Clipe gravado na Zona Norte de SP do Haikaiss traz Spinardi protagonizando o Coringa, participação do influenciador Leo Picon e fãs mirins

Após se apresentarem pela primeira vez no Rock in Rio 2019 e confirmados pela segunda vez no Lollapalooza (2017 e 2020), o Haikaiss lança mais uma faixa pela Som Livre nesta sexta-feira (18). Apostando no boombap com letras fortes e autobiográficas, “Gangorra” revive parte da história do trio, que surgiu em Santana, bairro da Zona Norte de São Paulo, e hoje é um dos maiores nomes do rap nacional – ouça nas plataformas de música. Com direção de Matheus Rigola, o clipe traz fãs mirins nas ruas da Zona Norte representando a infância do grupo, a participação especial do influenciador digital Leo Picon, Pedro Qualy interagindo com camaleões e Spinardi protagonizando sua versão do vilão Coringa – assista aqui.

Em “Gangorra”, o boombap do Haikaiss ganha referências do trap com beats da faixa “Plaqtudum”, do Recayd Mob. A inspiração é uma homenagem ao sucesso dos amigos lançado há um ano, que entrou para a história do rap nacional e já conta com mais de 75 milhões de visualizações no YouTube.

Spvic fala sobre a construção de “Gangorra”, que apresenta fortes versos sobre como a vida é feita de altos e baixos. “Saímos um pouco do trap para fazer um disco que tem a mais a nossa cara, mais boombap. Quando a gente escutou beat já tivemos a ideia da letra e do clipe. Escrevemos a música no início do ano e queríamos mostrar essa evolução do Haikaiss até o momento de agora. Nossa expectativa é atingir todos os públicos, passando um rap verdadeiro”, conta.

Para representar a infância dos integrantes do grupo, foram escolhidas três crianças para o clipe. Pedro Qualy conta sobre sua amizade com Gabrielzinho. Com apenas 9 anos, o fã mirim do Haikaiss apresenta semelhanças físicas com Qualy, acumula mais de 19 mil seguidores no Instagram e diversas participações em shows de rap. “A gente se conheceu no estúdio onde fazemos o cabelo. De repente apareceu aquele menor lindo fazendo os dreads e se inspirando em mim, na hora a gente virou amigão. Nossas famílias já são amigas e essa é a primeira de muitas experiências que estamos fazendo juntos”, conta o rapper que também interage com camaleões no clipe.

Spinardi aparece caracterizado de Coringa no clipe e conta sobre a interpretação do vilão. “A ideia surgiu porque eu sou muito fã do Coringa, é o melhor vilão de todos os vilões. Eu sempre tive a vontade de interpretar, e com o filme dele em cartaz foi uma ótima oportunidade”, finaliza.

“Gangorra” e “Má-Temática”, lançada em agosto, fazem parte da construção do sexto álbum de carreira do grupo intitulado ‘Aquário’. A previsão de lançamento é para 2020 pela Som Livre.

“Gangorra” – Haikaiss

Sobre Haikaiss

Fundado em 2006 em São Paulo, o Haikaiss é composto por Spvic, Spinardi, Qualy e DJ Sleep e é considerado um dos maiores grupos de rap do Brasil. Com 14 anos de carreira, possuem cinco álbuns produzidos pela própria gravadora ‘Ésseponto Records’: “Incognito Orchestra” (2010), “Perfil” (2011), “Cortesia da Casa, Vol 2” (2012), “Fotografia de um Instante, Vol 1 & 2” (2014) e “Teto Baixo” (2017). No Spotify são mais de 2,3 milhões de ouvintes mensais e no YouTube mais de 520 milhões de visualizações.

O single ‘Rap Lord’, do álbum “Teto Baixo” (2017), com participação de Jonas Bento, é uma das faixas de maior sucesso do grupo. Logo após o lançamento, figurou entre as mais tocadas dos streamings de música do país, virou trilha sonora do game internacional Need for Speed: Payback e acumula mais de 140 milhões de visualizações no YouTube. No mesmo ano, o grupo se apresentou em grandes festivais de música, como o Planeta Atlântida, Lollapalooza Brasil e João Rock, representando a força no rap nacional.

Em 2018, o Haikaiss fez uma parceria na música “Pouca Pausa”, da cantora Clau, que contou também com parceria do grupo Cortesia da Casa, entrando para o TOP 10 do Spotify e recebeu disco de platina triplo pelo ótimo desempenho em suas execuções. Hoje a faixa passa dos 75 milhões de visualizações no YouTube. Ainda em 2018, lançaram o single “Pimenta” em parceria com Cortesia da Casa e Rincon Sapiência.

Entre outras parcerias estão Projota, Oriente, Start, Cartel MC’s, Haitam, Cynthia Luz e MC Lan. Em 2019, o grupo fez sua primeira turnê internacional passando por Barcelona (Espanha), Lisboa (Portugal), Londres (Inglaterra) e Dublin (Irlanda), assinou com a Som Livre e se apresentou pela primeira vez no Rock in Rio. Para 2020 está previsto o sexto álbum de carreira, “Áquário” e a confirmação no line-up do Lollapalooza.

Sobre a Som Livre

De 1969 para cá o mercado fonográfico mudou, assim como a forma de se consumir música. Hoje, 50 anos depois de sua criação, a Som Livre é muito mais do que uma gravadora, é o espelho musical do país. Uma empresa 100% nacional voltada para a música, seja qual for a sua plataforma e que reflete, através de seus lançamentos, o gosto e o hábito de consumo do brasileiro.

A Som Livre possui diversas frentes de negócios: venda física, digital, shows, licenciamento e editora. Em seu time são mais de 100 artistas e sua editora é uma das mais importantes do país, representando os direitos de compositores nacionais e internacionais. Na linha de shows, a empresa aposta em festivais de música, que acontecem por todo o país, com as marcas Festeja, Viva Mais Música e Arena Pop.

somlivre.com
facebook.com/somlivre
instagram.com/somlivre
twitter.com/somlivre

Anterior Para festinhas de crianças: Enroladinho de salsicha sem glúten
Próximo Dois Papas de Fernando Meirelles já ganhou quatro prêmios