“Resumir 77 anos em 73 minutos não foi fácil, mas foi prazeroso. Gê Martu atuou em quase 100 peças, cinquenta e tantos filmes, um sem número de comerciais e outras inúmeras expressões audiovisuais. Conheci o Gê em 1983, quando juntos atuamos na peça Chapéu de sebo, sob a direção do Murilo Eckardt, e logo percebi que estava convivendo com um talento raro”, resume João Inácio, diretor e roteirista .

Pela primeira vez um longa metragem retrata a vida e obra de Gê Martu, ator com mais de quatro décadas de carreira na capital federal. Um dos artistas mais queridos de Brasília, começou no teato, varrendo as coxias e foi, gradualmente, entrando e roubando a cena. A peça “Bella Ciao” de Mangueira Diniz, encenada na Oficina do Perdiz, em 1991, foi uma das apresentações mais importantes do panorama cultural de Brasília, que teve como público mais de 5 mil pessoas. Gê Martu foi premiado,homenageado e construiu também carreira no cinema nacional.

O filme retrata a trajétoria do ator desde sua chegada à capital federal até o período recente, mas também explora o lado pessoal da pessoa querida e generosa por onde quer que passe. O documentário também recolhe cenas de bastidores, momentos exclusivos das cochias dos teatros. O documentário conta ainda com depoimentos de diversos artistas relevantes do cenário brasiliense.

João Inácio, o diretor: diretor e roteirista, radicado em Brasília desde 1982, é formado e pós-graduado em comunicação social e possui formação em toda cadeia cinematográfica. Estreou em cinema em 2012 com o longa documentário “TRUKS”, único filme brasileiro selecionado no tradicional XV Olympia Festival, na Grécia. Foi o diretor convidado para abrir o III DocBrazil Festival, na China, onde também ministrou o workshop “Documentário – da criação à produção”.

Mais informações: https://imaginacao.art.br/omestre/a-culpa-e-do-google/

Estreia Gratuita

Data: 22 de dezembro às 20h30
Local: Cine Brasília – Entrequadra Sul 106/107
Porta-vozes: Gê Martu, ator ícone da cultura brasiliense e João Inácio, diretor da Imaginação Filmes e Artes Audiovisuais

Anterior Aprenda a fazer Bolo de Reis, sem glúten e sem lactose
Próximo Horário especial do Pátio Brasil no mês de dezembro