A ação “Imagem Contemporânea – Uma incursão no universo da arte no DF” é ministrada por Renato Acha e apresenta visitas orientadas que percorrem galerias de arte e museus do Distrito Federal para contextualizar a produção artística pelos atos do olhar e da contemplação.

O projeto vai percorrer dois espaços neste mês. No dia 18 de maio, os participantes visitarão as mostras “A queda do Céu” e “Tóquio Antes/Depois” na Caixa Cultural. No dia 25 de maio (sábado) é a vez das exposições “Ato – teatro e dança por Mila Petrillo” e “Vozes da Alma” no Museu Nacional da República.

No primeiro dia (18 de maio) se propõe um mergulho na exposição “A queda do céu”, que reúne obras de 21 artistas e ativistas que abordam questões enfrentadas pelas comunidades indígenas e que afetam a sociedade. O projeto, com curadoria de Moacir do Anjos, conta com 50 obras de artistas e pensadores brasileiros e estrangeiros realizadas nos mais variados suportes e produzidas nos últimos anos. Já a mostra “Tóquio Antes/Depois”, com curadoria de Kotaro Iizawa, traz uma retrospectiva de imagens registradas por nove fotógrafos, além de obras resgatadas de duas publicações históricas. São 83 trabalhos que representam o contraste entre a cidade da década de 1930 e 1940 e a megalópole de hoje.

Um mergulho na fotografia sob diferentes óticas de percepção é o que promete a visita do dia 25 de maio. A mostra “Ato – teatro e dança por Mila Petrillo”, com curadoria de Carmem Moretzsohn, conta com imagens marcantes das artes cênicas de 1985 até o ano 2000. O público vai conferir cliques que refletem momentos político-sociais intensos no Brasil e ainda relembrar algumas das montagens e dos personagens marcantes para a cena de Brasília. Em seguida, a exposição “Vozes da Alma” traz a obras de seis fotógrafos surdos do DF com curadoria de Olivier Boëls. Sessenta fotos com legendas revelam o olhar e entendimento que estes fotógrafos têm do mundo. Celyse Sasse, Elise Milani, Flávia Pompeu, Jacson Vale, Johnnatan Albert e Nubia Laismann são as “Vozes da Alma”.

Sobre o Imagem Contemporânea

Objetos e paisagens passam pela interpretação e classificação em determinados contextos e podem ser recriados pela percepção, para que seja possível a reinvenção daquilo que vimos. Isto se dá o tempo todo sem que percebamos, embora o exercício de despertar o olhar, em especial para as Artes Visuais, seja recorrente para artistas e teóricos.

A dinâmica da ação forma grupos, que podem ser bilíngues, para encontros nas tardes de sábado. “A cada semana os participantes percorrem diferentes espaços culturais em um movimento de fruição do olhar através da análise de imagens.” Conta Renato Acha. “A programação é construída com base na agenda cultural em vigor.” Convida Acha.

Renato Acha
Renato Acha | Foto: Jacqueline Lisboa

Sobre Renato Acha

Renato Acha é artista visual, formado pela Universidade de Brasília. Integrou os Programas Educativos do CCBB, Caixa Cultural e FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado). Acha foi curador de projetos nacionais em Brasília, como o Movimento HotSpot e Retrato Brasília. Curador-adjunto do Festival de Land Art de Brasília e Brasília 50 Dimensões. Coordenador do Programa Educativo do Prêmio Vera Brant de Arte Contemporânea e do projeto “Eu, Leitor”. Atua como editor do site Acha Brasília desde 2010.

Programação

18 de maio (sábado) às 15 horas

Mostra “A queda do Céu” e “Tóquio Antes/Depois”
Caixa Cultural

25 de maio (sábado) às 15 horas

Um mergulho na fotografia sob diferentes óticas de percepção
“Ato – teatro e dança por Mila Petrillo” e “Vozes da Alma”
Museu Nacional da República

Renato Acha Foto Jacqueline Lisboa 4.jpg
Serviço: “Imagem Contemporânea” com Renato Acha
Data: 18 de maio (sábado) às 15 horas
Mostras “A queda do Céu” e “Tóquio Antes/Depois”
Local: Caixa Cultural (Setor Bancário Sul Q. 4 Lotes 3/4)

Data: 25 de maio (sábado) às 15 horas
Mostras “Ato – teatro e dança por Mila Petrillo” e “Vozes da Alma”
Local: Museu Nacional da República (Lote 02 Setor Cultural Sul próximo à Rodoviária do Plano Piloto, Zona 0)

Ingressos: R$ 80,00 por visita
Informações e inscrições: (61) 99326-6390 e achabrasilia@gmail.com
Classificação indicativa: Livre.

Anterior Natiruts apresenta álbum “I Love” em show no Taguaparque
Próximo Playground Music Festival retorna a Brasília após 8 anos