II Mostra+ da Diversidade apresenta três espetáculos no Teatro Sesc Garagem este fim de semana

Evento celebra e valoriza a diversidade em todas as suas formas e combo de tr̻s pe̤as sai a R$30 Рsomente este fim de semana (28 e 29).

Após a bem sucedida realização de uma primeira edição na Casa dos Quatro no mês da diversidade – em junho – a Mostra+ da Diversidade ganha uma segunda edição apenas neste fim de semana (28 e 29 de outubro) no Teatro Sesc Garagem. Três espetáculos que discutem tanto os aspectos psicoafetivos quanto histórico-sociais da diversidade sexual entram em cartaz, em apresentações únicas.

Com dois espetáculos do diretor Rafael Salmona e um de Vinícius Ávlis, sendo ambos da comunidade LGBTQIAPN+, a Mostra conta com duas mulheres na direção, sendo uma delas, mulher negra que, embora veterana na atuação, é estreante na direção. “Proibido Amar” tem texto e direção de Rafael Salmona, é vencedor de três prêmios CENYM por melhor texto original, melhor qualidade artística de produção e melhor cartaz. “Uma Crônica Para Quem Não Deveria Amar”, também escrito por Salmona, estreou em setembro na Casa dos Quatro sob direção de Rebeca Reis. E “Duas Doses Num Único Gole” reúne novos nomes do teatro na cidade: é escrito por Vinícius Ávlis e dirigido por Geise Prazeres.

Proibido Amar

Após um vírus contaminar 33% da população humana, o Estado, que exerce grande poder sobre a sociedade, opta por separar todas as vítimas e pessoas em zona de risco em quarentena. Segundo os organizadores, os segregados passariam por uma bateria de exames para saber se estão ou não aptos para viver em sociedade.

O vírus que se alastra rapidamente pela sociedade, transmitido pelo toque e por relações sexuais, remete ao HIV e as punições e acusações previstas para seus portadores direcionam a temática da peça para a discussão sobre o preconceito contra homossexuais e a desinformação. Ares, Eros e Apolo são vítimas da situação e levam ao público a importante reflexão sobre amor e convívio em sociedade.

Ficha técnica

Texto e direção: Rafael Salmona
Elenco: Lucca Marques, Gabriel Duarte e Vinicius Avlis
Trilha sonora: Be Assef

Aqui Tem Diversão

Uma Crônica Para Quem Não Deveria Amar

Um jovem escritor é contratado por um famoso jornal da década de 60 nos Estados Unidos, e ganha a liberdade de escrever crônicas sobre a misteriosa Miss Daisy. Sobre amor e ternura, a história vai ganhando todas as edições até a verdade ser descoberta e revelar uma paixão quase proibida na época.

A montagem é inspirada nas revoluções estudantis pelas quais o mundo passou em 1968, e coloca em pauta as questões acerca do preconceito e das descobertas que ainda estão em pauta na sociedade.

Revoluções que marcaram a História e também a vida de James, um personagem que não sabe muito bem sobre as coisas da vida, mas que sente e, nessa descoberta, encontra Elliot, um revolucionário jovem que entende que amar é um ato de resistir.

Ficha técnica

Texto: Rafael Salmona
Direção: Rebeca Reis
Elenco: Arthur Rinaldi, Lucca Marques, Rafael Salmona e Vinicius Facó
Direção técnica e operação: Josias Silva
Cenário: Rui Miranda

Duas Doses Num Único Gole

“Você já parou pra pensar que o mar guarda os segredos das pessoas? Deve ser por isso que ele é grande demais”… E como ocupa mais de dois terços da Terra, talvez seja o mar o detentor de segredos da humanidade do presente e do passado. Com reflexões como essa, ao abordar relacionamentos abusivos também sob a perspectiva do tempo (presente e pretérito), entra em cartaz “Duas Doses num Único Gole”.

Com dramaturgia criada pelo artista Vinicius Ávlis e pensada inicialmente como esquete para compor o Festival de Teatro Universitário do Rio de Janeiro (Festu), o espetáculo ganhou corpo e forma de peça completa. E sim, o esquete passou na seleção do festival. Os artistas que representaram a Universidade de Brasília (UnB) e a Casa dos Quatro foram os únicos fora do eixo Rio de Janeiro/São Paulo a se apresentarem na 12ª edição do evento, que ocorreu em julho de 2022 no teatro João Caetano, o primeiro construído na cidade maravilhosa.

“Duas personagens que vendem suas histórias de relacionamentos abusivos é a narrativa central do espetáculo. Cabe ao público escolher por qual foi mais impactado. Dividida em dois planos, no passado e no presente, essas personagens cantam e dançam, como um ato de resistência aos processos violentos narrados em cena”, defende o dramaturgo e ator da peça, Vinícius Ávlis. “É tudo sobre afetos, amores e desamores, a partir do olhar de duas bichas calejadas por suas vivências”, completa seu parceiro de cena, Josias Silva.

Ficha técnica

Texto: Vinicius Ávlis
Direção: Geise Prazeres
Elenco: Josias Silva e Vinicius Ávlis
Cenografia: Nugoli
Operação de som: Geise Prazeres
Operação de luz: Luiz Lemes
Arte Gráfica: Rafael Salmona

SERVIÇO

II MOSTRA+ DA DIVERSIDADE
LOCAL: Teatro Sesc Garagem – Via W4 Sul Quadra 713/913, Brasília – DF, 70390-130
QUANDO:
– PROIBIDO AMAR – Sexta (28) às 20h
– DUAS DOSES – Sábado (29) às 17h
– UMA CRÔNICA – Sábado (29) às 20h
INGRESSOS: R$20 (meia) em https://www.sympla.com.br/evento/mostra-duas-doses-num-unico-gole-sesc-garagem-913-sul/1762872
COMBO: R$ 30 para os três espetáculos
INFORMAÇÕES: (61) 9 8215-0302 – Casa dos Quatro (Telefone e Whatsaap) e (61) 9 9591-3000 Josias Silva (WhatsApp)
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 14 anos
REALIZAÇÃO: Casa dos Quatro