Livro EVOÉ! Fotografias de Teatro, tem renda 100% revertida aos profissionais do teatro

Impactada pelo cenário caótico em que se encontram milhares de trabalhadores do setor cultural, que permanecem sem condições de exercer seus ofícios, expostos à situação de miserabilidade, a fotógrafa e produtora cultural Priscila Prade lança, em formato de projeto social, o livro EVOÉ! Fotografias de Teatro.

Idealizada a partir da necessidade urgente de mitigar os impactos econômicos da COVID-19 na vida dos profissionais que sobrevivem do teatro e das artes cênicas em geral, a obra custa R$ 100,00 e sua renda será 100% revertida aos profissionais do setor, que estão sem trabalho e em vulnerabilidade financeira. Pode ser comprado pelo link flow.page/evoelivro ou acessando a bio do instagram @evoe_livro. Será entregue pelo Correio.

Publicação da Editora Brica Braque, tem concepção e coordenação de Priscila Prade, projeto gráfico e diagramação de Murilo Lima, produção executiva, pesquisa, edição e revisão de texto de Dugg Mont, traz na capa foto de Paulo Autran, de 2006. Patrocinado pela Casa Suiça, conta também com o apoio da Leograf, Suzano Papéis e Teatro por Minuto. Com 220 páginas e, aproximadamente, 200 imagens de acervo dos últimos 20 anos de registros da fotógrafa Priscila Prade (cenas de espetáculos e retratos de autores, atores e diretores), o livro reúne textos exclusivos de importantes nomes da cultura brasileira, abordando a importância do teatro e seus profissionais: Ana Lúcia Torre, Denise del Vecchio, Fúlvio Stefanini, Grace Gianoukas, José Celso Martinez Corrêa, José Possi Neto, Juca de Oliveira e Renato Borghi, além da própria autora.

Os artistas fotografados cederam seus direitos autorais e de imagem para serem revertidos nas doações. “A expectativa com a primeira tiragem de 2 mil livros é arrecadar o total de R$ 200 mil”, informa Priscila, autora deste produto artístico de valor imensurável, tendo em vista a importância da memória cultural para a história da arte do país. “A intenção do projeto é valorizar a importância do fazer num momento de tamanha fragilidade social do setor.” Entre os profissionais a serem contemplados pela arrecadação das vendas e doações estão atores, atrizes, músicos, produtores executivos, assistentes de produção, diretores de palco, contra regras, camareiras, técnicos e operadores de som, técnicos e operadores de Luz, montadores de cenário, motoristas que não estão trabalhando e não sejam contratados de forma fixa em nenhum outro projeto ou empresa.

“Ao mesmo tempo em que a pandemia da COVID-19 lança luz sobre a importância do entretenimento e da arte na sociedade, ela também revela a vulnerabilidade dos operadores da Cultura para sobreviver em tempos de total incerteza profissional e obscuridade financeira. Com as medidas de isolamento social e quarentena, propostos ou decretados no intuito de conter o contágio do corona vírus, o setor cultural paralisou totalmente as atividades que envolvem aglomerações. A realização de shows, a abertura de museus e o funcionamento de cinemas e teatros compreende uma imensa quantidade de eventos, públicos e privados, impossibilitados de ocorrer por tempo indeterminado.”

Toda a movimentação de arrecadação com vendas e doações será planilhada e apresentada, posteriormente, de forma transparente na prestação de contas. Serão disponibilizados os extratos de conta corrente de depósitos de doação, os comprovantes de venda dos livros, e a lista dos profissionais contemplados mensalmente pelas doações, identificados por CPF.

Sobre Priscila Prade

Catarinense de Florianópolis, a fotógrafa e produtora cultural Priscila Prade ocupa posição de destaque no cenário cultural, tanto na produção de teatro e cinema como no trabalho desenvolvido como fotógrafa de artes cênicas.

