Filme Lua em Sagitário


Escrito e dirigido pela catarinense Marcia Paraiso, Lua em Sagitário é o filme em cartaz no próximo dia 24 de novembro, às 20h, no Teste de Audiência da CAIXA Cultural Brasília. O longa-metragem é a primeira obra de ficção da diretora a ser sabatinado na capital e a exibição é seguida de debate com os curadores Marcio Curi e Renato Barbieri. A sessão acontece no Teatro da CAIXA, com entrada franca, sem necessidade de retirada de convite na bilheteria.

A obra da Plural Filmes está sendo coproduzida com um estúdio argentino, o Salta Una Rana Cine, que está cedendo parte da equipe técnica para as filmagens, como técnicos de som e de maquiagem, e deve contribuir com a edição e pós-produção. Os protagonistas, Murilo e Ana, são interpretados pelos jovens Fagundes Emanuel, que já atuou em novelas de televisão, e Manuela Campagna, estudante do curso de Artes Cênicas da Universidade Estadual de Santa Catarina (Udesc).

No filme, a menina tem 17 anos e vive em uma pequena cidade na fronteira do Brasil com a Argentina, sem sinal de celular, internet banda larga ou opções de lazer. Ana tem um único refúgio “A Caverna”, um misto de lan house e sebo de livros e discos, do misterioso argentino LP. É lá que a protagonista conhece e se apaixona por Murilo, um amor proibido que a faz fugir na aventura de cruzar o estado de moto para participar de um festival de música.

Exibido ainda em fase de finalização, ou seja, com a montagem aberta, Lua em Sagitário conta com as participações especiais de Elke Maravilha, Serguei e do ator franco-argentino Jean Pierre Noher.

Sobre a diretora e roteirista

Diretora, roteirista e sócia da Plural Filmes, Marcia Paraíso dirigiu documentários para a TV e trabalhou como professora no curso de cinema da Unisul e da UFSC. Ao longo da carreira tem se dedicado à direção de filmes sobre cultura brasileira de raíz, populações tradicionais e meio ambiente, com destaque para a série de 13 capítulos Visceral Brasil – as veias abertas da música; e os longas-metragens Terra Cabocla e Bravos Valentes – os vaqueiros do Brasil. A questão agrária, tema permanente em sua obra, está também presente na dramaturgia do novo filme.

Teste de Audiência

Projeto patrocinado pela CAIXA, o Teste de audiência avalia filmes brasileiros da nova safra, por meio de questionário no qual a plateia emite sua opinião sobre diversos aspectos da produção como história, roteiro, narrativa, trilha sonora, duração e personagens. Entre os filmes que já participaram da experiência estão Cidade dos homens, de Paulo Morelli; É proibido fumar, de Anna Muylaert; Tropicália, de Marcelo Machado; e Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios, de Beto Brant e Renato Ciasca.

Cineastas de todo o Brasil podem inscrever seus filmes em fase de montagem para avaliação da curadoria do projeto. O projeto aceita inscrições de longa-metragem em todos os gêneros cinematográficos, como documentário, ficção e animação. Para participar é fundamental que o diretor tenha disponibilidade para acompanhar a sessão e debater com o público após a exibição do filme.

Em dezembro, o Teste de Audiência leva Lua em Sagitário para ser sabatinado em São Paulo, no CAIXA Belas Artes.

Serviço

Teste de Audiência
Filme do mês: Lua em Sagitário, de Marcia Paraiso
Local: Teatro da CAIXA Cultural Brasília (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)
Dia: 24 de novembro de 2015
Hora: terça-feira, às 20h
Classificação Indicativa: não recomendado para menores de 16 anos
Duração: 180 minutos
Entrada franca limitada à lotação do teatro
Bilheteria: de terça a sexta e domingo, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 21h. Contato: (61) 3206-6456
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Site do evento: testedeaudiencia.com.br
Contato: Grasiele Lopes | adm@gayafilmes.com.br | 61 3202-1584

Anterior Festa Play!, agora quinzenal
Próximo Giba estará no Pátio Brasil