O artista Gaê disponibilizou no último sábado, dia 14, o making of do videoclipe de “O Último Dia”, uma releitura da composição de Paulinho Moska e Billy Brandão.

As imagens foram gravadas em Brasília, em uma construção abandonada e em trens parados para trazer a atmosfera apocalíptica de fim do mundo, assim como a letra da canção. “A gente quis levar o apocalipse para um lugar abandonado e entender que o mundo acaba quando a gente para de cuidar das nossas relações. São lugares que acabaram porque foram abandonados, como o trem que acaba porque não move mais”, comenta Gaê.

O videoclipe ainda contou com efeitos virtuais, como se o artista fosse uma reprodução holográfica, trazendo uma relação com o mundo virtual que vivemos ainda mais durante a quarentena, assinado pelo filmmaker Dr1nho. “Esses glitches [falhas tecnológicas] remeteram muito a uma distopia que já vivemos, porque a partir do digital a gente desloca tempo e espaço a todo momento, estamos cada um em suas casas se comunicando pelo meio virtual. Então essa ideia partiu da brincadeira de como a gente já manipula a realidade por meio da tecnologia.”

Dirigido por Gaê e Dr1nho, o clipe também contou com a participação de violoncelista Mar Nóbrega, responsável por todo o arranjo da canção. A direção de arte e figurinos foi feita por Deni Moreira e a gravação do making of foi de Camila Sugai.

FICHA TÉCNICA “O Último Dia” – CLIPE

Direção: Dr1nho e Gaê
Produção: Gaê
Direção de Fotografia e Câmera: Dr1nho
Assistente de Produção: Fiákra. Hudson Olivier e Marina Olivier
Edição: Dr1nho
Primeiro Corte: Fiákra
Pós-Produção: Dr1nho
Direção de Arte e Figurinos: Deni Moreira
Making Of: Camila Sugai

Anterior Festival Internacional de Fotografia Brasília Photo Show
Próximo Chef de Brasília produz alho negro artesanalmente