EVOÉ – fotografias de teatro é seu quarto projeto editorial – os anteriores são Impressões (2015, compilação de seus 25 anos de carreira), Eu Queria Ser (2010) e Crimes Delicados (2006). À frente da Bricabraque Produções Culturais, desenvolve, gerencia e produz conteúdos culturais – peças de teatros, shows, projetos de exposições e edições de livros nas áreas de patrimônio cultural brasileiro, temas sociais e artes visuais. Prêmios Melhor Fotografia/ O Espantalho (1998, Anima Mundi), Abril de Fotografia (2006, 2008 e 2010) e Theobaldo de Nigris (2015), Priscila mantém desde fevereiro de 2021 o espaço cultural Bricabraque , localizado na Vila Madalena, onde apresenta programação cultural.

Entre seus trabalhos de PRODUÇÃO para TEATRO, destacam-se os espetáculos Romance II e Romance III, direção de Natália Barros, com Marisa Orth; Emoções Baratas, direção de José Possi Neto; Rain Man, com Marcelo Serrado e direção de José Wilker; O Livro de Tatiana, de Bruno Garcia; O Grande Sucesso, de Diego Fortes; Mequetrefe Sorrateiro, de Marcelo Airoldi; O Mistério de Irma Vap, com Luís Miranda e Mateus Solano, direção de Jorge Farjalla.

Em CINEMA, Priscila assinou a produção de O Espantalho, de Alê Abreu; Crime Delicado, com Marco Ricca, direção de Beto Brant; Cabeça a Prêmio, com Alice Braga, direção de marco Ricca; Bruna Surfistinha, com Deborah Secco, direçãod e Marcus Baldini; O natimorto, com simone Spoladore, direção de Paulo Machline; Aonde Está a Felicidade, com Bruna Lombardi, direção de Carlos Alberto Riccelli; A Cadeira do Pai, co Wagner Mora, direção de Luciano Moura; Sampa, com Bruna Lombardi, direção de Carlos Alberto Riccelli; Os Homens são de Marte e é pra lá que eu vou, com Mônica Martelli, direção de Marcus Baldini; Carinhoso, com Alexandre Nero, direção e fotografia de Priscila Prade; a Vida Secreta dos Casais, com Bruna Lombardi, direção de Carlos Alberto Riccelli; Terapia do Medo, com Cleo Pires, direção de Roberto Moreira; Sem Pai Nem Mãe, com Alexandre Nero, direção de André Klostel.

Em seu trabalho autoral, ela busca desenvolver sua linguagem através dos retratos, que são sua grande paixão. Com estética particular, a artista imprime em sua obra uma assinatura mais que pessoal. Priscila Prade também é especializada em moda, beleza e retratos. Atua na área publicitária e editorial em parceria com grandes empresas e agencias do País. Aos 18 anos foi morar em Paris, viagem que a fez confrontar-se com diferentes áreas da fotografia, o que inspirou a criação de sua primeira exposição “Cinema das Almas”, fruto desta vivência que foi trazida junto em sua volta ao Brasil.

www.priscilaprade.com.br

Serviço

EVOÉ! Fotografias de Teatro. De Priscila Prade
Preço – R$ 100,00. Envio pelo correio. Onde comprar : através do link:
flow.page/evoelivro ou acessando a bio do instagram @evoe_livro. Tem renda 100% revertida aos profissionais do teatro. Toda a movimentação de arrecadação com vendas e doações será planilhada e apresentada, posteriormente, de forma transparente na prestação de contas. Serão disponibilizados os extratos de conta corrente de depósitos de doação, os comprovantes de venda dos livros, e a lista dos profissionais contemplados mensalmente pelas doações, identificados por CPF.

💬
ACESSE E DIVULGUE NOSSA PÁGINA DE FINANCIAMENTO COLETIVO DA REVISTA E SITE AQUI TEM DIVERSÃO 👇
Anterior Paixão Viva🎭com Ítala Nandi revisitando a sua carreira
Próximo Missão Cupido,🤣comédia romântica estreia nos cinemas