Close-up e bate papo no CCBB


Última semana da mostra “Um filme, cem histórias: Abbas Kiarostami” traz bate papo com público no CCBB

Nesta quinta-feira (19), Fábio Savino, curador da mostra do cineasta Abbas Kiarostami, e o crítico de cinema Mateus Araújo realizam um bate papo com o público sobre a obra do diretor iraniano. O debate acontece, às 21h, após a exibição do filme Close-up e faz parte da programação da mostra que entra na última semana em cartaz, no CCBB Brasília.

Close-up é o ponto de partida da conversa. Mateus que irá abordar a relação do cinema com a vida social iraniana trazida pelo filme. As obras de Abbas Kiarostami funcionam como estruturas que devem ser preenchidas a partir do olhar atento do público. Por isso, nada melhor do que debater junto à plateia contextos e formas utilizadas pelo cineasta para contar histórias da sociedade do Irã.

Mateus Araújo é conhecido por seu trabalho na organização de mostras de cinema e na tradução de obras cinematográficas. O crítico organizou um número especial para a prestigiada revista francesa Magic Cinéma sobre a obra de Glauber Rocha. O volume, feito em conjunto com os críticos Cyril Béghin e Dominique Bax, saiu no mesmo ano de uma retrospectiva com a obra de Glauber organizada, também por Mateus, em Paris, em 2005.

Semana passada, durante o Festival de Cannes, Abbas Kiarostami fechou dois acordos de coprodução com a A RT Features, do brasileiro Rodrigo Teixeira.

Sobre Mateus Araújo

Mateus Araújo é doutor em filosofia pela Université de Paris I (Panthéon Sorbonne) e pela UFMG, professor de teoria e história do cinema na ECA-USP, ensaísta e tradutor. Organizou ou co-organizou os volumes coletivos Glauber Rocha / Nelson Rodrigues (Magic Cinéma, 2005), Jean Rouch 2009: Retrospectivas e Colóquios no Brasil (Balafon, 2010), Straub-Huillet (CCBB, 2012), Charles Chaplin (Fundação Clóvis Salgado, 2012), Jacques Rivette (CCBB, 2013) e Godard inteiro ou o mundo em pedaços (CCBB / Heco Produções, 2015). Traduziu Glauber Rocha na França (Le Siècle du Cinéma, Ed. Yellow Now / Magic Cinéma, 2006) e uma série de autores franceses no Brasil.

Sobre Fábio Savino

Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Se especializou em pesquisa e produção de cópias e direitos internacionais tendo trabalhado em mais de vinte mostras e festivais nos últimos anos. Foi também coordenador de produção de diversos projetos com destaque para “A elegância de Woody Allen” (2009); “Emoção e Poesia: o cinema de Yasujiro Ozu” (2010), “Hitchcock” (2011), “Straub‐Huillet” (2012), “Jonas Mekas” (2013). Integrou a equipe de curadoria do Festival Int’l de Cinema de Paraty em 2011 e nos últimos três anos foi curador das mostras “Billy Wilder”(2013), “Alexander Sokurov – poeta visual”(2013), “O Cinema de Maurice Pialat” (2014), “Marlene” (2014), “O cinema de Nicolas Philibert” (2015) e “Um filme, cem histórias: Abbas Kiarostami” (2016). Em 2015 foi diretor de produção da VII Semana dos Realizadores.

Programação do dia 19 de maio – quinta-feira

19h – exibição do filme CLOSE-UP, 1990, 35 mm, cor, 90’ – Livre

Sinopse – A história gira em torno de Hossain Sabzian, um jovem e modesto empregado de uma tipografia, que é também um cinéfilo apaixonado pela obra do realizador Mohsen Makhmalbaf, e que se faz passar por ele junto de uma família. Quando a sua burla é descoberta, Sabzian é preso e julgado por tentativa de fraude. Kiarostami visitou Sabzian na prisão, e obteve permissão para filmar o seu julgamento. O resultado é este impressionante filme que levanta questões sobre o trabalho e a vida, e ainda sobre o próprio cinema e a sua vivência no Irão.

21h – bate papo Mateus Araújo e Fábio Savino

Serviço

Mostra “Um filme, cem histórias: Abbas Kiarostami”
Patrocínio: Banco do Brasil
Realização: Centro Cultural Banco do Brasil
Empresa produtora: Fumaça Filmes
Curadoria: Fábio Savino

Cinema

4 a 23 de maio de 2016
Confira a programação e a classificação dos filmes no site: bb.com.br/cultura
Ingresso: R$ 10,00 (inteira) / R$ 5,00 (meia: clientes e funcionários BB, estudantes, pessoas com deficiência e maiores de 60 anos)
O CCBB disponibiliza ônibus gratuito, identificado com a marca do Centro Cultural. O transporte funciona de quarta a segunda-feira. Consulte todos os locais e horários de saída no site e no Facebook.
Endereço: SCES Trecho 2 – Brasília/DF Tel: 61 3108-7600
E-mail: ccbbdf@bb.com.br Site: bb.com.br/cultura
Redes sociais: facebook.com/ccbb.brasilia e twitter.com/CCBB_DF

Anterior Espetáculo Ladrão de Mim
Próximo Dia dos Namorados no C'est la Vie