O espetáculo Experimento Espelho 2.0 é adaptado do conto O Espelho – Esboço de uma nova teoria da alma humana, de Machado de Assis. Neste trabalho, sob a orientação do premiado diretor Luiz Fernando Marques (Lubi), o grupo teatral Núcleo Instável investiga cenicamente a pluralidade de significados e a relevância, ainda atual, das questões levantadas no conto e sua conexão patente com os dias de hoje.

A temporada será de 26 de fevereiro a 21 de março, às sextas, sábados e domingos, às 20h pelo site da companhia.

No espetáculo, a poética da transmissão ao vivo é explorada como linguagem e como conteúdo, abordando a presença da tecnologia nas relações humanas. Experimento Espelho 2.0 utiliza a captação e a transmissão ao vivo de imagem e som para além de um simples registro passivo da ação que acontece no palco. Os recursos técnicos de transmissão online fazem parte da narrativa do espetáculo: atores e personagens operam de dentro de cena as câmeras, celulares, televisores e computadores. Mesclando as vidas de três jovens atores durante a pandemia de 2020 com uma história de 1882, Experimento Espelho 2.0 apresenta uma releitura atual do conto de Machado de Assis.

Experimento Espelho 2.0 é uma recriação do espetáculo teatral Experimento Espelho que estreou em novembro de 2016 e cumpriu quatro temporadas de apresentações, na Escola Livre de Teatro de Santo André; na Casa Pelada – Espaço Cênico de Experiências; no Teatro de Contêiner da Cia Mungunzá; e na Oficina Cultural Oswald de Andrade – todas com salas cheias e recepção extremamente positiva por parte do público.

Sinopse

Em um espaço atulhado de objetos – algo entre um quarto bagunçado e um depósito de memórias de uma geração – três atores se deparam com um conto de Machado de Assis. Confrontando as ideias do autor com suas próprias vivências, na busca de entender e encenar o conto, os jovens compartilham com a plateia não somente o conto em si, mas sua construção cênica e virtual nos dias de hoje.

Utilizando tecnologias obsoletas e atuais, operando de dentro da cena dezenas de câmeras, computadores – além da transmissão ao vivo do próprio espetáculo – os atores desmancham os limites entre os planos da narração machadiana, da realidade e da memória.

O resultado é uma sobreposição de duas épocas, de dois Brasis: um reflexo incerto e perturbador – assim como aquele com o qual a personagem Jacobina, do conto de Machado, se depara no grande espelho da casa.

Sinopse curta

Em um espaço atulhado de objetos, três jovens confrontam o conto O Espelho, de Machado de Assis, com suas próprias vivências na era da informação e da imagem. Manipulando dezenas de câmeras, computadores, celulares – e a própria transmissão do espetáculo – fazem emergir a atualidade das questões humanas na obra de Machado.

Ficha Técnica

Criação e adaptação para versão online:
Núcleo Instável – André Zurawski, Marcelo Moraes e Thomas Huszar

Ficha técnica do espetáculo original (2017):

Texto: André Zurawski, Marcelo Moraes e Thomas Huszar a partir do conto O Espelho – Esboço de uma nova teoria da alma humana, de Machado de Assis
Concepção e direção: André Zurawski, Marcelo Moraes e Thomas Huszar
Orientação: Luiz Fernando Marques
Elenco: André Zurawski, Marcelo Moraes e Thomas Huszar
Cenografia e direção de arte: Nina Farkas e Paola Ornaghi
Arte gráfica: Nina Farkas
Fotos: Cacá Meirelles e Ricardo Oya

Serviço

Experimento Espelho 2.0
De 26 de fevereiro a 21 de março
Sexta, sábado e domingo, às 21h
Duração: 50 minutos
Classificação Indicativa: 12 anos
Grátis

Link de acesso: nucleoinstavel.com/aovivo

CLIQUE ABAIXO E ACESSE + CONTEÚDOS SOBRE 👇
👉 #MÚSICA   #TEATRO&DANÇA   #GASTRONOMIANODF   #RECEITAS  
#ARTESVISUAIS   #FILMES   #SÉRIES   #TVABERTA&ASSINADA
 #LITERATURA   #TURISMO   #EVENTOS

SIGA E CURTA AS NOSSAS REDES SOCIAIS 👇
 👍  FACEBOOK/DIVERSAOAQUITEM   INSTAGRAM/DIVERSAOAQUITEM
TWITTER/DIVERSAOAQUITEM

Anterior Del Vino Wine oferece curso de formação de sommelier no DF
Próximo Cidade Invisível, confira a crítica de Daniel Bydlowski