando sempre a otimização de seus resultados, melhorando a qualidade, atendimento, reduzindo seus custos e proporcionando crescimento – enquanto descobre o modelo de negócio ideal.

Nesse sentido, o autor defende a ideia de que nem toda inovação precisa ser disruptiva, apesar de este ser o modelo mais procurado, mas deve-se buscar o caminho da inovação sustentada. Ela é mais comum, porque na maior parte do tempo procura melhorar o que já está sendo feito. Assim, é mais fácil e desejado aprimorar as capacidades existentes no mercado no qual se atua, sendo uma jornada mais técnica e analítica.

“O desejado é fazer com que inovações disruptivas possam ser mapeadas e direcionadas às inovações sustentadas, permitindo que as empresas tradicionais (principalmente as menores) tenham o mesmo nível de entrega das startups, só que em uma jornada mais segura e, principalmente, sendo elas mesmas. Esse tipo de abordagem transformaria a empresa tradicional em uma grande adversária no mercado digital, competindo de igual para igual com os grandes disruptores e startups”, explica Luiz Guimarães.

Outro ponto importante apontado pelo autor se direciona aos hábitos das pessoas, que mudaram por conta da nova realidade digital. Dessa forma, digitalizar processos traz conveniência ao cliente. Se o seu mercado ainda não possui essas soluções, crie-as. “Não se preocupe em criar algo novo, simplesmente entregue o que já requisitam”, escreve o autor. Nem sempre os consumidores buscam engajamento ou experiência, boa parte das vezes, eles apenas querem fazer tudo o mais rápido e fácil possível.

Neste livro, o leitor encontrará os seguintes temas

– Automóveis semiautônomos
– Impressoras 3D
– Reengenharia digital
– Arquivo em nuvem
– Inteligência artificial
– Big data
– Internet das coisas

O lançamento da obra acontecerá na Livraria Cultura, no Shopping Iguatemi, em São Paulo, terça-feira (11). O evento é aberto ao público e inicará às 18h30min.

Sobre o autor

Luiz Guimarães é um dos maiores especialistas em tecnologia do país com larga experiência em digitalização de empresas, gestão de processos e automação de negócios. Empreendedor há quase duas décadas, é fundador e conselheiro da holding TD que administra empresas de tecnologia, aceleração de negócios, comércio varejista e organização sem fins lucrativos. Criou o conceito de Reengenharia Digital e, nos últimos anos, por meio do instituto RED, tem se dedicado a promover formas seguras e eficientes de inovação para que empresas tradicionais possam prosperar na era digital. É autor do livro INOVE OU MORRA! – Conheça passos simples e poderosos para salvar o seu negócio.

Sobre o livro

Autor: Luiz Guimarães
Literare Books International – 1ª edição – 208 páginas – 2018 – R$ 34,90
Formato: 16×23 cm
ISBN 978-85-9455-123-8

Anterior "Tudo Nosso" do duo Supa Squad feat. Deejay Telio e Deedz B
Próximo Henrique e Diego lançam álbum ao vivo com 15 faixas