Durante dois anos, o produtor e pesquisador Antônio Venâncio buscou imagens e áudios de Gilberto Gil entre arquivos de emissoras de TV, admiradores e profissionais da música espalhados pelo mundo inteiro.

Encontrou um verdadeiro tesouro, contendo vários registros inéditos que, sob a batuta de Lula Buarque de Hollanda, irão se transformar em um documentário sobre a obra do artista. Gil vai conduzir o filme, contando as histórias por trás de cada cena encontrada.

Em uma das passagens mais emocionantes, assiste a si mesmo cantando “Aquele abraço” ao lado de Chacrinha, em pleno Maracanã. E relembra que o bordão, que dá nome à música, surgiu enquanto estava preso pelo regime militar. Na cadeia, ouvia a expressão quando os soldados do quartel se despediam ao saírem do local de trabalho, sem saber que a frase era uma criação do Velho Guerreiro.

Ao sair da prisão, Gil viu-se diante da paisagem carioca e pensou que a cidade permanecia linda e daí veio a inspiração: “O Rio de Janeiro continua lindo, apesar de tudo, porque a vida é assim. A cidade está ao mesmo tempo feia e linda, como tudo. Tudo é feio e tudo é belo o tempo todo”, diz o artista durante o documentário.

O filme é uma coprodução da Espiral e da GeGe produções, comandada por Letícia Monte e Flora Gil e viabilizada pelo Curta!, e têm previsão de estrear na programação do canal ainda este ano.

Sobre o Curta!

Dedicado às artes, à cultura e às humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, o canal pauta a sua programação pelos seguintes temas: música, dança, teatro, artes visuais, arquitetura, metacinema, filosofia, literatura, história política e sociedade.

O Curta! pode ser visto nos canais 56 e 556 da NET e da Claro TV, no canal 75 da Oi TV e no canal 664 da Vivo, oferecido à la carte pela operadora. Siga o Curta! nas redes sociais: www.facebook.com/CanalCurta,https://twitter.com/canalcurta e www.youtube.com/user/canalcurta. Saiba mais em http://www.canalcurta.tv.br.

Anterior Brasília recebe obra que sugere objetos caídos do espaço
Próximo Natura Musical apresenta “Ansiejazz”, novo single de Tássia Reis