O cuidando com o som é tema de live comandada por Hamilton de Holanda e com Mestrinho, nesta quarta-feira, 16.9, no Bossa Criativa

O bandolinista e compositor, Hamilton de Holanda recebe os também músicos Daniel Musy, Ricardo Frango e Mestrinho para conversa sobre os cuidados com o áudio. Encontro, o segundo de uma série de cinco previstos, é uma parceria do Programa Bossa Criativa – Arte de Toda Gente, da Funarte e da UFRJ, com o Festival de Ideias Colaborativas Nosso Bando. Live vai ao ar às 16h de quarta-feira no canal Arte de Toda Gente, no Youtube.

Hamilton de Holanda

Vai ao ar nesta quarta-feira, dia 16 de setembro, às 16h, a segunda de uma série de cinco lives conduzidas pelo compositor e virtuoso Hamilton de Holanda para o projeto Bossa Criativa. Nos encontros, Hamilton estará sempre acompanhado por artistas e técnicos que são referência na área musical, em diversos estilos e instrumentos, convidados a falar sobre música e o mercado de trabalho. Nesta segunda liveestarão presentes Daniel Musy, Ricardo Frango e Mestrinho, tendo como tema Cuidando do Som. O encontro será transmitido pelo canal Arte de Toda Gente, no Youtube (www.youtube.com/artedetodagente). O Bossa Criativa é uma parceria da Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria de sua Escola de Música.

Criação do próprio Hamilton, o Festival de Ideias Colaborativas Nosso Bando tem promovido debates virtuais desde abril deste ano e, mais recentemente, se incorporou à programação do Projeto Bossa Criativa. “A gente vai colocar luz sobre esse tema, o áudio no mercado da música, a importância para o músico de conhecê-lo e de colocar os profissionais de áudio numa posição de protagonismo”, diz Hamilton de Holanda. “Vamos olhar para o tema sobre o ponto de vista do estúdio, dos shows ao vivo, concertos e, também, das lives, tão importantes hoje. A gente vai levantar questões técnicas, mas com uma linguagem que a maioria das pessoas vai poder curtir e aprender com esses craques”, promete Hamilton.

Quem são eles:

Hamilton de Holanda é bandolinista e compositor e tem na improvisação a sua principal característica. Em sua carreira, estão performances como solista nos mais variados estilos – como o de Wynton Marsalis e sua Jazz at Lincoln Center Orchestra e orquestras sinfônicas de todo o mundo, festivais rock e música pop e um megashow de Dave Mathews Band no The Gorge ou em pleno carnaval carioca. Na estante, possui vários troféus Grammy Latinos, Prêmio da Música Brasileira, Echo Jazz e Choc, além de inúmeras indicações.

Daniel Musy é músico e engenheiro\produtor. Ingressou na música aos seis anos de idade, iniciando seus estudos de teoria musical e violão. Após 12 anos de estudo na escola de música de Brasília, cursou bacharelado em saxofone e engenharia/produção musical na Berklee College of Music – Boston (EUA). É ganhador de três Latin Grammys e acumula mais de cem discos na carreira englobando as três áreas. É músico da banda Roupa Nova e sócio do Fibra Estúdios.

Frango Kaos cresceu e mora no Distrito Federal. É técnico de som profissional há 23 anos, tendo trabalhado para diferentes bandas, e é também vocalista/guitarrista da banda Galinha Preta há 12 anos e da banda Nuggetz desde 2018. Destaca-se como diretor de palco e operador de monitor e PA/monitor. Atualmente trabalha como técnico da banda de Hamilton de Holanda e participa de turnês nacionais e internacionais. Já trabalhou em grandes festivais e eventos governamentais como posses presidenciais, além de shows de bandas internacionais em Brasília como Iron Maiden, New Order, Motörhead, Black Eyed Peas, Buena Vista Social Club e outros.

Mestrinho Sergipano da cidade de Itabaiana, Mestrinho já chegou ao mundo respirando música. Seu avô, Manezinho do Carira, era tocador de oito baixos. Seu pai, Erivaldo de Carira, sanfoneiro e os irmãos Thaís Nogueira e Erivaldinho também se tornaram artistas. Com tanta influência seu contato com a música começou cedo. Aos seis anos já tocava sanfona e aos 12 fazia apresentações com bandas da região onde vivia. Em 2005 mudou-se para São Paulo e criou com a irmã Thaís a banda de forró Trio Juriti. Participou de diferentes festivais e dividiu o palco com artistas consagrados. Passou a trabalhar também como produtor musical e arranjador em obras de outros artistas. Em 2017 gravou seu segundo álbum solo. No ano seguinte, foi indicado em 2 categorias – melhor cantor e melhor álbum (categoria regional) – no 29º Prêmio da Música Brasileira, conquistando o prêmio de melhor cantor.

O Projeto

Parceria entre a Fundação Nacional de Artes – Funarte e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – com curadoria de sua Escola de Música –, o Bossa Criativa reúne apresentações e oficinas de diversas linguagens artísticas e formas de economia criativa. O foco é a democratização da cultura, bem como a diversidade e a difusão de todas as artes, de modo inclusivo. As atividades são compostas de pocket shows, performances e vídeos de capacitação, exibidos no site www.bossacriativa.art.br, com participação de artistas de todo o Brasil. A agenda inclui o lançamento de um edital para novas propostas artísticas e culturais; e também um chamamento público para apresentação de trabalhos de mestrado na área das artes. A iniciativa faz parte do Programa Funarte de Toda Gente. Mais informações no site do projeto.

Serviço

Live com Hamilton de Holanda e convidados no Projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente
Quando: Dia 16 de setembro de 2020, às 16h, com transmissão do canal Arte de Toda Gente, no Youtube (www.youtube.com/artedetodagente)
Realização: Fundação Nacional de Artes – Funarte e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Curadoria: Escola de Música da UFRJ
Atividades, ações e mais informações disponíveis no site www.bossacriativa.art.br
Informações sobre editais e outros programas da Funarte www.funarte.gov.br

Anterior Descubra algumas informações interessantes sobre a vodka
Próximo Estreias da semana na série Cinema #EmCasaComSesc